E Aí, Comeu?

Três amigos se reúnem para falar de suas aventuras e desventuras amorosas, sexuais e eróticas

Divulgação

Atriz convidada, Sabrina Korgut completa o elenco vivendo sete mulheres que transitam pelas vidas de Fernando, Honório e Mattar. “E Aí, Comeu?” parte da premissa de que toda mulher tem curiosidade de saber o que os homens estão falando quando estão em grupo, com isso a peça pretende satisfazer esta curiosidade feminina e despertar o entendimento do novo papel do homem perante a mulher na sociedade contemporânea. Uma comédia dinâmica e séria que apresenta os muitos tipos de homens e mulheres e tudo o que pensam sobre o sexo oposto. Na história, após ser deixado pela mulher, o romântico Fernando fica desolado e estimulado pelos amigos de infância passa a sair com outras para esquecer a ex. Honório e Mattar também têm seus questionamentos. Um é jornalista e machão a moda antiga, casado, suspeita que a mulher o trai. O outro é um escritor que não quer compromisso, se relaciona com prostitutas e mulheres comprometidas. Entre as diferentes mulheres que Sabrina Korgut dá vida, estão uma adolescente e uma prostituta, passando por Fernanda, a ex de Fernando. Com Sabrina Korgut, João Vitti, Marcelo Pio e Sergio Abreu.

Serviço: Teatro Nair Bello (Shopping Frei Caneca), R. Frei Caneca, 569, Bela Vista, tel. 3472-2414. Sextas e sábados às 21h e domingos às 18h. Ingresso: R$ 60. Até 04/06.

REFLEXÃO

EM TORNO DA FELICIDADE: Em matéria de felicidade convém não esquecer que nos transformamos sempre naquilo que amamos. Quem se aceita como é, doando de si à vida o melhor que tem, caminha mais facilmente para ser feliz como espera ser. A nossa felicidade será naturalmente proporcional em relação à felicidade que fizermos para os outros. A alegria do próximo começa muitas vezes no socorro que você lhe queira dar. A felicidade pode exibir-se, passear, falar e comunicar-se na vida externa, mas reside com endereço exato na consciência tranqüila. Se você aspira a ser feliz e traz ainda consigo determinados complexos de culpa, comece a desejar a própria libertação, abraçando no trabalho em favor dos semelhantes o processo de reparação desse ou daquele dano que você haja causado em prejuízo de alguém. Estude a si mesmo, observando que o auto-conhecimento traz humildade e sem humildade é impossível ser feliz. Amor é a força da vida e trabalho vinculado ao amor é usina geradora da felicidade. Se você parar de se lamentar, notará que a felicidade está chamando o seu coração para vida nova. Quando o céu estiver em cinza, a derramar-se em chuva, medite na colheita farta que chegará do campo e na beleza das flores que surgirão no jardim. (De "Sinal Verde", de Francisco Cândido Xavier, pelo espírito André Luiz)

MPB

Ivan Lins

O cantor, compositor e pianista Ivan Lins apresenta o show Duo, dia 25. Em formato intimista, Ivan divide o palco com o pianista Marco Brito. O show conta concanções que são sucessos do grande público e também algumas faixas do CD América Brasil,lançado em 2015. No repertório, clássicos como Madalena (lançada por Elis Regina), Abre Alas, Somos Todos Iguais Essa Noite, Começar de Novo, Dinorah, Dinorah, Bandeira do Divino, Bilhete, Desesperar, Jamais, Vitoriosa, Lembra de Mim, Depende de Nós, Novo Tempo, Meu País, entre outras.

Serviço: Teatro Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, tel. 3226-7300. Terça (25) às 21h. Ingressos: R$ 180 e R$ 130.

Humor

“Trocando as Calcinhas” é um espetáculo que conta a história de Lara e Larissa Kelly, duas irmãs completamente diferentes que dividem um apartamento em São Paulo. Após terem uma grande briga, maior do que todas as outras que já tiveram, vão dormir brigadas e acordam tendo que descobrir como viver na pele uma da outra é mais difícil do que imaginam. Essa trama vem para mostrar que não é tão fácil se colocar no lugar do outro e que as aparências enganam, muito. Com Carolyne Nonato, Mabel Lopes, Lukkas Martins e Matheus Cirilo.

Serviço:Teatro Bibi Ferreira, Av. Brigadeiro Luis Antônio, 931, Bela Vista, tel. 3105-3129. Quintas, às 21h. Ingresso: R$ 50. Até 08/06.



Novidades

Luiza Possi apresenta um repertório cheio de sucessos que marcaram sua carreira e que construíram a nova roupagem que a cantora e compositora traz atualmente. No show, não faltará “Tudo Certo” e “Paisagem”, do álbum “Bons Ventos Sempre Chegam” (2009), “Me Faz Bem”, de “A Vida é Mesmo Agora” (2009), “Tempo em Movimento” e “Dois Perdidos”, do disco “Sobre Amor e o Tempo” (2013), trazendo a linearidade da carreira, até chegar aos hits do “LP”, seu disco mais recente, lançado ano passado. Entre elas “Insight”, “Me Beija” e “Sigo”, canção de sua autoria em parceria com os produtores Rodrigo Gorky e Arthur Gomes.Luiza é acompanhada pelo quinteto Ramon Montagner (bateria), Bruno Coppini (baixo), Ivan Teixeira (teclado), Will Bone (sax e violão) e Zeca Loureiro (guitarra).

Serviço: Teatro Bradesco, R. Palestra Itália, nº 500. Terça (25), às 20h30. Ingressos: De R$ 40 a R$ 160.

Musical

A Fraternal Companhia de Arte e Malas-Artes apresenta o espetáculo épico-musical inédito Nosotros. Com direção de Ednaldo Freire, dramaturgia de Alex Moletta, a peça traz no elenco os atores Aiman Hammoud, Mirtes Nogueira, Carlos Mira, Maria Siqueira, Giovana Arruda, Harley Nóbrega e Ian Noppeney. A partir de uma série de entrevistas com imigrantes de diversas nacionalidades, residentes em São Paulo, e de pesquisas sobre o universo mitológico da cultura andina e brasileira, a Fraternal criou a saga do personagem Juanito, um imigrante que sai de seu local de origem em busca de uma vida melhor para si e para sua família. Uma trupe de saltimbancos canta e dança a terra de Nosostros, liderada por Ekeko, Deus andino da prosperidade. Junto com Aracy, uma andarilha indígena brasileira, Ekeko narra a trajetória de Juanito, um imigrante andino em busca da Terra Sem Mal.

Serviço: Parque da Vila Guilherme-Trote, Av. Nadir Dias de Figueiredo, Vila Maria, tel. 2905-0165. Sábados e domingos às 15h. Entrada franca. 30/04.