Comédia

Vera Fischer e Edson Fieschi.

Com Vera Fischer e Edson Fieschi. A peça “Ela é o Cara”, conta a história de Gilberto Fonseca, um terapeuta de competência e caráter duvidosos

Após um incidente com um paciente famoso, ele se vê obrigado a administrar a repercussão negativa do caso, o assédio da imprensa e a fúria dos fãs do seu paciente, que o culpam pelo ocorrido e estão ávidos por vingança. Sem saída e com a sua carreira fadada ao fracasso, Gilberto cogita vender sua alma ao Diabo. Neste exato momento, surge em seu consultório Vera Fischer, que insiste em ser atendida. Sofrendo um transtorno de personalidade, a famosa atriz insiste em dizer que não é Vera Fischer. Diante da gravidade do quadro, Gilberto aceita atendê-la em troca de publicidade, na esperança de retomar sua carreira. Gilberto passa a viver um novo conflito: quem será a solução para os seus problemas? O Diabo ou Vera Fischer?

Serviço: Teatro Folha, Av. Higienópolis, 618, Higienópolis, tel. 3823-2323. Sextas às 21h30, sábados às 20h e 22h e aos domingos às 20h. Ingressos: R$ 50 a R$ 60. Até 26/02.

REFLEXÃO

É PRECISO PARAR
Há momentos em que a tempestade é forte, tudo parece ruir.
A quem recorrer, onde se agarrar se tudo parece estar desmoronando conosco?
Esse é o sinal vermelho de parada.
Algo não vai bem em nossa vida,e nós nem nos demos conta disso. Só percebemos agora, que a crise chega com força total.
Mas ainda bem que aconteceu a tempestade!
É preciso parar, encontrar um porto, lançar âncoras.
E lembrar que vida não é só trabalho, é também lazer, diálogo, reflexão, oração...
Façamos uma pausa para olhar o céu, sentir a brisa do mar; andar por um parque, brincar com as crianças, conversar com os vizinhos, entrar em uma
igreja...
Sobretudo, neste momento, busquemos a Deus.
Ele está esperando por isso, Ele quer encontrar-se conosco.
Ele pode ter batido tantas vezes em nossa porta!
Finalmente, nós o escutamos.
Isso foi maravilhoso, está despertando em nós uma vida nova.

(De "Como lidar com a depressão", de Carmem Seib).

Recém-nascidos

Obra da exposição Newborns.

A exposição fotográfica Newborns reúne imagens de recém-nascidos produzidas pelo estúdio ClickTH Foto e Vídeo. O estúdio é formado apenas por mulheres e voltado ao universo familiar, seja por meio de retratos ou do registro de ocasiões especiais.

Serviço:Atrium Shopping, R. Giovanni Batistta Pirelli, 155, Santo André, tel. 3135- 4500. De segunda a sábado das 10h às 22h e domingos das 14h às 20h. Entrada franca. Até 31/03.

Stand-up

Rindo nas Férias, apresenta elenco variado e, muitas vezes, menos movimentados de produções, além da adesão do público ao formato “Stand up Comedy”. Toda a noite 5 humoristas subirão ao palco, entre eles: Marco Zenni, Rogério Vilela, Fábio Gueré, Victor Camejo, Nando Vianna, Luiz França, André Santi, Hallorino Júnior, Márcio Donatto, Patrick Maia, Thiago Carvalho, Rudy Landucci, Zé Neves, Osmar Campbell, Rodrigo Fernandes, Rodrigo Marques, Dinho Machado, Rodrigo Cáceres e Afonso Padilha.

Serviço: Teatro Gazeta, Av. Paulista, 900, Cerqueira César, tel. 3253-4102. Sábados às 23h30. Ingresso:R$ 60. Até 18/02.

Dança

Cena de “Projeto Rastejar”.

No espetáculo “Projeto Rastejar”, atores e personagens se unem em um ritual de reiniciação em que o momento da descoberta vale mais que o objetivo aparentemente maior, no caso, a peça em si. Busca-se o resgate de uma humanidade que o ser contemporâneo parece perder a cada dia. Propõe-se um metateatro no qual o público será, pouco a pouco, envolvido pelos atores e por suas relações com os personagens que, por sua vez, serão como fragmentos soltos dos próprios atores. Com Dani Corrêa, José Alessandre e Roberto Santos.

Serviço: VIGA Espaço Cênico, R. Capote Valente, 1323, Pinheiros, tel. 3801-1843. Segundas e terças às 21h.Ingresso: R$ 40. Até 28/03.

Noite de sábado

A comédia Manual Prático da Mulher Desesperada mostra o desespero de uma mulher solteira em uma noite de sábado. Alice aguarda o telefonema do namorado. O desespero por sentir-se sozinha enquanto não recebe a ligação a corrói, e para se distrair ela vai a um salão de beleza desabafar com o manicure Celinho e falar de seus problemas, especialmente com relação a homens. Mais tarde, quando percebe que seu companheiro não vai ligar, Alice resolve ir para uma boate, onde conhece Everton, um verdadeiro ogro que a convida para dançar de forma bizarra. De qualquer forma Alice prefere continuar essa noite totalmente esquecível com o homem que dança terrivelmente mal do que dar o braço a torcer e enfrentar sozinha essa noite de sábado. Com Adriana Birolli e Alexandre Contini.

Serviço: Teatro Itália, Av. Ipiranga, 344, República,tel. 3255-1979. Sextas e sábados às 21h30 e aos domingos às 19h. Ingressos: R$ 50 e R$ 60. Até 26/02.


Mais Lidas