Nove funcionalidades corporativas do iOS 9

Nova versão do sistema operacional da Apple traz mais facilidades com ferramentas de Mobile Device Management

images 4 temproario

Vinícius Boemeke (*)

O iOS 9, lançado pela Apple recentemente, traz uma série de novidades também para o mundo corporativo. Quando mobilidade é preocupação latente e realidade viva em tantas empresas, as atualizações vêm a calhar. Quase por acaso, destacamos nove das melhorias mais interessantes do sistema operacional, para as organizações.

1. Restringir a troca de senha
Agora, é possível impedir que o usuário troque a senha do dispositivo, o que é especialmente positivo para aparelhos compartilhados. Imagine um hospital que fornece um tablet por andar ou ala para que enfermeiros acessem prontuários e outras informações do paciente. Se um deles trocar a senha e houver uma mudança de turno, por exemplo, muito tempo será perdido até que a TI consiga resolver a questão.

2. Cadê a App Store que estava aqui?
Até então, gestores de TI sofriam com uma decisão: retirar o ícone da App Store dos dispositivos e, com isso, impedir a atualização de aplicativos gerenciados, ou mantê-lo e permitir que os usuários baixassem os programas que quisessem? Essa não é mais uma questão: o novo software permite que o ícone fique invisível ao usuário, porém ativo, garantindo assim que os apps corporativos sejam atualizados quando necessário.

3. Chega de download automático
Outra novidade é a prevenção do download automático de aplicativos quando o usuário sincroniza seu iPad corporativo, por exemplo, com seu iPhone pessoal, que utiliza o mesmo Apple ID. Agora, fica tudo separado, como deve.

4. Nome fixo
Imagine gerenciar dezenas de tablets, de diferentes funcionários, sendo que um é Antônio, outro Jorge, outro Ana, e assim por diante. Apenas o nome do usuário não dá clareza suficiente sobre quais aplicativos e permissões podem ser acessados dentro da política de mobilidade corporativa. Com o novo sistema operacional, assim como ocorrem com as senhas, os usuários não poderão mudar o nome de seus dispositivos - cada aparelho terá uma nomenclatura fixa e definida pela empresa, como, por exemplo, Tablet Área Comercial. Isso traz mais facilidade para implantação das políticas de gerenciamento, e mais profissionalismo também.

5. Fundo de tela
Não é nada adequado que o vendedor de uma empresa tenha como fundo de tela do tablet corporativo uma foto dele com sua família na praia, não é mesmo? O iOS 9 permite que políticas de MDM travem a customização do papel de parede dos iPads e iPhones, para garantir o bom senso. A função permite até mesmo que o fundo de tela seja usado como ferramenta de comunicação, como banners de campanhas internas.

6. Apple Watch negado
Também é possível prevenir o pareamento com Apple Watch pessoal com o dispositivo corporativo, impedindo que as informações da empresa sejam acessadas pela segunda tela. No Brasil, o impacto dessa definição ainda é pequeno, já que não temos muitas unidades do vestível por aqui, mas já nos deixa mais tranquilos para quando a novidade se fortalecer no país.

7. Sem espionagem
Mais uma novidade: é possível desabilitar a gravação de vídeos das funções e atividades feitas no dispositivo. Antes, já era possível restringir os print screens, mas, pela nova versão, aplicativos terceiros não poderão mais capturar vídeos do que ocorre do aparelho.

8. Regras de navegação
Um ponto importantíssimo para a gestão de custos é prevenir o consumo excessivo de plano de dados, e o iOS 9 dá um empurrãozinho nessa atividade ao criar regras de navegação para aplicativos gerenciados. Com elas, determina-se que alguns apps só trafeguem informações se o aparelho estiver conectado à rede Wi-Fi, por exemplo, ou que funcionem no modo offline quando estiverem em área de roaming. Isso é especialmente valioso para quando os funcionários utilizam os seus dispositivos pessoais no trabalho, o chamado Bring Your Own Device (Byod), porque ajuda a permitir o consumo de dados exclusivamente para serviço.

9. Agendamento de atualizações
Por fim, podem-se agendar atualizações do próprio sistema operacional. Muitas empresas que possuem aplicativos corporativos próprios não têm o mesmo timing de desenvolvimento que a Apple, o que faz com que os softwares tenham problemas de compatibilidade com novas versões do iOS. Para evitar problemas, então, agora é possível agendar a atualização da plataforma para quando os aplicativos corporativos já tiverem sido reformulados.
Com algumas medidas, aparentemente simples, a atualização do novo sistema operacional da Apple garante algumas tranquilidades extras aos gestores de dispositivos móveis nas organizações. Para felicidade de muitos, cada vez mais, vemos o mercado corporativo ser atendido nas novas versões de softwares móveis, e este, é um caminho sem volta.

(*) É Diretor de Tecnologia e Marketing da MDM Solutions

 

Monitor BenQ tem venda exclusiva na Game 7

XL2411Z LCDM Front1 temproario

O recém-anunciado monitor BenQ XL2411Z já está à venda com exclusividade na Game 7 - http://www.game7.com.br/monitor-gamer-benq-24-xl2411z, uma das empresas que mais crescem no comércio eletrônico brasileiro e referência no segmento online especializado em periféricos gamers, hardware e jogos. Até o dia 15 de novembro os brasileiros, principalmente fãs de jogos do gênero FPS (First Person Shooters), podem adquirir o modelo pelo preço de R$ R$ 1.899,00 parcelado ou R$ 1.709,10 à vista.
Criado com tecnologia de ponta e em parceria com times de e-Sports para garantir imagens perfeitas e melhor desempenho durante as partidas, o modelo XL2411Z oferece o melhor custo x benefício desta modalidade e tem tela de 24", resolução Full HD (1920x1080) - com tempo de resposta de 1ms GTG - e taxa de atualização ajustável de 100Hz até 144Hz.
O XL2411Z se destaca, ainda, pelas tecnologias motion blur reduction, que proporciona mais claridade e conforto, com a redução de borrões e de imagens desfocadas, flicker-free, que elimina a cintilação da imagem em todos os níveis de brilho, reduzindo a fadiga dos olhos e elevando o desempenho dos jogadores e a low blue light, que diminui borrões de imagens em movimento e proporciona maior claridade ao longo do jogo.
As opções de conectividade do XL2411Z incluem portas HDMI, VGA, USB, DVI-DL e D-Sub, e o modelo tem dimensões de 431x570x222mm.

As principais razões para investir na nuvem hoje mesmo

Pat Patterson (*)

Muitos autores já escreveram sobre os benefícios de modelos baseados na nuvem, em suas diversas formas de uso


No entanto, poucos estudos de caso abordando os reais benefícios e a real economia que a nuvem proporciona foram elaborados. Baseado nesta falta de evidências concretas, concluí que muitos se beneficiariam dos resultados de um recente estudo sobre serviços na nuvem realizado pela Forrester Research.
A Forrester produziu o documento Total Economic Impact™ (TEI)™, que contempla os estudos sobre o retorno potencial sobre o investimento (ROI) que as empresas podem contabilizar ao utilizar um modelo de operação em nuvem privado/híbrido, quando comparado ao modelo tradicional de investimento em capital (CAPEX) para uma solução de comunicação.
O estudo observou os benefícios da utilização dos serviços em nuvem para soluções de comunicações unificadas e contact center em cinco empresas, cujo ambiente de comunicação possuia diferentes tipos de soluções e estava desatualizado.
Calculadora de ROI (Retorno de Investimento): Calcula o quanto a empresa poderá economizar migrando para o modelo de serviços na nuvem. Como podemos ver, em muitos casos, as companhias possuiam soluções gerenciadas por diversos fornecedores, resultando em experiências de serviços inconsistentes e, consequentemente, produzindo altos custos. Todas estas empresas tinham como meta reduzir suas despesas de capital e, ao mesmo tempo, transformar e evoluir seus ambientes de comunicações. Os perfis das empresas analisadas foram os seguintes:
Uma multinacional de telecomunicações com operação em 20 países;
Uma organização médica e de pesquisa dos EUA, que começou com 1500 usuários e cresceu para quatro mil;
Uma companhia de seguros do Reino Unido que atende mais de 10 mil usuários e possui um contact center equipado por diversos fornecedores;
Um fornecedor americano de soluções de projetos eletrônicos de automação e semicondutores, com uma solução de 6500 terminais espalhados em mais de 50 escritórios ao redor do mundo;
Uma empresa de tecnologia com operações em mais de 150 países, que precisa de suporte dedicado no local para seus ambientes de Comunicações Unificadas (UC) e Contact Center (CC), equipado por diversos fornecedores.
Com base nas entrevistas realizadas com executivos destas cinco empresas, a Forrester usou um modelo composto para determinar os benefícios observados em uma solução em nuvem privada. Os resultados mostraram um ROI total de 42% em despesas de capital para Contact Center, incluindo os custos de telefonia, melhorias na produtividade e simplificação nas mudanças para uma nova tecnologia de comunicações.

Como isto pôde ser feito?
De acordo com o relatório, podemos destacar 12 benefícios em uma implementação em nuvem privada, dos quais cinco são quantificáveis e geram cerca de 42% de ROI – estes dados consideram uma média de economia, durante cinco anos, de US$ 6.493.000.
Os cinco benefícios mensuráveis são:
Lidar com as interações dos clientes de forma mais eficiente, ajudando a garantir que os recursos adequados estejam prontamente disponíveis. Por meio da implementação de um Contact Center unificado e interoperável, e do uso de uma solução de otimização da força de trabalho, os objetivos corporativos e os objetivos do cliente podem ser alinhados e interconectados.
Funções de roteamento inteligente e seleção de recursos que permitem que os sistemas sejam configurados para determinar qual a melhor forma de atender o cliente, direcionando-o para o agente que estiver disponível no momento ou para aquele que possuir as habilidades que melhor atendam suas necessidades.
Sessões de chat de texto que melhoram a produtividade do agente do contact center e a experiência de atendimento ao cliente.
Redução de investimento em capital (CAPEX) em telefonia, tanto sob a perspectiva do custo por usuário quanto sob a perspectiva dos custos de manutenção mensal, permitindo que os gastos com soluções de Comunicação Unificada e de Contact Center transicionem de um modelo CAPEX para OPEX, à longo prazo.
Economia em custos de infraestrutura, incluindo hardware, software, custos de manutenção, ferramentas de monitoramento de rede, entroncamento (PRI) e analógico, software de URA, bases de dados, energia e refrigeração. Também foram consideradas as economias em mão-de-obra de TI, já que o modelo em nuvem elimina a necessidade de gerenciar vários fornecedores, permitindo que a equipe se concentre em iniciativas mais estratégicas para os negócios.
Além dos pontos indicados anteriormente, os executivos das empresas entrevistadas identificaram mais sete benefícios relacionados ao uso do modelo em nuvem privada e que não são visíveis e mensuráveis facilmente:
Usando a nuvem e um conjunto de serviços de comunicações empresariais, baseado e alinhado com as ferramentas adotadas pela Information Technology Infrastructure Library (ITIL), entidade reconhecida internacionalmente, é possível começar com um nível básico de gerenciamento de serviços e adicionar elementos extras, conforme necessário.
Maior utilização de ativos de tecnologia existentes evitando a necessidade de adquirir novos ativos.
Aumento dos índices de satisfação do cliente.
Os agentes de atendimento ao cliente podem trabalhar no escritório ou em casa, usando a mesma interface de trabalho. Com um programa de home office bem definido, as organizações podem recrutar os melhores agentes a partir de um grupo maior de talentos externos.
Aceleração da transformação dos negócios e maior agilidade.
Aumento dos recursos focados nos resultados dos negócios, em como melhorar a experiência dos clientes e a produtividade do colaborador ao invés de em tarefas operacionais.
Criação de uma estrutura padronizada de suporte global.
E você, o que acha? Já testou? Como os serviços na nuvem melhoraram seus negócios e qual foi a redução real em seus custos?

(*) É diretor de Marketing de Serviços da Avaya.

 

Mais artigos...

  1. Tecnologia 11/11/2015
  2. Tecnologia 10/11/2015
  3. Tecnologia 07 a 09/11/2015
  4. Tecnologia 06/11/2015
  5. Tecnologia 05/11/2015
  6. Tecnologia 04/11/2015
  7. Tecnologia 30/10 a 03/11/2015
  8. Tecnologia 29/10/2015
  9. Tecnologia 28/10/2015
  10. Tecnologia 27/10/2015
  11. Tecnologia 24 a 26/10/2015
  12. Tecnologia 23/10/2015
  13. Tecnologia 22/10/2015
  14. Tecnologia 21/10/2015
  15. Tecnologia 20/10/2015
  16. Tecnologia 17 a 19/10/2015
  17. Tecnologia 16/10/2015
  18. Tecnologia 15/10/2015
  19. Tecnologia 14/10/2015
  20. Tecnologia 10 a 13/10/2015
  21. Tecnologia 09/10/2015
  22. Tecnologia 08/10/2015
  23. Tecnologia 07/10/2015
  24. Tecnologia 06/10/2015
  25. Tecnologia 03 a 05/10/2015
  26. A sua casa ainda será seu escritório
  27. A sua casa ainda será seu escritório (2)
  28. Tecnologia 01/10/2015
  29. Tecnologia 30/09/2015
  30. Tecnologia 29/09/2015
  31. Tecnologia 26 a 28/09/2015
  32. Tecnologia 25/09/2015
  33. Tecnologia 24/09/2015
  34. Tecnologia 23/09/2015
  35. Tecnologia 22/09/2015
  36. Tecnologia 19 a 21/09/2015
  37. Tecnologia 18/09/2015
  38. Tecnologia 17/09/2015
  39. Tecnologia 16/09/2015
  40. Tecnologia 15/09/2015
  41. Tecnologia 12 a 14/09/2015
  42. Tecnologia 11/09/2015
  43. Tecnologia 10/09/2015
  44. Tecnologia 09/09/2015
  45. Tecnologia 05 a 08/09/2015
  46. Tecnologia 04/09/2015
  47. Tecnologia 03/09/2015
  48. Tecnologia 02/09/2015
  49. Tecnologia 01/09/2015
  50. Tecnologia 29 a 31/08/2015
  51. Tecnologia 28/08/2015
  52. Tecnologia 27/08/2015
  53. Tecnologia 26/08/2015
  54. Tecnologia 25/08/2015
  55. Tecnologia 22 a 24/08/2015
  56. Tecnologia 21/08/2015
  57. Tecnologia 20/08/2015
  58. Tecnologia 19/08/2015
  59. Tecnologia 18/08/2015
  60. Tecnologia 15 a 17/08/2015
  61. Tecnologia 14/08/2015
  62. Tecnologia 13/08/2015
  63. Tecnologia 12/08/2015
  64. Tecnologia 11/08/2015
  65. Tecnologia 08 a 10/08/2015
  66. Tecnologia 07/08/2015
  67. Tecnologia 06/08/2015
  68. Tecnologia 05/08/2015
  69. Tecnologia 03/08/2015
  70. Tecnologia 01 a 03/08/2015
  71. Tecnologia 31/07/2015
  72. Tecnologia 30/07/2015
  73. Tecnologia 29/07/2015
  74. Tecnologia 28/07/2015
  75. Tecnologia 25 a 27/07/2015
  76. Tecnologia 24/07/2015
  77. Tecnologia 23/07/2015
  78. Tecnologia 22/07/2015
  79. Tecnologia 21/07/2015
  80. Tecnologia 18 a 20/07/2015
  81. Tecnologia 17/07/2015
  82. Tecnologia 16/07/2015
  83. Tecnologia 15/07/2015
  84. Tecnologia 14/07/2015
  85. Tecnologia 09 a 13/07/2015
  86. Tecnologia 08/07/2015
  87. Tecnologia 07/07/2015
  88. Tecnologia 04 a 06/07/2015
  89. Tecnologia 03/07/2015
  90. Tecnologia 02/07/2015
  91. Tecnologia 01/07/2015
  92. Tecnologia 30/06/2015
  93. Tecnologia 27 a 29/06/2015
  94. Tecnologia 26/06/2015
  95. Tecnologia 25/06/2015
  96. Tecnologia 24/06/2015
  97. Tecnologia 23/06/2015
  98. Tecnologia 20 a 22/06/2015
  99. Tecnologia 19/06/2015
  100. Tecnologia 18/06/2015
Outras Matérias sobre Tecnologia

 

Mais Lidas