Conflitos no dia a dia: aborrecimentos ou oportunidades de aprendizagem?

O texto que hoje apresento na Reencantando Empresas abordará a importância dos conflitos em nosso dia a dia. Você deve estar pensando que eu errei na digitação porque escrevi “importância dos conflitos”. Mas é isso mesmo, eu considero os conflitos algo importantíssimo

Sidnei Batista II temproario

Sidnei Batista

É diretor da Távola do Saber, Facilitador em programas de desenvolvimento humano e organizacional, Coach formado pela Academia de Coaching Integrativo, Palestrante e Professor de Pós Graduação.. Pós-graduado em Energias Renováveis pela USP, com mais de 5 anos em projetos
de engenharia.

Um conflito é basicamente um processo que se inicia quando alguém considera que seus interesses ou necessidades estão em risco pela ação de outra pessoa. A partir daí, o conflito se desenrola em etapas que vão se tornando mais complicadas gradativamente. A primeira etapa é um desentendimento, ou uma falha de comunicação entre os envolvidos, e a última etapa é a manifestação da violência, seja física ou moral.
Entre a 1ª e a última etapa há um processo, um caminho no qual o conflito acontece. Sem dúvida, o final do caminho é muito ruim, pois é onde a violência marca presença. Mas e o caminho em si?
A maioria das pessoas percebe os conflitos como algo ruim, associado a desentendimentos, brigas, estresse, etc. É como se tudo que acontece no caminho fosse ruim e devesse ser evitado.
De um lado, é verdade que muitos aborrecimentos podem ocorrer em conflitos pessoais e profissionais. Mas, por outro lado, existe algo nos conflitos que transcende os aborrecimentos e lhes garante muita importância – refiro-me às excelentes oportunidades de aprendizagem e desenvolvimento que os conflitos geram.
Nós aprendemos muito com os conflitos, e consequentemente podemos nos desenvolver em grande escala. Poucas coisas na vida são tão ricas em aprendizagens quanto os conflitos. Portanto, poucas oportunidades são tão generosas para nosso desenvolvimento quanto as geradas pelos conflitos.
Você já pensou nisso? Nos conflitos a lista de coisas a aprender é enorme: nosso limite de paciência, amorosidade e tolerância; nossa coerência na prática com os valores humanos que defendemos no discurso; o espaço que a ética ocupa na vida cotidiana; a capacidade de exercer empatia; a comunicação respeitosa e tranquila; a resiliência diante dos obstáculos que a vida propõe; a coragem para lutar pelo que acreditamos ser correto e justo; a sabedoria para não confundir justiça com vingança; a humildade para pedir ajuda; o discernimento para estabelecer limites, entre inúmeras outras lições absolutamente valiosas...
Por tudo isso, a ideia dos conflitos como algo importantíssimo faz sentido. Não digo que seja fácil lidar com conflitos, mas certamente olhar pela perspectiva das oportunidades de aprendizagem e desenvolvimento muda a percepção que temos deles.
Quando você perceber que um conflito está se iniciando, respire fundo e busque sua solução. Mas, além de tudo, aproveite – há muito a aprender com a oportunidade que se aproxima!


Colabore com nossa coluna: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Para anunciar nesta coluna ligue (11) 3106-4171 e fale com Lilian Mancuso