Contato: (11) 3043-4171

Novas Estratégias: Supermercados e Prevenção de Perdas

Supermercados têm constante preocupação com relação a prevenção de perdas. Com tantos itens de preços variados e tantas transações processadas, a tentação de burlar o sistema surge de clientes e funcionários. Incidências de fraude e furto podem ser tão pequenos que passam despercebidos, mas não são isolados e aumentam com o tempo. Neste sentido, encontrá-las e preveni-las é crucial para o negócio

Sem titulo temporario

Thais Cardoso (*)

As ocorrências são às vezes tão sutis que poderiam ser interpretadas como erros: um saco de comida de cachorro ou uma garrafa de água mineral podem passar dentro do carrinho sem serem incluídos no cupom de venda, por exemplo, ou desconto ou troca realizados fora da política. Outras situações podem ser deliberadas - como quando o(a) operador(a) de caixa diminui o valor da compra de um amigo ou um cliente e "esquece" de passar um dos pacotes.
Supermercadistas têm cada vez mais utilizado relatórios baseados em exceção para identificar fraude, furto e erros de funcionários. Definindo como são os dados de uma transação "normal" e encontrando transações que não se encaixam naquele padrão, relatórios baseados em exceção ajudam a descobrir e investigar padrões de perda mais rapidamente. Seguem-se quatro infrações comuns que custam tempo e dinheiro a supermercadistas:

1. O risco no check-out
Um método comum de fraudar lojas no check-out é a troca de itens mais caros por códigos de produtos mais baratos. Um pacote de cerveja artesanal, por exemplo, registrado com o código de bananas. Fraudes como esta são tão comuns que especialistas em prevenção de perdas referem-se a elas como "casos de bananas", e a Oracle trabalha com as lojas para definir códigos específicos para estas ocorrências.
Outra exceção do sistema é quando o tempo de duração da transação não coincide com o número de itens. A pesquisa mostra que quanto mais lento o check-out, é mais provável que esteja ignorando o scanner antes de colocar na sacola, e que a pessoa saia com itens sem pagar.

2. Amigos e descontos para a família
Funcionários podem ajudar amigos trocando categorias – carne moída por filé mignon, por exemplo. A solução baseada no gerenciamento de exceções permite ao varejista buscar padrões de exceção para KPIs estabelecidos, incluindo contagem de reembolso, nenhuma correspondência, e cartões de crédito com atividades de funcionários e não-empregado. O sistema conecta exceções ao vídeo na loja, que identifica a localização, hora e transação para auxiliar gestores a avaliarem a imagem apropriada.

3. Devolução de itens
Devoluções são processos que ocorrem com frequência nos supermercados por motivos distintos. Um sistema de detecção de fraudes pode, por exemplo, apontar ocorrências em que após uma venda à vista houve a devolução de item. Esta situação pode sugerir que o operador de caixa tenha decorado um código de item de produto de baixo valor, e ao receber um pagamento em dinheiro, esse item é incluído e posteriormente devolvido, ficando com o dinheiro. A solução pode demonstrar o padrão destas incidências, de tal forma que a investigação concentre-se em casos com maior probabilidade de estarem efetivamente ligados a uma fraude.

4. Programas de Fidelidade
Os programas de fidelidade oferecem dados para que varejistas analisem o histórico de compras e criem recomendações personalizadas. Este valioso programa também está se transformando rapidamente em uma área de fraude. Se um(a) funcionário(a) atende 50 clientes em um dia, e 20 dizem que não têm um cartão de fidelidade, o(a) funcionário(a) tem a oportunidade de creditar a transação para, digamos, o seu próprio cartão de fidelidade. Como uma troca de preços ou uma fraude de cupom (ou transações de baixo valor), esta incidência nunca será explicada por práticas tradicionais de auditoria. Analisando uma série de KPIs programas de fidelidade, no entanto, a fraude será revelada.

Conclusão: Insights para Estratégia e Ação
O tamanho, a complexidade e a natureza global da indústria de varejo hoje, juntamente com a eterna tendência humana ceder à tentação, significa que novos tipos de fraudes continuarão a aparecer. Em nossa experiência, a melhor proteção é a capacidade de análise/business inteligence que pode reconhecer rapidamente desvios do padrão – e possivelmente comportamento criminoso. A solução Oracle Retail Loss Prevention XBRi é projetada para fornecer conhecimentos práticos para proteger os lucros dos varejistas.
Oracle Retail’s XBRi Loss Prevention Cloud Service é a solução líder para análise de dados com relatórios baseados em exceção. A solução identifica tendências, transações e outras anomalias ao armazenar dados, permitindo aos usuários descobrir e investigar irregularidades em lojas. XBRi inclui uma série de relatórios prontos que supermercadistas podem utilizar ou personalizar para atenderem às suas necessidades.

(*) É consultora de Vendas Oracle Retail, Oracle América Latina

Santos Dumont: na corrida para competir na área de supercomputação global

Luis Casuscelli (*)

Indo ao encontro das grandes tendências da supercomputação, ou seja, o Big Data, o consumo de energia e a complexidade técnica, a comunidade científica do Brasil está implementando uma plataforma de supercomputação tão grande e poderosa que colocará o país no mesmo patamar dos grandes jogadores do setor

Isso é especialmente importante em uma época em que a China, um dos países mais avançados no setor de supercomputação, praticamente triplicou o número de supercomputadores nos últimos seis meses.
Vamos analisar como os cientistas do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), em conjunto com a Atos, conseguiram superar os desafios e construir o Santos Dumont – o maior supercomputador da América Latina.
Por que a supercomputação é tão importante e prioritária?
Existem várias tendências que contribuem para uma crescente demanda pela supercomputação na comunidade científica brasileira:
Big Data – com a previsão de 30 bilhões de dispositivos conectados com a Internet até 2020, os supercomputadores serão fundamentais para analisar os grandes volumes de dados gerados e identificar padrões e tendências. Os supercomputadores terão uma grande influência sobre áreas acadêmicas e de pesquisa científica, que precisam de simulações em grande escala. Por exemplo, o sequenciamento do DNA na genômica, em que seria possível prever doenças do futuro; a meteorologia, para a análise e previsão do tempo; ou a modelagem de depósitos no setor de petróleo e gás.
Consumo de energia – Em termos de processamento de dados, os supercomputadores oferecem eficiências muito maiores – com a capacidade de realizar bilhões de operações por segundo –, mas será muito importante aumentar sua eficiência energética para garantir o futuro da supercomputação. Os supercomputadores de hoje consomem mais de 10MW, o equivalente ao consumo energético de 30.000 residências!
Por esse motivo, o LNCC construiu um supercomputador capaz de reduzir a distância para outros países que investem no setor – como os EUA, França, Japão e China – e acompanhar outros do BRICS. A equipe também acredita que é importante fomentar talentos nacionais e substituir a propriedade intelectual e as patentes que foram perdidas durante os últimos 20 anos.

Construindo o Santos Dumont
Diante desse cenário, a Atos trabalhou com a comunidade científica do Brasil para construir o Santos Dumont – o maior supercomputador da América Latina. A máquina recebeu o nome do grande inventor brasileiro, Santos Dumont, que dividia seu tempo entre a França e a cidade de Petrópolis, reconhecendo os fortes laços entre os dois países. O HPC (computador de alto desempenho) está na escala peta, ou seja, consegue realizar 1,1 milhão de bilhões de operações por segundo – o equivalente a uma velocidade um milhão de vezes maior que um laptop!
A construção do supercomputador apresentou alguns desafios de logística, já que foi construído na França, carregado em dois contêineres e transportado para a América do Sul. Depois, os contêineres subiram a serra em quatro caminhões especialmente construídos até chegar à Petrópolis. Soluções como ambientes com refrigeração à água e Resfriamento Direito com Líquidos (DLC) foram empregados para reduzir o consumo de energia ao mínimo possível.

O futuro do Santos Dumont
Com a fase de testes finalizada, o Santo Dumont pode transformar a pesquisa científica, a inovação e o setor de serviços HPC para a comunidade e o governo do Brasil. Recentemente, um novo centro de P&D foi lançado em Petrópolis para aproveitar essas oportunidades futuras. O trabalho do centro é apoiar a comunidade científica brasileira durante o desenvolvimento e utilização dessas máquinas até 2020 – com sistemas capazes de realizar mais de um bilhão de bilhões de operações por segundo!

(*) É diretor de Big Data e Security da Atos América do Sul. É graduado em Sistemas pela Universidade Tecnológica Nacional de Buenos Aires e possui mais de 20 anos atuando na área de integração de produtos e serviços de infraestrutura de TI.

 
 
 
 
 
 
 

Mais artigos...

  1. Tecnologia 08/03/2016
  2. Tecnologia 05 a 07/03/2016
  3. Tecnologia 04/03/2016
  4. Tecnologia 03/03/2016
  5. Tecnologia 02/03/2016
  6. Tecnologia 01/03/2016
  7. Tecnologia 27 a 29/02/2016
  8. Tecnologia 26/02/2016
  9. Tecnologia 25/02/2016
  10. Tecnologia 24/02/2016
  11. Tecnologia 23/02/2016
  12. Tecnologia 20 a 22/02/2016
  13. Tecnologia 19/02/2016
  14. Tecnologia 18/02/2016
  15. Tecnologia 17/02/2016
  16. Tecnologia 16/02/2016
  17. Tecnologia 13 a 15/02/2016
  18. Tecnologia 12/02/2016
  19. Tecnologia 11/02/2016
  20. Tecnologia 06 a 10/08/2015
  21. Tecnologia 05/02/2016
  22. Tecnologia 04/02/2016
  23. Tecnologia 03/02/2016
  24. Tecnologia 02/02/2016
  25. Tecnologia 30/01 a 01/02/2016
  26. Tecnologia 29/01/2016
  27. Tecnologia 28/01/2016
  28. Tecnologia 23 a 26/01/2016
  29. Tecnologia 19/01/2016
  30. Tecnologia 15/01/2016
  31. Tecnologia 13/01/2016
  32. Tecnologia 12/01/2016
  33. Tecnologia 09 a 11/01/2016
  34. Tecnologia 08/01/2016
  35. Tecnologia 07/01/2016
  36. Tecnologia 06/01/2016
  37. Tecnologia 05/01/2016
  38. Tecnologia 31/12/2015 a 04/01/2016
  39. Tecnologia 30/12/2015
  40. Tecnologia 29/12/2015
  41. Tecnologia 24 a 28/12/2015
  42. Tecnologia 23/12/2015
  43. Tecnologia 22/12/2015
  44. Tecnologia 19 a 21/12/2015_a
  45. Tecnologia 19 a 21/12/2015
  46. Tecnologia 18/12/2015
  47. Tecnologia 17/12/2015
  48. Tecnologia 16/12/2015
  49. Tecnologia 15/12/2015
  50. Tecnologia 12 a 14/12/2015
  51. Tecnologia 11/12/2015
  52. Tecnologia 10/12/2015
  53. Tecnologia 09/12/2015
  54. Tecnologia 08/12/2015
  55. Tecnologia 05 a 07/12/2015
  56. Tecnologia 04/12/2015
  57. Tecnologia 03/12/2015
  58. Tecnologia 02/12/2015
  59. Tecnologia 01/12/2015
  60. Tecnologia 28 a 30/11/2015
  61. Tecnologia 27/11/2015
  62. Tecnologia 26/11/2015
  63. Tecnologia 25/11/2015
  64. Tecnologia 24/11/2015
  65. Tecnologia 20 a 23/11/2015
  66. Tecnologia 19/11/2015
  67. Tecnologia 18/11/2015
  68. Tecnologia 17/11/2015
  69. Tecnologia 14 a 16/11/2015
  70. Tecnologia 13/11/2015
  71. Tecnologia 12/11/2015
  72. Tecnologia 11/11/2015
  73. Tecnologia 10/11/2015
  74. Tecnologia 07 a 09/11/2015
  75. Tecnologia 06/11/2015
  76. Tecnologia 05/11/2015
  77. Tecnologia 04/11/2015
  78. Tecnologia 30/10 a 03/11/2015
  79. Tecnologia 29/10/2015
  80. Tecnologia 28/10/2015
  81. Tecnologia 27/10/2015
  82. Tecnologia 24 a 26/10/2015
  83. Tecnologia 23/10/2015
  84. Tecnologia 22/10/2015
  85. Tecnologia 21/10/2015
  86. Tecnologia 20/10/2015
  87. Tecnologia 17 a 19/10/2015
  88. Tecnologia 16/10/2015
  89. Tecnologia 15/10/2015
  90. Tecnologia 14/10/2015
  91. Tecnologia 10 a 13/10/2015
  92. Tecnologia 09/10/2015
  93. Tecnologia 08/10/2015
  94. Tecnologia 07/10/2015
  95. Tecnologia 06/10/2015
  96. Tecnologia 03 a 05/10/2015
  97. A sua casa ainda será seu escritório
  98. A sua casa ainda será seu escritório (2)
  99. Tecnologia 01/10/2015
  100. Tecnologia 30/09/2015
Outras Matérias sobre Tecnologia

 

Mais Lidas

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171