Lançamento

Bruna Caram

A cantora Bruna Caram lança o CD Multialma, dia 21. Em seu quarto disco da carreira, Bruna Caram aposta na brasilidade com o CD Multialma

No setlist diversificado, parcerias com Zeca Baleiro, Chico César, Paulo Novaes, Pedro Luís, Otávio Toledo, Roberta Sá e Duda Brack. Entre as canções, a autoral Vou Pra Rua, hino de empoderamento às mulheres, assim como todo o conceito do disco e a canção de trabalho Par, de sua autoria em parceria com Chico César. Bruna também aposta em canções que exploram diversos gêneros, como o sertanejo de Chitãozinho e Xororó, em Evidências; Não Aprendi Dizer Adeus, de Leandro e Leonardo e o rock de Los Hermanos, em Último Romance, além de tocar faixas dos discos anteriores como Alquimia. Bruna Caram será acompanhada por Bernardo Goys (baixo), Norberto Vinhas (guitarras), Ramon Montagner (bateria) e Ivan Teixeira (acordeon e piano), que assina a direção musical do show.

Serviço: Teatro Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos,tel. 3226-7300. terça (21) às 21h. Ingressos: R$ 80 e R$ 60.

REFLEXÃO

LEGENDA ESPÍRITA
ESE - Cap. XV - Item 10
O cultivador é conduzido ao pântano para convertê-lo em terra fértil. O técnico é convidado ao motor em desajuste para sanar-lhe os defeitos.
O médico é solicitado ao enfermo para a bênção da cura.
O professor é trazido ao analfabeto para auxiliá-lo na escola.
Entretanto, sem as feridas da terra, nem os desequilíbrios da máquina, nem as chagas do corpo e nem as sombras da inteligência se desfazem à custa de conversas amargas e, sim, ao preço de trabalho e devotamento.
O espírita cristão é chamado aos problemas do mundo, a fim de ajudar-lhes a solução; contudo, para atender em semelhante mister, há que silenciar discórdia e censura e alongar entendimento e serviço.
É por essa razão que, interpretando o conceito "salvar" por "livrar da ruína" ou "preservar do perigo", colocou Allan Kardec, no luminoso portal da Doutrina Espírita, a sua legenda inesquecível:
- "Fora da caridade não há salvação."
Bezerra de Menezes - Médium: Chico Xavier - (De "O Espírito da Verdade", de Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira - Autores Diversos).

Primeiro álbum

primeiro temporario

Cantilenas Brasileiras, primeiro álbum do cantor, pianista e compositor Breno Ruiz, será lançado no dia 5 de fevereiro. O repertório inclui choros, modinhas e lundus, além de canções gravadas por grandes nomes da MPB como Milagres, recentemente gravada pelo MPB4 e Renato Braz, e a música Calundu gravada pelo cantor com o quarteto Maogani. O disco Cantilenas Brasileiras reúne 12 canções de Breno Ruiz em parceria com um dos mais importantes letristas do país, Paulo Cesar Pinheiro, e conta com a presença dos músicos Neymar Dias (contrabaixo acústico e viola caipira), Igor Pimenta (contrabaixo acústico), Pedro Alterio (violões), Gabriel Alterio (bateria e percussões), além das participações especiais de Renato Braz e Mônica Salmaso.

Serviço: Auditório Ibirapuera, Av. Pedro Alvares Cabral, s/n, Parque Ibirapuera. Domingo (5) 19h. Ingressos: 20 e 10 (meia).

Trandições

Obra da exposição “As Cores do Sagrado”.

Vai até 28 de feveireiro a exposição “As Cores do Sagrado”, do artista Carybé. Além das obras em si, a exposição conta com um diferencial: sua curadoria está a cargo da filha do artista, Solange Bernabó. No total, são 50 obras do artista que tem como principal fonte de inspiração as tradições do candomblé. A seleção buscou privilegiar a sintonia entre técnica e fases do artista.As imagens presentes na exposição foram produzidas ao longo de 30 anos de pesquisas, entre 1950 e 1980, e são registros de vivências pessoais do artista nos terreiros de candomblé que frequentava.

Serviço: Caixa Cultural São Paulo, Praça da Sé, 111, Centro, tel. 3321-4400. De terça a domingo das 9h às 19h. Entrada franca. Até 28/02.


Mais Lidas