Livros em Revista 17 a 19/02/2018

cidade temproario

Cidade Perdida

Nathalia Alvitos – Chiado – Um suspense para abrilhantar a literatura nacional, desenvolvido pela jornalista, repórter policial. Eivado de muitas informações técnicas, levará o leitor a envolver-se na busca de um serial killer. O cenário envolve, bastidores de policia civil e de emissoras de TV. A cada página virada, uma “boa” surpresa. Na Cidade Perdida, deparamo-nos com uma ótima escritora. Obra que prende o leitor, sentindo-se enredado, num verdadeiro cipoal de intrincados acontecimentos. Enredo pronto para cinematografia. Entretenimento garantido!!

danca temproarioDança e Educação: 30 experiências lúdicas com crianças

Fernanda de Souza Almeida – Summus – A dança como elemento básico educacional e preparatório, para uma vida com mais saúde e criatividade. Esses básicos elementos, que naturalmente, pais e responsáveis buscam para seus filhos ou tutelandos, são ofertados nesta obra. A mestre em artes, resolveu compartilhar seus plenos conhecimentos a bem dos infantes. Reuniu crianças a partir dos dois anos de idade, para demonstrar o quanto esses seres são capazes, quando tratados com o devido respeito, de assimilar conhecimentos e com eles, ludicamente, prepararem-se para o inexorável futuro. Muito gostoso, factível e necessário!

alzheimer temproarioAlzheimer: A doença e seus cuidados

Alessandro Ferrari Jacinto e Marisa Folgato – Unesp – Interessante trabalho desenvolvido pelos autores. Alessandro, médico experiente, profundo conhecedor de problemas geriátricos . Marisa, vivenciou a terrível doença, ao cuidar de sua mãe. Contendo 17 relatos de pessoas que envolveram-se com pessoas portadoras, mais os sábios conselhos e dicas de comportamento, dessa preciosa dupla, tornam essa obra, fundamental para o seu pleno conhecimento, e principalmente aceitação desse mal ainda incurável, que acomete uma boa parcela da população mundial. Esclarecedoramente útil!!

bettie temproarioBettie Page

Richard Foster – Noir – Trata-se da biografia de um ícone sexual dos anos 1950, que povoou o ideário da população americana. Indubitavelmente a mulher mais fotografada de sua época. Foi punida, quando tentou ingressar no mundo cinematográfico, por um sistema moralista e hipócrita, vigente naquele momento. Seu ostracismo rendeu-lhe muitas feridas, que negavam-se a fechar-se. Simplesmente “sumiu”! Apesar do seu afastamento, continua com o titulo de modelo mais clicada da história americana. Fotos impressionantemente belas, em preto e branco, são apresentadas com nuances artísticas inquestionáveis, tornando patente, sua natural beleza. Digna homenagem!

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP