ROCKY Feitiçaria

Cena de “O Rei e a Coroa Enfeitiçada”.

A história do infantil “O Rei e a Coroa Enfeitiçada” segue a vida do reino de Felizlândia, onde o Rei e sua esposa estão felizes pelo casamento da filha, a princesa Irene, com o jovem Augusto

No entanto, o Duque, irmão do Rei, tem um plano para tomar o trono e cuidar do reino como bem entende, gastando o dinheiro do seu povo em benefício próprio. Para isso, ele presenteia o pai de Irene com uma coroa enfeitiçada, que o faz mudar de personalidade, agir quase como um tirano, e perder o posto de Rei, dando ao Duque exatamente o que ele queria. Resta então, à Pulga, Augusto e Irene conseguirem reverter o plano do irmão malvado e restaurar a paz no reino. Com Fafá Rennó; Ivan Capua; Henrique Carsalade; Alexandre Cioletti; Luisa Rosa; Gustavo Haddad; Nalin Jr e Pedro Bacellar.

Serviço: Teatro Fernando Torres, R. Padre Estevão Pernet, 588, Tatuapé, tel. 2227-1025. Sábados e domingos às 16h. Ingresso: R$ 40. Até 19/03.

REFLEXÃO

SUBLIME ASCENSÃO

Ei-lo que passa, a sós, vergado à cruz,
Qual se fora entre os homens um proscrito,
No peito, o coração batendo aflito,
Sem descanso na senda que o conduz.

No rastro de seus passos, brilha a luz
Que reflete as estrelas do Infinito,
Entre as sombras do mundo em que, contrito,
Vai seguindo nos passos de Jesus...

Olhos postos na Altura, ei-lo que avança,
Subindo o monte excelso da esperança,
Alheio à indiferença dos incréus...

Peregrino do Amor e da Verdade,
Traça um roteiro para a Humanidade,
Em sublime ascensão da Terra aos Céus!...
CRUZ E SOUSA

(De "Irmãos do Caminho", de Carlos A. Baccelli - Espíritos Diversos

Musical

Cena do musical “Coração de Herói”.

“Coração de Herói”, que reestreia dia 28 busca uma maneira de envolver crianças e adultos surdos e ouvintes no tema inclusão fazendo uso de poesia e arte. Com direção e dramaturgia de Liliane Zimermann, a montagem mostra dois irmãos dando asas à imaginação por meio de brincadeiras. Canções e texto são interpretados em Libras (Língua Brasileira de Sinais) pelos próprios atores, de forma simultânea, garantindo a inclusão genuína. O espetáculo se passa no quarto de um menino, que vira cenário de uma grande e bela aventura como acontece no imaginário criativo das crianças. Os brinquedos tomam vida a partir das músicas ao vivo e os bonecos fazem parte de uma história cheia de diversão e valores, enquanto dois irmãos brincam despretensiosamente um com o outro.

Serviço: Teatro Viradalata, R. Apinajés, 1387, Perdizes, tel. 3868-2535. Sábados às 12h. Ingressos: R$ 40 e R$ 20 (meia). Até 18/02.

Criação

O espetáculo Shine cria uma ficcionalidade a partir do conceito de reflexo em suas várias acepções, tanto no sentido do efeito produzido pela irradiação luminosa emitida por um corpo, como daquilo que evidencia algo ou ainda como a capacidade de reagir de forma rápida e eficiente em resposta ao estímulo de um receptor sensorial. São danças de destruição e renovação, oriundas de indagações acerca da trajetória da companhia e do contexto em que está inserida. Sob quais parâmetros se pode continuar criando?.

Serviço: Casa do Povo, R. Três Rios, 252, Bom Retiro, tel. 97954-4345. De quinta a domingo às 20h. Entrada ranca. Até 12/02.

Comédia

Marcela Tavares apresenta o novo show de humor “Danos Morais”.

Ano novo, tudo novo para a humorista, atriz e facebooker Marcela Tavares, que apresenta o novo show “Danos Morais” em 28 de janeiro. Neste novo show, Marcela apresenta textos inéditos, com piadas fortes, que nos faz pensar e rever conceitos de uma maneira extremamente bem humorada (há controvérsias). Os assuntos vão de política, sexo, feminismo, redes sociais até histórias do cotidiano que geram identificação imediata e hilária por parte do público. “Danos Morais” não é um solo de stand-up comum. O espetáculo conta com momentos de grande interação com a plateia. A facebooker usa recursos como projeções interativas, sons, vídeos e internet para criar uma atmosfera de profunda imersão do público no espetáculo. Durante a apresentação os momentos de improviso são um show aparte. Marcela interage com o público transformando-os em parte integrante do espetáculo. Sempre com muito bom humor e descontração.

Serviço: Teatro Ressurreição, R. dos Jornalistas, 123, Jabaquara. Sábado (28) às 20h. Ingressos: R$ 70 e R$ 35 (meia).

Fórmula louca

Pedro e Luíza formam o famoso casal de “opostos que se atraem” na comédia Louca Terapia. Em busca de soluções para o relacionamento começam a fazer terapia. Sem saber que se tratam respectivamente com Jhon e Miguel, esses supostos terapeutas vão descobrir a fórmula mais louca para tratar esses e outros problemas fazendo com que o casal passe pelas situações mais inusitadas. Com, Filipe Bertini, Ivo Ueter, Khamilla Jelezoglo, Thiago Mantovani.

Serviço: Teatro Extra Itaim, R. João Cachoeira, 899, Itaim Bibi, tel. 4328-3842. Sábados às 21h30. Ingresso: R$ 40. Até 18/02.