ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Suíça investiga novo delator da Lava Jato

O Ministério Público da Suíça anuncia que abriu investigações contra o ex-gerente da área Internacional da Petrobras, Eduardo Musa, novo delator da Operação Lava Jato e que citou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

Seus ativos já foram bloqueados e, segundo a reportagem apurou, procuradores tentam traçar o destino e origem do dinheiro que alimentou suas contas. Outros envolvidos também passaram a ser investigados. Mas seus nomes têm sido mantido em sigilo.
No Brasil, Musa fechou um acordo de delação premiada e indicou que chegou a ter US$ 2,5 milhões no banco Cramer. Mas ele também admitiu ter usado o Credit Suisse e o Julios Baer. Ele ainda envolveu Cunha e afirmou à força-tarefa da operação ter ouvido que “quem dava a palavra final” em relação às indicações para a Diretoria Internacional da Petrobras era o deputado.
No total, a Suíça anunciou a existência de US$ 400 milhões bloqueados nas contas do país, entre eles o valor de Musa. À reportagem, Andre Marty, porta-voz do MP suíço, indicou que a investigação foi aberta e que seus ativos foram congelados. O MP suíço indicou que outras pessoas também estão sob investigação, mas evitam por enquanto revelar os nomes. Questionado se Cunha estaria entre os envolvidos no inquérito, a procuradoria apenas respondeu que não poderia “nem confirmar e nem negar” (AE).

Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171