ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Alta do dólar impacta no endividamento da Petrobras

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, admitiu ontem (23), que a alta do dólar tem tido um impacto significativo no endividamento da Petrobras e é um grande desafio que a empresa terá que enfrentar.

Por outro lado, ele disse esperar que a cotação da moeda americana se acomode nas próximas semanas devido ao sucesso do governo em votações no Congresso Nacional.
“A Petrobras tem um desafio maior que outras empresas, como as de energia, porque o seu endividamento está atrelado ao dólar. Mas confiamos em uma acomodação da moeda devido às votações no Congresso. A maioria dos vetos foi mantida e essa é uma sinalização positiva para o mercado”, avaliou.
Braga lembrou que a alta do dólar é ainda mais prejudicial à Petrobras porque ocorre em um momento no qual o preço do barril de petróleo está reduzido, abaixo dos US$ 50,00. “É um desafio, mas a curva de produção da Petrobras está robusta. Além disso, há um certo ganho com o dólar porque estamos conseguindo exportar gasolina graças ao aumento da produção de etanol e à queda na demanda interna dos combustíveis”, concluiu (AE).

Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171