Como dois palhaços

Jackie Obrigon e Guto Togniazzolo.

A peça infantil “Gagá” conta a a história de Lelé e Tantã, que vivem aparentemente felizes num espaço sem portas nem janelas, esperando o seu cuidador

Enquanto esperam, passam o tempo divertindo-se com jogos e lembranças, como dois palhaços. Em certo momento recebem a visita de Gagá, o cuidador que desce do céu. A peça dirigida por Marcelo Romagnoli pretende mostrar camadas sensíveis a dois universos: a velhice e a infância. Com fortes inspirações no Teatro do Absurdo, Gagá trata de temas pouco usais para o teatro infantil, questionando o mundo contemporâneo, mas sem perder a ludicidade.

Serviço: Sesc Pinheiros, R. Paes Leme, 195, Pinheiros, tel. 3095-9400. De segunda a domingo das 15h às 17h. Ingresso: R$ 17. Até 30/04.

REFLEXÃO

DIFERENÇA: "Crês que há um só Deus: fazes bem. Também os demônios o crêem, e estremecem".- (TIAGO, 2:19). A advertência do apóstolo é de essencial importância no aviso espiritual. Esperar benefícios do Céu é atitude comum a todos. Adorar o Senhor pode ser trabalho de justos e injustos. Admitir a existência do Governo Divino é traço dominante de todas as criaturas. Aceitar o Supremo Poder é próprio de bons e maus. Tiago foi divinamente inspirado neste versículo, porque suas palavras definem a diferença entre crer em Deus e fazer-Lhe a Sublime Vontade. A inteligência é atributo de todos. A cognição procede da experiência. O ser vivo evolve sempre e quem evolve aprende e conhece. A diferenciação entre o gênio do mal e o gênio do bem permanece na direção do conhecimento. O demônio, como símbolo de maldade, executa os próprios desejos, muita vez desvairados e escuros. O anjo identifica-se com os desígnios do Eterno e cumpre-os onde se encontra. Recorda, pois, que não basta a escola religiosa a que te filias para que o problema da felicidade pessoal alcance a solução desejada. Adorar o Senhor, esperar e crer nEle são atitudes características de toda a gente. O único sinal que te revelará a condição mais nobre estará impresso na ação que desenvolveres na vida, a fim de executar-lhe os desígnios, porque, em verdade, não adianta muito ao aperfeiçoamento o ato de acreditar no bem que virá do Senhor e sim a diligência em praticar o bem, hoje, aqui e agora, em seu nome. (De "Fonte Viva", de Francisco Cândido Xavier, pelo espírito Emmanuel).

Solteirão

solteirao temporario

O espetáculo “Na Medida do Possível”, estreia no proximo dia 2 e tem no primeiro esquete “Coisinhas Pequenas”, Adamastor é um homem separado que diz não sentir saudades da mulher, mas só do que ela fazia. Em “Virou Estrela”, o personagem, numa tocante interpretação, é um viúvo de uma mulher vinte anos mais velha. O quarentão que nunca se casou protagoniza “O Julgamento Final”, mostrando situações hilárias de um solteirão convicto. O último esquete do espetáculo, “O Dia Seguinte”, em que Adamastor descobre que está completamente apaixonado pela sua esposa. Com Eduardo Martini.

Serviço: Teatro Augusta, R. Augusta, 943, Cerqueira César, tel. 3151-4141. Domingos às 20h. Ingresso: R$ 60. Até 30/04.

Visão da guerra

Comemorando os 100 anos do livro de poemas, 1917- Há uma gota de sangue em cada poema, do escritor Mario de Andrade, a Confraria de Elephantes estreia no dia 02/04 uma adaptação da obra para os palcos. O autor iniciou o seu caminho na poesia com o livro de poemas que possui versos que denunciam um forte ativismo político sendo considerado como um manifesto pacifista com grandes críticas aos horrores da Primeira Guerra Mundial. O espetáculo, por sua vez, constrói uma trama ágil, repleta de mistérios e revelações sobre a visão do homem perante o drama da primeira guerra mundial. Sem começo, meio ou fim, a narrativa da peça possibilita o encontro de Maria (mãe de Jesus) com Mephisto (filho de Lúcifer), buscando refletir a duvidosa sabedoria da verdade versus o pai universal do embuste. Com Marjorie Gerardi e Lucas Scalco.

Serviço: Casa Mário de Andrade, R. Lopes Chaves 158, Barra Funda, tel. 3666-5803. Domingos às 20h. Ingresso: R$ 40. Até 28/04.


Stand-up Comedy

Divulgação

Uma reunião de diversas histórias verdadeiras, oriundas da vivência do artista, contadas, porém com verve humorística e gestual impagáveis. Neste espetáculo, Sérgio Mallandro apresenta novas histórias, desde sua convivência com o padrasto general na adolescência, passando por momentos engraçados com a ex-esposa Mary Mallandro e com seu filho Sérgio Tadeu. Não deixando de lado fatos divertidos acumulados em quase quatro décadas no meio artístico. Histórias envolvendo Xuxa, Marlene Mattos, Wagner Monte, Maradona, Jorge Ben Jor, Silvio Santos, Padre Marcelo Rossi, Mr Catra entre outros.

Serviço: , Av. Francisco Matarazzo, 694, Água Branca, tel. 2027-0777. Quinta (30) às 21h. Ingressos: De R$ 70 a R$ 100.

Comédia

A tragicomédia Iracema via Iracema conta a história de uma mulher semianalfabeta de origem rural que, em um determinado momento de sua vida, escolhe viver para sempre dentro de ônibus urbano que se desloca pelas ruas da cidade.

Serviço: SP Escola de Teatro, Praça Roosevelt, 210, Consolação, tel. 3775-8600. Quintas, sextas e sábados às 21h. Entrada franca. Até 29/04.