ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

João Miranda (*)

Ter a visão de todos os fluxos de pagamento é fundamental para qualquer empresa entender como gerar mais receitas e se aproximar do seu público.

A dificuldade, porém, passa em como construir uma infraestrutura que propicie uma visão completa de toda a operação. A evolução dos meios financeiros em conjunto com o desenvolvimento da tecnologia dá a possibilidade de as próprias companhias internalizarem soluções próprias de pagamentos. A questão é o entrave que as empresas encontram à sua disposição.

Muitas delas vão achar no mercado tecnologias que possuem baixo custo-benefício em termos de investimentos, com sistemas obsoletos para customizações e escalabilidade ou com alta complexidade de implantação. Seja no credenciamento de pagamento ou na subadquirência, as dificuldades são vastas.

O cenário começa a mudar a partir de uma reformulação de modelo de negócio e na forma que as empresas demandam por esses recursos. Boa parte dessas necessidades já são entendidas pelo mercado - sobretudo pelas fintechs. As novas empresas de tecnologia conseguem levar uma solução que atenda todas as etapas, tanto na criação como também no gerenciamento, na maleabilidade e no custo. Para entender melhor como isso se aplica, listo abaixo quatro benefícios que muitos ainda não conhecem sobre meios de pagamento.

. Customização - Calcanhar de Aquiles das empresas, sobretudo aquelas que possuem uma grande cadeia de distribuição ou uma força de vendas embutida, a customização de uma solução de pagamento própria permite compreender as principais dificuldades e, por meio da padronização, solucionar gargalos em transações financeiras. Com uma infraestrutura específica de pagamentos, as companhias se tornam seus próprios meios de pagamento no mundo físico, com suas particularidades e necessidades específicas.

. Escalabilidade - A partir do mapeamento e da customização, cria-se um cenário no qual o ganho de escala se torna muito mais favorável, uma vez que todas as dinâmicas de infraestrutura foram definidas. As empresas conseguem transferir para toda sua cadeia de distribuição a solução de pagamento, como uma máquina de cartão atrelada a uma carteira digital. Com isso a força de vendas já se integra automaticamente à tecnologia criada pela empresa a qual é ligada.

. Experiência do consumidor - A infraestrutura própria de pagamento permite às empresas ter a real compreensão do seu maior ativo: o seu consumidor. Entender a forma como o público consome o produto a partir do seu comportamento de compra é fundamental para criar estratégias que resultem numa melhor jornada para ele e para a própria empresa. Além disso, criar novas formas na oferta de pagamentos significa ampliar o leque na busca por diferentes fontes de receita. A comodidade do seu consumidor também passa pela forma como o pagamento é feito.

. Criação de novos mercados - A vantagem da customização dentro de determinados nichos de atuação é a possibilidade de novos produtos e serviços. A disponibilidade em oferecer os chamados serviços de valor adicionado para a rede de distribuição permite adicionar valor entendendo a realidade de um setor e customizando o pagamento para o mesmo.

Com isso, diminui-se o atrito na jornada de compra. As possibilidades são de oferecer crédito de maneira mais segura e mais barata, com prazos diferentes de pagamentos e recebimentos, taxas mais acessíveis, além de diversas condições que fogem do arroz com feijão oferecido pelos meios de pagamentos tradicionais.

(*) - É CEO e fundador da Hash, fintech especializada em infraestrutura de pagamentos (www.hash.com.br).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171