ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Chanceler apoia a ajuda humanitária à Venezuela

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, viajou para Cúcuta, na Colômbia, fronteira com a Venezuela, para participar da cerimônia que formaliza o início da ajuda humanitária para os venezuelanos.

A solenidade é organizada pelo presidente da Colômbia, Iván Duque, que coordenará nesta segunda-feira (25) reunião do Grupo de Lima.
“Seguindo determinação do presidente Bolsonaro, estou viajando a Cúcuta, Colômbia, fronteira com a Venezuela, para participar de evento em torno da ajuda humanitária ao povo venezuelano, organizado pelo Presidente Iván Duque, com a presença de autoridades de outros países da região”, afirmou Araújo na sua conta pessoal no Twitter. Antes de chegar a Cúcuta, o chanceler passaria por Roraima, para acompanhar a ajuda humanitária colocada à disposição do povo venezuelano pelo Brasil em cooperação com os Estados Unidos.
Na reunião de segunda-feira (25) Araújo estará acompanhado pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão. O encontro conta com a presença do vice-presidente norte-americano, Mike Pence, o secretário-geral da OEA, Luis Almagro, e líderes regionais.
Dos 14 integrantes do Grupo de Lima, 11 reconhecem Juan Gauidó como presidente legítimo da Venezuela, incluindo o Brasil. A ajuda humanitária e o acirramento da crise no país vizinho são os temas da reunião em Bogotá. O encontro ocorre logo depois de o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciar o fechamento da fronteira do Brasil com a Venezuela na última quinta-feira (21) à noite (ABr).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171