Assincronismo de ritmo

Alessandro Saade (*)

Como baterista, sempre me preocupo com o tempo, com o andamento e o sincronismo entre os instrumentos. Chego a ser chato. Fico vendo se aquela frase de guitarra cabe direito naquele intervalo, se o baixista e o baterista estão em sinergia, enfim, se a banda soa como uma coisa única.

O mesmo vale para o mercado. Muitas vezes partimos atrasados para as grandes oportunidades de negócios, de ideias, de vendas e de relacionamento com nossos clientes. E na maioria das vezes culpamos os outros pela nossa falta de ritmo e de sincronismo.

E toda virada de ano também é a mesma coisa: alguns começam embalados por projetos que começaram no ano anterior e invadem o ano novo a pleno vapor. Outros esperam o réveillon para começar a se planejar. E outros ainda esperam o carnaval para começar o ano.

Veja, imaginando que você tenha uma loja de instrumentos musicais, tenho certeza que você já tem um planejamento de compras no segundo semestre de todo ano para ter tamborim para vender no carnaval. Isso é fácil. É, não é?… Mas você está atento aos shows próximos da sua cidade, aos estilos musicais que têm nascido ou sumido, às ondas de novas bandas?

Já pensou em mapear seus clientes e prospects por estilo musical ou banda favorita? Já fez parceria com os principais promotores de shows e casas de espetáculo da sua cidade? Não, né? Pois saiba que hoje tudo está muito integrado. Do estúdio de ensaio, passando pela sua loja e chegando até o show, tudo se conecta. E novas tendências lá de fora podem ser grandes oportunidades ou ameaças ao seu negócio. Para ambas, você deve estar preparado. E conectado. E as inofensivas redes sociais se convertem numa poderosa ferramenta.

É você que conta a novidade para o seu cliente ou ele sempre faz aquela pergunta que você não tem resposta? Costuma navegar pelos diversos sites dos fabricantes de produtos e das bandas? Sua equipe tem uma relação boa com seus fornecedores? Estão sempre se capacitando e conversando sobre novidades e oportunidades conjuntas de negócio? Segue seus principais clientes nas redes sociais para entender o movimento deles.

Estar bem informado nunca foi tão fácil e ao mesmo tempo tão desafiador. Entenda que este é um grande diferencial para melhorar a sua relação com seus clientes e por consequência suas vendas. Assinar reports, newsletters, seguir perfis das principais empresas do segmento, das principais feiras e das revistas é quase que uma obrigação. Só que prazerosa, afinal, vai estar lendo sobre a matéria prima do seu negócio. Isso vai lhe abrir novos horizontes e novas percepções. E então, com esse monte de novas informações, criará novas conexões e novas oportunidades.

Ainda bem que a tecnologia está ao seu lado. Aplicativos agregadores de notícias, por exemplo, vasculham a internet em busca de temas escolhidos por você, nas revistas e empresas que você determinou, e entregam isso limpinho, todo dia de manhã numa plataforma simples de usar. E na maioria das vezes, gratuita!

Imagine juntar seus clientes para conversar sobre um lançamento de produto ou uma nova tecnologia de gravação que esteja surgindo. Ou sortear por meio das redes sociais, entradas para shows. Ou ainda, fechar pacotes e convênios de cross seling, onde você passa a ser um vendedor do estúdio e o estúdio passa a ser um vendedor da sua loja. E isso vale para todo ponto de contato desta cadeia de negócios da música que estou descrevendo aqui.

Aumentar a vida útil da sua empresa depende da sua atitude e do seu time, frente ao mercado e os seus consumidores. Mais informação, mais assunto. Mais assunto, mais conexões. Mais conexões, mais vendas. Simples assim. Feliz 2020 com mais uma chance de acertar.

(*) Idealizador dos Empreendedores Compulsivos, com mais de 30 anos de experiência como palestrante, professor, consultor e mentor. Autor e colaborador em diversos livros, é formado em Administração, tem MBA em Marketing e Mestrado em Comunicação e Mercados, especializou-se em Empreendedorismo pela Babson College e em Inovação pela UC Berkeley (compulsivos.org/euquero@compulsivos.org)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap