1 Passo para o seu melhor

Seja

E esse assunto poderia acabar assim. Mas peço licença para devanear um pouco, por aqui e com quem desejar.
15 passos para a felicidade. 12 passos para começar seu caminho de sucesso agora. 10 passos para virada. 30 coisas que você deve começar a fazer para si mesmo...

leia carvalho perfil temporario

Léia Carvalho

Marketeira de formação, vendedora de coração, conectadora de negócios e pessoas por vocação. Representante comercial e consultora de marketing, além de responsável pelo Blog
http://simplesmentedevaneios.blogspot.com/

Outro dia vi assuntos desse tipo compartilhados um atrás do outro pelos meus contatos no Facebook, achei curioso. Ao entrar no Linkedin a lista era ainda maior, achei curioso.
Zapeando na TV parei um pouco na Fátima Bernardes, o assunto do dia era sobre entrevistas de emprego, como se comportar. “Fale assim, fale assado, acredite em você, sorria, esteja disposto ao trabalho árduo...”, achei curioso.
Recentemente interrompi bruscamente minha participação num projeto promissor, reduzi minha remuneração a pó em fração de dias. Minha justificativa? Não estou feliz, me sinto mal fazendo o que estou fazendo, como estou fazendo, onde estou fazendo. Parti buscando algo novo, não falo apenas de um lugar novo, eu busco algo realmente NOVO, novo para mim.
Num encontro com uma pessoa conhecida, depois de um olá, tudo bem e costumeiras cordialidades, me deparei com uma especialista em crises, momentos de transição de carreira e tudo que se assemelhe a isso. “Você tem feito muitas bobagens, agora que essa última já esta feita é preciso agir. Sugiro que faça...” Não ouvi mais nada, estava diante de mais uma receita de bolo, e eu não sou o chocolate do padre.
O país está em crise, me compadeci da minha nação e criei minha própria? Talvez.
Ruim? Sinceramente não estou tão certa disso.
Acredito que crises são ótimas oportunidades de olhar para trás, aprender com SEUS erros, reproduzir SEUS acertos, se possível, esses em maior escala. Mas principalmente tempo de se REINVENTAR, afinal algo na receita até então adotada desandou, chance de criar um novo sabor.
Essas receitas não contam com a principal variável, eu, VOCÊ, o indivíduo. Um ingrediente que pode mudar completamente o resultado final.
Seja qual for o objetivo é preciso dedicação, e também um monte de dicas existentes nessas listas sim, mas de maneira natural, VERDADEIRA, autentica. Ser autêntico significa ser ORIGINAL, não precisa ser exótico, basta ser original, SEJA VOCÊ. Pense bem, tem algo aí que te diferencia da massa, pense...
As listas só reproduzem cópias de algo que foi muito bom em sua versão primeira, o resto é tentativa frustrada de chegar lá. Do contrário teríamos milhares de Steve Jobs, boas centenas de Oprah espalhados pelo mundo, milionários e bem-sucedidos por que leram as biografias deles.
Certamente é valido ver exemplos de sucesso, para motivar, e até mesmo aprender observar outros ângulos de uma história, mas para seguir nesse mundão é preciso SER. E só assim será possível entender qual é o SEU limite, qual é SUA melhor posição no ranking.
Afinal, onde posso chegar sendo simplesmente EU?
Espero que lá pelos meus 90 anos consiga responder isso com precisão, por hora sigo SENDO. E você? Original ou cópia?

 

Para anunciar nesta coluna ligue (11) 3106-4171 e fale com Lilian Mancuso

Coordenação: Lilian Mancuso e Rebeca Toyama