Palavra de honra

André Mattos e Leonardo Miggiorin.

O espetáculo “O Empréstimo” traz situações hilárias que beiram o absurdo

Tudo acontece na sala do gerente de um banco, quando atende um homem desesperado em obter um empréstimo absolutamente necessário para seguir com a sua vida. O possível cliente não tem garantias nem propriedades. Oferece apenas a sua palavra de honra para o banco, o que coloca o gerente em uma situação delicada. O resultado deste conflito é um dinâmico e engraçado diálogo, que leva as personagens a um caminho inesperado, contagiando o espectador do início ao final do espetáculo. O homem desconhecido usará todas suas possíveis cartadas para conseguir o empréstimo, cujas intenções nada ortodoxas levam o gerente ao desespero. Com André Mattos e Leonardo Miggiorin.

Serviço: Teatro Folha (Shopping Pátio Higienópolis), Av. Higienópolis, 618, Higienópolis, tel. 3823-2323. Sextas às 21h30, sábados às 20h e 22h e aos domingos às 20h. Ingresso: R$ 40. Até 28/05.

REFLEXÃO

EXPERIMENTE SORRIR

Se você já gritou, já chorou, já reclamou, já ficou bravo e nada resolveu, experimente sorrir. Isto lhe garantirá menor sofrimento e melhor saúde física e mental.
Sorria com misericórdia. Sorria para não sintonizar com a situação desagradável. Um sorriso sincero acende uma luz na expressão de nossos rostos, convida o companheiro à aproximação, abre portas à reconciliação e ao entendimento.
Aprendamos com o Pai, que nunca se exaspera.
Ao sorrir para a dor, ela se intimidará.
Ao sorrir para a contrariedade, ela se amenizará.
Ao sorrir para a ofensa, ela perderá sua razão.
Segundo a Lei de Causa e Efeito, ao sorrir para a vida, a vida nos sorrirá.

(De "Palavras simples, verdades profundas", de Rita Foelker)

Discotheque

A atriz e cantora Gottsha.

A atriz e cantora Gottsha resgata a influência dos anos 1970 no show Discotheque. O show conta com a participação especial da cantora Lady Zu, ícone da era disco no Brasil, que canta o sucesso A Noite Vai Chegar (Paulinho Camargo). No show, Gottsha interpreta algumas de suas canções favoritas, como Last Dance (P. Jabara, sucesso de Donna Summer), Dancing Queen (do ABBA), Disco Inferno (The Trammps), Zodiacs (G. Moroder/P. Bellote), I Love The Nightlife (Susan Hutchenson), I Will Survive (D. Fekaris/F. Perren), Never Can Say Goodbye (C. Davis), entre outros hits que atravessaram gerações. Ao lado de Lady Zu, divide a canção Hora de União (Totó Mugabe). Diva dos musicais no Brasil, Gottsha estará acompanhada por Rafael Maia (bacteria), Rodrigo Ferreira (baixo), Thiago Trajano (guitarra) e Heberth Souza (teclado).

Serviço: Teatro Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, tel. 3226-7300. Terça (7) às 21h. Ingressos: Plateia, R$ 100, frisas R$ 70 e balcão R$ 50.

Sobrevivente

Divulgação

A peça “Ribanceira” estreia dia 10 e apresenta as lembranças do personagem Zé, sobrevivente de uma catástrofe na qual perdeu mulher e filhos, mas, que tenta refazer a sua vida resgatando o antigo sonho de ser escritor. Zé é humano, tem preconceitos, comete erros e chega a ser cruel. Atribui a Deus as responsabilidades pelo que acontece aos seres humanos, se vê em uma situação da qual só sairá se tomar as rédeas da própria vida. Com Antonio Ginco.

Serviço: Teatro de Arena Eugênio Kusnet, R. Dr. Teodoro Baima,94, República, tel. 3256-9463. Sextas e sábados às 21h e aos domingos às 19h. Ingressos: R$ 40 e R$ 20 (meia). Até 02/04.

Realidade virtual

Passado e futuro estão se encontrando no novo espaço que está sendo inaugurado, a sala “Dinos do Brasil”, que foi elaborada com tecnologia de realidade virtual e vai proporcionar aos pequenos e grandes uma experiência imersiva e interativa pelo território brasileiro na era mesozóica, entre 250 milhões e 65 milhões de anos atrás, com auxílio de óculos de realidade virtual. A sala possui 100m² e ficará na seção “Vida” do Museu, oferecendo sete sessões diárias de 40 minutos de duração com capacidade para 25 pessoas. A bordo de uma cápsula do tempo, a atividade levará o público para uma viagem guiada pelas paisagens primitivas do Brasil, de norte a sul, nos períodos Triássico e Cretáceo. Uberabatitan, Abelissauro, Unaissauro e Saturnália são algumas das espécies de dinossauros brasileiros que irão interagir com os visitantes, junto a outros animais pré-históricos, em meio a um passeio por florestas, desertos e áreas vulcânicas que, à época, faziam parte do relevo do território nacional.

Serviço: Catavento Cultural, Praça Cívica Ulisses Guimarães, s/nº, Palácio das Indústrias Brás, Centro, tel. 3315-0051. Sábados e domingos das 10h às 16h. Ingressos: R$ 6 e R$ 3 (meia).