Neura

Divulgação

Regiana Antonini tem como característica escrever peças teatrais sobre o seu tempo. Ela busca na própria vida coisas que vê, escuta, observa, questiona e sente

Esse é o seu material de trabalho: a observação daquilo que está em sua volta. Seus personagens estão todos por aí, andando nas ruas, sentados nos bares ou correndo nos parques. No texto “Neura”, os personagens não apareceram aleatoriamente. Regiana percebeu que ela mesma precisava saber controlar seus desejos e suas neuroses. Entendeu que, por viver numa cidade grande, o seu ritmo de vida estava cada vez mais acelerado. E ao abrir seu foco, observou que a maioria das pessoas também está assim: estressada, solitária, carente, imediatista, violenta, enfim… neurótica mesmo. É só abrir os jornais e constatar através das notícias que a loucura se instala em nossas vidas a cada dia. E é aí, que o teatro entra. Com a função de retratar uma época e suas características. A Neura é uma das fotos mais ampliadas do nosso tempo.

Serviço: Teatro Gazeta , Av. Paulista, 900, Trianon-MASP. Sextas às 21h, sábados às 21h30 e domingos às 20h. Ingressos: sextas e domingos: R$ 70, sábados: R$ 80.

REFLEXÃO

VIDAS SUCESSIVAS: "Não te maravilhes de te haver dito: Necessário vos é nascer de novo." Jesus. (JOÃO, 3:7.)  A palavra de Jesus a Nicodemos foi suficientemente clara. Desviá-la para interpretações descabidas pode ser compreensível no sacerdócio organizado, atento às injunções da luta humana, mas nunca nos espíritos amantes da verdade legítima. A reencarnação é lei universal. Sem ela, a existência terrena representaria turbilhão de desordem e injustiça; à luz de seus esclarecimentos, entendemos todos os fenômenos dolorosos do caminho. O homem ainda não percebeu toda a extensão da misericórdia divina, nos processos de resgate e reajustamento. Entre os homens, o criminoso é enviado a penas cruéis, seja pela condenação à morte ou aos sofrimentos prolongados. A Providência, todavia, corrige, amando.... Não encaminha os réus a prisões infectas e úmidas. Determina somente que os comparsas de dramas nefastos troquem a vestimenta carnal e voltem ao palco da atividade humana, de modo a se redimirem, uns à frente dos outros. Para a Sabedoria Magnânima nem sempre o que errou é um celerado, como nem sempre a vítima é pura e sincera. Deus não vê apenas a maldade que surge à superfície do escândalo; conhece o mecanismo sombrio de todas as circunstâncias que provocaram um crime. O algoz integral como a vítima integral são desconhecidos do homem; o Pai, contudo, identifica as necessidades de seus filhos e reúne-os, periodicamente, pelos laços de sangue ou na rede dos compromissos edificantes, a fim de que aprendam a lei do amor, entre as dificuldades e as dores do destino, com a bênção de temporário esquecimento. (De "Caminho, Verdade e Vida", de Francisco Cândido Xavier, pelo espírito Emmanuel)

Comédia

Diulgação

O show Ary Toledo 5.2 está dividido em quatro etapas: política, sogra, crianças e raças, mas suas piadas deportuguês são as que mais dão resultado. Sobre as piadas com as sogras, Ary Toledo diz que nunca teve problema porque quem já teve sogra um dia, sabe como é. O humor, ele define como o “Açúcar da Vida”, mas lembra que há muito adoçante por aí.

Serviço: Teatro Educa Mais, Av. Eng. Davi Monteiro Lino, 595, Jardim Marcondes, Jacareí, tel. (12) 3955-9500. Sábado(18) às 21h. Ingresso:R$ 60.

Alma humana

A peça “Amazônia, Zona Imaginária” retrata, por meio de imagens, as histórias de uma Amazônia adormecida dentro da alma humana: uma metáfora sobre a imensidão da mente, do corpo e do espírito. Montada em ambiente escuro e visualizada com o uso de lanternas, a mostra serve de cenário para a apresentação, cujas cenas podem ser visualizadas conforme a vontade do espectador: o público escolhe o que vê e cria a sua própria narrativa. Com Lucas Scalco, Jorge Mesquitta, Ana Tardivo, Arthur Alavarse, Alle Denardini, Felipe Brum, Barbara Pereira e Maurício Belfan.

Serviço: Casa Mário de Andrade, R. Lopes Chaves, 546, Barra Funda, tel. 4116-3665. Quintas às 20h. Ingresso: R$ 40. Até 23/03.


Infantil

infantil temproario

Nova era, novos tempos. Surge um curso online de reciclagem para princesas no infantil “As Princesas Piradinhas” e Ariel, Aurora, Bela, Branca de Neve e Cinderela se inscrevem com a esperança de serem reveladas ao mundo novamente através de seus novos talentos. O que elas não sabem, é que o curso será ministrado por Malévola!

Serviço: Teatro Ressurreição, R. dos Jornalistas, 123, Jabaquara. Sábados às 22h. Ingressos: R$ 50 e R$ 25 (meia).

Promessa

O espetáculo “Ancestrais” conta a estória de 3 irmãos de uma família que todo dia 8 de dezembro comemora uma promessa feita há muitos anos pela primeira ancestral desta família. Nesta data, um integrante que possui o dom de ver o futuro abre as portas de sua casa numa grande festa. A questão é que, uns dias antes, problemas surgem, acertos de contas vem à tona, assim como pessoas retornam. Com Díra Moiré, Phablo Costa, Rose D’Agostino e Thalyta Petean.

Serviço: Espaço dos Satyros Um, Praça Franklin Roosevelt, 214, Centro, tel. 3258-6345. Quintas às 21h. Ingresso: R$ 40. Até 30/3.