Eu não paro por uma gripe ?!?!?

Com a chegada do inverno, aparecem a tosse, os espirros, os resfriados, as gripes e com isso os comerciais de antigripais se intensificam no rádio e na TV.
Pois bem.

Um desses comerciais me chamou a atenção pela mensagem um tanto invertida que transmite de forma bem subliminar, é verdade.

Nele, uma conhecida atriz de televisão, andando por um ambiente corporativo diz em alto e bom som “eu não paro por uma gripe” (como se isso fosse uma façanha e tanto!) e justifica isso com o uso do tal medicamento anti gripal. O que é isso? Que mensagem é essa? Onde fica o respeito para consigo?

Será que a ideia desse comercial com esse texto é mostrar que ela “veste a camisa” da empresa ou de sua profissão (caso seja autônoma), mesmo em detrimento de sua saúde física? Qual a vantagem disso?

Será que esse texto quer mostrar ou reforçar que hoje em dia as empresas te dispensam “facinho, facinho” se você não for trabalhar, mesmo que doente e indisposta? Que empresinha antiga...

beth navarro

Beth Navarro
Psicóloga, com especialização em Ps. Transpessoal e Pós Graduação em Constelação familiar.Coaching – Mentoring – Workshops: Orientação Individual e em Grupo

O trabalho é importante sim: te completa, te traduz, te sustenta, te engrandece e tudo o mais, mas...o trabalho é feito por pessoas e se a pessoa não está bem, o trabalho também não vai bem, portanto, a empresa também não irá bem. O importante é lembrar sempre que empresas são feitas por pessoas. Sem elas, são apenas prédios vazios (quando existem) ou missões, compromissos, valores ocos elaborados para nada nem para ninguém.

A mensagem subliminar desse comercial me parece ser “não pense em si”, “não se respeite”, a “empresa em primeiro lugar acima do bem e do mal”...por favor!

Posso estar sim sendo repetitiva, mas não me incomodo, pois luto pelo que acredito: o respeito pelo mundo com tudo o que existe nele, começa pelo respeito a si mesmo. Se não nos sentimos bem quer física, mental, emocional ou espiritualmente não faremos bem nosso serviço, seja ele qual for e onde for, e consequentemente não cumpriremos nossa missão neste planeta com dignidade.Portanto, amigos, se neste inverno “pintar” uma gripinha ou um resfriadinho...remedinho (sem auto medicação, ok?) chá quente, cama, televisão, repouso, pois só assim vocês estarão se respeitando para evoluir com transcendência. Até a próxima.

Para anunciar nesta coluna ligue (11) 3106-4171 e fale com Lilian Mancuso