ROCKY Monólogo

Cena da comédia “Acorda Pra Cuspir”.

A insanidade dos tempos modernos é o tema da comédia do autor americano Eric Bogosian, “Acorda Pra Cuspir”

Através do protagonista José Silva, o monólogo conta a história de um homem que se vê refém de um sistema social que busca incessantemente o sucesso, o dinheiro e a fama a todo custo. Uma visão satírica dos tempos atuais. Loucura e ambição se jogam no imaginário coletivo rendendo a plateia a sua forma mais entregue de sequestro: o riso Sua visão satírica do mundo que nos cerca e que reflete a insanidade dos tempos em que vivemos, extrapola suas origens geradas no hemisfério norte e, mesmo traduzida por Mauricio Guilherme para o português, ganha dimensões universais de identificação e reconhecimento imediato. Com Marcos Veras.

Onde: Teatro Nair Bello (Shopping Frei Caneca), R. Frei Caneca, 569, Cerqueira César. Sextas às 21h30, sábados às 21h e aos domingos às 18h. Ingressos: Sextas e domingos, R$ 70 e sábados R$ 80. Até 19/03.

REFLEXÃO

RICOS DE AVAREZA

Uns tentavam-no para o experimentar; outros para vê-lo cair na antipatia farisaica ou romana ...
Entre esses multiplicavam-se os infelizes de todo porte, necessitados de pão e de amor, de saúde e de esperança.
Jesus distinguia-os pela irradiação de que se faziam condutores.
Suas almas, suas vidas.
O que pensavam, revelava mais do que diziam.
O íntimo real era o que importava.
E por isso, muitas vezes atendia não à solicitação que Lhe chegava, mas ao que era mais importante e Lhe não era pedido.

(De "Há flores no caminho", de Divaldo P. Franco, pelo espírito Amélia Rodrigues).

Infantil

Cantora Fortuna.

O espetáculo “Tic Tic Tati”, com a cantora Fortuna reforça a proposta de unir música e literatura de qualidade, alguns poemas de Tatiana Belinky viraram músicas de Hélio Ziskind, que no show são interpretadas por Fortuna, acompanhada por cantores-bailarinos, quatro músicos, além do Coro Cênico composto por senhoras do Projeto da Terceira Idade do Sesc Consolação. No palco, Fortuna tem a companhia Denise Yamaoka, Luana Bichiqui, Fernando Alberti, Matheus Severo e Judah Raposo, que interpretam diversos personagens. O repertório do CD Tic Tic Tati possui 14 canções, sendo dez composições de Hélio Ziskind sobre textos de Tatiana Belinky, duas composições de Ziskind em parceria com Tarsila e duas dividindo autoria com Fortuna e Gabriel Levy.

Serviço: Teatro Vivo, Av. Dr. Chucri Zaidan, nº 2460, Morumbi, tel. 3279-1520. Domingos (5,12,19 e 26/02) às 15h. Ingressos: R$ 50 e R$ 25 (meia) e R$ 30 e R$ 15 (meia).

Drama

Na peça “A Oração”, o descobrimento da bíblia para as personagens de Arrabal fazem com que trilhem caminhos sinuosos onde a salvação de todos os pecados é também o maior obstáculo. Em contrapartida ao livro sagrado, suas questões esbarram no recente passado e no miserável presente. O livro é a esperança para obterem uma vida e destino com mais dignidade, pois percebem que nada do que viveram foi digno perante as leis cristãs. Com Giovanna Marcomini e Nathalia Nigro.

Serviço: Oficina Cultural Oswald de Andrade, R. Três Rios, 363, tel. 3222-2662. Segundas e terças às 20h. Entrada franca. Até 14/02.

Últimos dias

Cena de “Ovono”.

O espetáculo “Ovono” encerra sua temporada no dia 30 de janeiro. A montagem tem texto e direção assinados pelo artista multimídia Ricardo Karman, reconhecido por montagens ousadas e inusitadas, fundador da Kompanhia Centro da Terra. A peça é uma aventura de ficção científica, satírica e filosófica, na qual um gigantesco osso vindo do espaço está prestes a destruir a Terra. A única esperança do planeta é Ovono, o mais perfeito cérebro artificial já criado, mas esta “máquina” está aprendendo a pensar e pode não estar preparada para a difícil missão de destruir o objeto ameaçador e salvar a humanidade. Com Gustavo Vaz, Paula Arruda, Paula Spinelli, Fábio Herford, Bruno Ribeiro e César Brasil.

Serviço: Centro Cultural Banco do Brasil, R. Álvares Penteado, 112, Centro, tel. 3113-3651. Sábado e segundas às 20h e domingos às 19h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia).

Reestreia

O clássico “O Que Terá Acontecido a Baby Jane?” com Eva Wilma e Nicette Bruno faz nova temporada a partir de 15 de fevereiro. Eva e Nicette interpretam as irmãs Jane e Blanche Hudson, lendárias personagens vividas por Bette Davis e Joan Crawford no cinema. Após ser uma estrela mirim do teatro de vaudeville, Jane Hudson (Eva Wilma) precisou lidar com a decadência de seu prestígio e o posterior sucesso de sua irmã, Blanche (Nicette Bruno), que se transformou em uma estrela do cinema hollywoodiano. Após um trágico e misterioso acidente que encerrou definitivamente a carreira de ambas, elas se encontram confinadas, e abandonadas, em uma mansão, onde dividem um cotidiano recheado de mágoas e ressentimentos.

Serviço: Teatro Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, tel. 3226-7300. Quartas e quintas às 21h. Quartas e quintas às 21h. Ingressos: R$ 60 e R$ 40. Até 30/03.