Estreia

Cena da cómédia “Sexo”

O espetáculo “Sexo” - A Comédia estreia na proxima sexta-feira (13) e aborda de forma leve e divertida um dos mais polêmicos assuntos de todos os tempos

Seu texto é dividido em quatro esquetes, nas quais o trabalho dos atores é valorizado por um figurino básico de smoking e alguns poucos adereços. A peça acontece num pequeno palco de cabaré, com lampadinhas e tapete vermelho, que criam todo clima para a performance. No quadro “Amor Possessivo”, um casal homossexual vive o terrível momento da separação. “Adultério” mostra um típico machão que trai a mulher, mas tenta salvar o casamento. Em “Chantagem”, Vilmar é demitido e tenta reverter a situação por meio de uma comprometedora fotografia do patrão. Por fim, em “Swing”, um casal decide praticar o primeiro swing, mas os participantes convidados podem botar tudo a perder. Com Cia. de Comédia Os Melhores do Mundo (Adriana Nunes, Jovane Nunes, Rodrigo Fernandes, Ricardo Pipo, Victor Leal e Welder Rodrigues).

Serviço: Theatro NET São Paulo (Shopping Vila OlímpiaItaim), R. Olimpíadas, 360, Itaim Bibi, tel. 3448-5061. Sextas às 21h e sábados às 20h30. Ingresso: R$ 100. Atpe 11/02.

REFLEXÃO

SAIBAMOS AGRADECER: Aprendamos a agradecer no círculo das criaturas limitadas que ainda somos, a fim de recebermos o socorro dos Mensageiros Divinos cuja sublimidade ainda não conseguimos compreender. -0- Cada coração que palpita conosco, amparando-nos a jornada é alguém da Vida Superior induzindo-nos à felicidade. A ternura de nossa mãe... A benevolência de nosso pai... O devotamento da esposa... A assistência do companheiro... O carinho do irmão... A devoção do mestre... A generosidade do amigo... A direção do chefe... O concurso do servidor... A paciência do médico... A tolerância do enfermeiro... Não somente essas forças te assistem, cada hora, assegurando-te interesse e estímulo à existência... para estender a caridade sem ruído, como quem sabe que ajudar aos outros é enriquecer a própria existência; para persistir nas boas obras sem reclamações e sem desfalecimentos, em todos os ângulos do caminho; para negar a nossa antiga vaidade e tomar, sobre os próprios ombros, cada dia, a cruz abençoada e redentora de nossos deveres, marchando, com humildade e alegria ao encontro da vida sublime... -0- A indicação honrosa nos felicita. Nossa presença nos estudos do Evangelho expressa o apelo que flui do Céu para as nossas consciências. Chamados para a luz e escolhidos para o trabalho. Eis a nossa posição real nas bênçãos do “hoje”. E se quisermos aceitar a escolha com que fomos distinguidos, estejamos certos igualmente de que, em breve, “amanhã” comungaremos felizes com o nosso Mestre e Senhor. Emmanuel Psicografia em Reunião Pública. Data – 1954. Local – Centro Espírita Luiz Gonzaga, na cidade de Pedro Leopoldo, Minas. (De “Taça de Luz”, de Francisco Cândido Xavier – Espíritos Diversos)

MPB

Cantor Flávio Venturini

O cantor Flávio Venturini apresentará ao público o lançamento do projeto: “Paisagens Sonoras” - álbum com temas instrumentais e novos arranjos para canções que foram eternizadas como “Todo azul do mar”, “Noites com Sol”, “Pierrot”, e versões em inglês para o hit “Nascente” e em italiano para “Céu de Santo Amaro”. Além disso, o show terá participação especial do tenor argentino Martín Fernandez, compositor naturalizado brasileiro desde 1990 e premiado como melhor interprete pelo júri popular no Maracanto (Festival Maranhense de Canto Lírico).

Serviço: Teatro J. Safra, R. Josef Kryss, 318, Barra Funda, tel. 3611-3042. Sexta (20) e sábado (21) às 21h30. Ingresso: De R$ 50 a R$ 150.

Vingança

Cena da comédia “Santo Chá pra Bicha Má”.

Na comédia “Santo Chá pra Bicha Má”, Juju, mordomo de um casal de classe média se revolta contra sua patroa, dona Marilú, após descobrir que a perua, embora se mostre sua confidente, na verdade é uma mulher falsa e dissimulada e para se vingar da falsa amiga fará uso de um misterioso chá com o qual mudará para sempre o destino de toda a família. Com Caco Oliveira, Marta Marinho e Paulo Braghetto.

Serviço: Teatro Bibi Ferreira, Av. Brigadeiro Luis Antônio, 931, Bela Vista, tel. 3105-3129. Sábados, às 23h30. Ingresso: R$ 50. Até 25/02.

Comédia

Quando um casal finalmente pensam que o sonho de viajar para o Caribe vai se concretizar, a esposa recebe a notícia que não poderá viajar porque não tem como ser substituída em seu trabalho. Para completar a falta de sorte do marido, a sua sogra, Dona Zulmira, uma senhora de manias muito esquisitas e que além de tudo é hipocondríaca, passa a morar com eles. O espetáculo “A Sogra que Pedi a Deus” está há 8 anos em cartaz, e já foi visto por quase 700 mil pessoas. Com Renato Papa, Alexandre Freitas e Gal Spitzer.

Serviço: Teatro Ruth Escobar, R. dos Ingleses, 209, Bela Vista, tel. 3289-2358. Sextas, às 21h30. Ingresso: R$ 60. Até 28/4.