Nossa Imunidade em tempo de Covid-19

Pérsio Alberto Mandel (*)

Escrevo este artigo durante a pandemia do Covid-19 e do distanciamento social, que estou cumprindo segundo as determinações.

Estamos vivenciando uma crise incomparável. Mas, afinal, o que é uma crise? Consultando o dicionário (http://michaelis.uol.com.br/busca?r=0&f=0&t=0&palavra=crise), observo que um dos conceitos de crise diz respeito a:

 Conjuntura desfavorável; situação anormal e grave; conflito, tensão, transtorno.

 Episódio que se caracteriza pela presença de circunstâncias de difícil superação; lance embaraçoso que tende a ser duradouro.

Recordo, dos meus anos como gestor de qualidade, o exemplo das empresas japonesas no pós-guerra (II Guerra Mundial), com a economia japonesa devastada, levando as empresas a criar alternativas de sobrevivência. Para isso, elas precisaram cuidar de sua IMUNIDADE.

Volto ao dicionário (http://michaelis.uol.com.br/busca?r=0&f=0&t=0&palavra=imunidade), que caracteriza imunidade como Capacidade de se manter afastado ou protegido de certas influências ou circunstâncias.

Um programa adotado pelas organizações japonesas para garantir a imunidade, depois difundido por todo o planeta, foi o Programa 5S.

De acordo com o SEBRAE (https://m.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/artigosOrganizacao/d-olho-na-qualidade-5s-para-os-pequenos-negocios,1985438af1c92410VgnVCM100000b272010aRCRD), 5S é uma metodologia de organização criada no Japão, visando simplificar procedimentos, otimizar recursos e tempo. O resultado é o melhor desempenho profissional e de serviços, com reflexo direto na satisfação de usuários e na produção.

Originalmente, cada “S” corresponde a uma palavra japonesa que indica uma meta a ser atingida pelo empreendedor. Em português, os 5S significam:

            •           senso de utilização,

            •           senso de organização,

            •           senso de limpeza,

            •           senso de padronização e

            •           senso de autodisciplina.

Compartilho com você como estou aplicando o conceito do “5S Covid-19” para a guarda da minha imunidade, gerando resultados altamente positivos:

            •           Senso de proteção FÍSICA

Precisamos proteger nosso corpo frente ao coronavírus. A ciência nos indica várias ações que devemos tomar para que nosso corpo mantenha o sistema imunológico ativo. Procuro manter uma alimentação balanceada, aliada a exercícios rotineiros e sono adequado. Os resultados, principalmente em termos de perda de peso, frequência cardíaca e índices glicêmicos, são significativos. 

            •           Senso de proteção PSICOLÓGICA

Precisamos preservar nossa autoestima. Entendendo que este processo é novo, muito diferente do que já passamos, e que necessita cuidados mais específicos. A ciência desenvolverá a vacina, que permitirá que voltemos a um nível de qualidade de vida adequado.

A sociedade precisa compreender que depende de nós o futuro das próximas gerações e do planeta.

            •           Sendo de proteção FINANCEIRA

Precisamos analisar detalhadamente tanto a entrada de recursos financeiros, com objetivo de alavancar as receitas e, principalmente nestes momentos de incerteza, necessitamos reduzir despesas, mantendo as essenciais e eliminando ou, no mínimo, adiando as despesas não fundamentais. Fazer esta análise, bem como adotar as decisões coerentes, nos dará segurança importante para passar por estes tempos conturbados.

            •           Senso de proteção MENTAL

Precisamos manter nosso cérebro em funcionamento. Nestes tempos, somos obrigados a “por o pé no freio” e reduzir a velocidade, mas não podemos relaxar com a nossa mente, ela tem que continuar em atividade. Sugiro você pegar aquele livro escondido na sua estante, ver aquele seriado anotado e nunca visto, finalmente cursar o curso desejado e não feito por “falta de tempo”. Aliás, o que não falta agora é tempo, o importante é usá-lo como seu aliado e não como desculpa para a procrastinação.

            •           Senso de proteção SOCIAL

Precisamos manter a conexão com as pessoas que gostamos e a quem queremos bem. O ser humano é um “bicho” social, que necessita de contato. A necessidade do distanciamento social faz com que fiquemos longe e isolados. Não esqueça dos seus amigos e parentes. Mesmo impossibilitados de um beijo ou abraço “real”, a tecnologia nos conecta fácil e rapidamente.

Estou compartilhando com você as estratégicas que incorporei à minha nova rotina de vida, esperando que as ações sugeridas aqui possam te ajudar e confortar a passar por esta época da nossa vida e que ao final desta jornada possamos sair pessoas com boa imunidade.  

(*) Membro da iniciativa Empreendedores Compulsivos, Químico (UNICAMP), pós-graduação em Administração de Empresas (FGV). Sócio da AKIA Assessoria Empresarial LTDA. com foco em Inovação Estratégica. Coautor do livro “Organizações Inovadoras do Setor Financeiro”. Organizador do livro “Aqui tem Inovação”. Professor convidado no Curso Gestão da Inovação na UFABC. Vencedor do “Bronze Winner in the region of Latin American”no Reimagine Education 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap