ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Cunha: Brasil pode perder grau de investimento

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, voltou ontem (23), a fazer críticas ao corte do governo de 86,73% da meta fiscal prometida para este ano.

Para o peemedebista, o agravamento da crise e a falta de clareza do governo sobre “o que quer da política econômica” ameaçam o grau de investimento do País. “Estamos correndo risco grave de perder o grau de investimento. O risco nunca esteve tão grave como está agora”, avaliou.
O peemedebista criticou a demora de sete meses do governo para tomar a decisão de mudar uma meta que, de acordo com Cunha, “se sabe que não será cumprida”. “Todos sabem que a meta não seria cumprida e que essa também não será cumprida”, afirmou. O presidente da Câmara aposta que o 0,15% “não será superávit, será déficit”. Cunha atacou o pacote de ajuste fiscal do governo. “Em nome do ajuste foi feito um desajuste da economia”, declarou.
Em sua avaliação, o governo não poderia anunciar uma meta que depende de três condicionantes “que não serão atingidas”: a receita das concessões, a repatriação de recursos no exterior e a receita extraordinária da Medida Provisória 685. “É um desespero total por falta de arrecadação”, concluiu, ressaltando que os valores esperados pelo governo são difíceis de alcançar (AE).

Mais Lidas

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/storage/0/5e/4e/jornalempresasenegoc/public_html/modules/mod_sp_facebook/mod_sp_facebook.php on line 84

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171