ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

‘O medo é o início das ditaduras’, diz papa

O papa Francisco alertou, durante sua viagem de volta do Marrocos, que as ditaduras nascem a partir do medo.

Segundo o Pontífice, “muitas pessoas de boa vontade, não apenas católicos”, estão “um pouco tomadas pelo medo”, que é a “pregação usual dos populismos”. “Semeiam o medo e depois tomam as decisões. O medo é o início das ditaduras”, disse Jorge Bergoglio, no avião papal.
Francisco citou o exemplo da Alemanha, que cedeu às promessas de Hitler, alimentadas pelo medo da população. “Semear o medo é fazer uma coletânea de crueldades, fechamentos e até de esterilidades”, acrescentou. Além disso, o Papa disse sentir “dor” ao ver pessoas que “preferem construir muros”. “Aqueles que fazem os muros acabarão prisioneiros dos muros que eles construíram. Já os que constroem pontes seguirão em frente”, ressaltou (ANSA).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171