Lançamento

Renata Rosa

Renata Rosa apresenta seu novo show “Encantações”, título que dá nome ao seu terceiro e último disco

Encantações é uma verdadeira usina de rabecas e percussões, drapeados cristalinos de violas de dez cordas, polifonias vocais complexas e fluidas que se erguem em espirais como as chamas de uma fogueira, deixando em primeiro plano a voz sinuosa e telúrica de Renata Rosa. Uma obra que preserva a energia de transe e uma incrível força de comunhão festiva.No palco uma reunião de talentos trilha caminhos sonoros originais. Renata Rosa (voz e rabecas) é acompanhada pelos músicos Hugo Linns (baixo, viola e vocais), Pepê da Silva (viola, violão de sete, bandola e vocais) e Amendoim (percussões e vocais), grandes parceiros da artista há 15 anos.

Serviço: Itaú Cultural, Avenida Paulista, nº 149, Quinta (23) às 20h. Entrada franca.

REFLEXÃO

POEMAS DE PAZ

Comumente a paz é considerada como estesia, repouso, uma quase desolação, amortecimento. No entanto, há muita paz quando, por exemplo, em a Natureza sorri o sol após a tempestade, oferecendo panorama de esperança por toda a parte, onde o vendaval causou dano.
Quando passa o simum que parece vitorioso no deserto; ou quando desaparece o ciclone que vem do mar, soprando vagas, destruindo tudo; ou quando a ventania ululante estraçalha árvores; ou passada a chuva torrencial, quando tudo se aquieta e uma sensação singular e rara penetra tudo - eis a paz! Ouve-se um hino de alegria em todas as coisas vivas, que cantam através de onomatopéias e vozes animais a renovação que a paz propicia.
Tal é a paz da vitória sobre os tormentos.
Assim também no homem. Após as lutas, na batalha das paixões, embora de corpo e alma esfacelados, se o homem puder cantar sobre os escombros que a violência deixou para trás, a canção da própria alegria, sem dúvida, terá conquistado a paz.

(De "Poemas de Paz", de Divaldo Pereira Franco, pelo Espírito Simbá)

Samba

Zelia Duncan

Zélia Duncan apresenta show que agrupa o repertório de Antes do Mundo Acabar, disco de sambas inéditos de cantora, lançado em 2015, e além de sambas diversos, tais como Riachão (Por que você não me convida agora), Paulinho da Viola (Pintou um Bode), Dona Ivone Lara e Delcio Carvalho (Em cada canto uma esperança) e Moacyr Luz.

Serviço:Sesc Pinheiros (Teatro Paulo Autran), R. Paes Leme, 195, tel. 3095-9400. Sexta (24) e sábado (25) às 21h e domingo (26) às 18h. gressos: R$ 60 e R$ 30 (meia).

Estreia

O monólogo “Vic Triunfo” conta a história de Victória, uma mulher que carrega em sua vida o feito de ter vencido a morte três vezes, mas que descobre que sobreviver não significa nada e passa a buscar um novo caminho para entender sua existência. A peça tem estreia marcada para dia 3 de março. Com uma estética inspirada na cultura pop e nos quadrinhos, a peça faz um retrato poético sobre as angústias desta mulher diante do mistério da vida e da busca permanente pelo triunfo. A partir da recriação de um canto de uma sala de estar, a proposta da direção é construir um espaço íntimo, de cumplicidade com o público como se este fosse a melhor amiga de Vic.

Serviço: Viga Espaço Cênico, R. Capote Valente, 1323, Sumaré, tel. 3801-1843. Sextas e sábados às 21h e domingos às 19h. Ingresso: R$ 30. Até 26/03.

Comédia

Marianna Armellini e Cristiane Werson: planos para viajar juntas até a velhice.

Também autora, Cristiane Wersom divide o palco com a atriz Marianna Armellini na comédia “Mulheres Ácidas” dirigida por Cristiane Paoli Quito. Em cena, as histórias de diversas mulheres, em diferentes estágios da vida e épocas distintas, que revelam frustrações, medos, anseios e emoções.

Serviço: Teatro Eva Herz (Conjunto Nacional), Av. Paulista, 2073, tel. 3170-4059. Terças e quartas às 21h. Ingresso: R$ 40. Até 29/03.

Infantil

Os bichos da floresta ouviram dizer que a melhor festa para se divertir é o carnaval, e agora todos querem cair na folia no infantil Carnaval dos Bichos (dia 25). Os grandes amigos Caco, Mona e Lili resolvem então dar uma festa, porém, surge um grande problema: eles não sabem nada sobre o tema. Cheios de brincadeiras e trapalhadas, todos vão se divertir com as confusões do trio durante o preparo da festa. E no dia 26, Olê Lê Leô …O Carnaval Chegou. Vestidas a caráter, as amigas Drica e Malu vão curtir o carnaval da cidade. No meio do caminho, Malu é confundida com uma fada fugitiva do mundo das fadas e duendes. Agora, Drica precisa reunir esforços para salvar sua amiga e aproveitar a festa.

Serviço: Shopping Metrô Boulevard Tatuapé, Rua Gonçalves Crespo, esquina com Rua Tuiuti (integrado à Estação Tatuapé do Metrô), tel. 2225-7000. Sábados e domingos às 15h. Entrada franca.

Pérolas da carnaval

O grupo tradicional de marchinhas e samba, incluindo as pérolas “Ô Abre Alas”, de Chiquinha Gonzaga e “Festa do Interior”, de Moraes Moreira. A Banda Chiquina Bacana é formada por Carla Arnoni (piano/teclado), Edu Malta (baixo), Pepa D'Elia (bateria), Daniel (saxofone), Odésio Jericó (trompete) e Paulo Malheiros (trombone).

Serviço: Sesc Pinheiros (Teatro Paulo Autran), R. Paes Leme, 195, tel. 3095-9400. Domingo (26) às 17h. Entrada franca.