ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Caminho para Marte

Ricardo Malerbi

A montagem “Você Não Está Aqui”, um espetáculo inédito que une performance, teatro e ilusionismo convida a plateia a ver a Terra a partir de outra perspectiva e preparar uma missão espacial para Marte

O espetáculo conduz um processo de seleção de tripulantes e materiais que podem ser levados em uma missão para outro planeta, colocando em questão nossos valores. O desejo de conhecer e habitar outros planetas é uma das inspirações que motivou a montagem dos parceiros Pedro Granato e o mágico Ricardo Malerbi. Eles pesquisaram diversas fontes científicas e filosóficas para conceber a peça e se debruçaram sobre estudos de pensadores consagrados como o físico Albert Einstein e o astrônomo Carl Sagan.

Serviço: MIS - Museu da Imagem e do Som de São Paulo, Av. Europa, 158, Jardim Europa, tel. 2117-4777. Sextas às 21h e sábados e domingos às 18h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia). Até 22/11.

REFLEXÃO

ESTEJAMOS EM PAZ.

“Paz seja convosco”. – Jesus. (João, 20:19.)  Rujam tempestades em torno de teu caminho, tranqüiliza o coração e segue em paz na direção do bem. Não carregues no pensamento o peso morto da aflição inútil. Refugia-te na cidadela interior do dever retamente cumprido e entrega à Sabedoria Divina a ansiedade que te procura, à feição de labareda invisível. Se alguém te recusa, aquieta-te e ora em favor dos irmãos desorientados e infelizes. Se alguém te recusa, aquieta-te e ora em favor dos irmãos desorientados e infelizes. Se alguma circunstância te contraria, asserena tua  alma e espera que os acontecimentos te favoreçam. Lembra-te de que és chamado a viver um só dia de cada vez, sempre que o Sol se levante. E por mais amplas se te façam as possibilidades, tomarás uma só refeição e vestirás um só traje de cada vez nas tarefas de cada dia. Embora te atormentes pela claridade diurna, a alvorada não brilhará antes da hora prevista, e embora te interesses pelo fruto de determinada árvore, não chegarás a colhe-lo, antes do justo momento. A pretexto, porém, de garantir a própria serenidade, não te demores na inércia. Mentaliza o bem e prossegue na construção do melhor, como quem sabe que a colheita farta pede terra abençoada pela charrua. Sejam quais forem as tuas dificuldades, lembra-te de que a paz é a segurança da vida. Não nos esqueçamos de que, na hora da Manjedoura, as vozes celestiais, após o louvor aos Céus, expressaram votos de paz à Terra e, depois da ressurreição, voltando, gloriosamente, ao convívio das criaturas, antes de qualquer plano de trabalho disse Jesus aos discípulos espantados: “A paz seja convosco”.  Livro Palavras de Vida Eterna – F.C. Xavier.

Samba-Jazz

Gabriel Bahlis, Zinho, Luiz Mello, Hector Costita e Carlos Alberto Alcântara

A apresentação Samba-Jazz, a Origem representa uma rara oportunidade de ouvir e ver, novamente juntos, os fundadores do gênero que preserva a marca da liberdade como valor artístico. Neste reencontro, Gabriel Bahlis, Zinho, Luiz Mello, Hector Costita e Carlos Alberto Alcântara executam o som que ajudaram a criar em boates e estúdios de gravação, na década de 60. Carlos Alberto Alcântara gravou, em 1963, o referencial Projeção, LP protagonizado pelo baixista Luiz Chaves que no ano seguinte integraria o Zimbo Trio. Três anos depois, Alcântara atuou ao lado de Gabriel Bahlis no grupo Cincopados, precursor do samba-jazz com o Sambossa 5, que tinha entre os componentes o pianista Luiz Mello e o saxofonista Hector Costita. Os quatro eram, nas boates, parceiros de Zinho. O baterista, a seguir, se destacou no Luiz Loy Quinteto que se tornou conhecido ao participar do programa televisivo O Fino da Bossa, apresentado por Elis Regina e Jair Rodrigues. Com Gabriel Bahlis (contrabaixo acústico), Zinho (bateria), Luiz Mello (piano), Hector Costita e Carlos Alberto Alcântara (saxofone).

Serviço: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, tel. 5510-2700. Domingo (01) às 18h30. Entrada franca.

Coral

O Coro Luther King traz ao público da série Cantador, Só Sei Cantar uma das obras mais importantes da literatura coral mundial, o “Réquiem”, de W. A. Mozart. Nesta versão de Carl Czerny para piano a quatro mãos, que será executada por Rosana Civile e Renato Figueiredo, destacam-se as linhas melódicas das vozes solistas e a força interpretativa das vozes do coro. O grupo de 30 cantores do Coro Luther King convida o Coral Paulistano Mário de Andrade, do Theatro Municipal de São Paulo, que soma mais 40 membros, para a apresentação. A regência do concerto é do diretor artístico Martinho Lutero Galati.

Serviço: Auditório Ibirapuera, Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Portão 2, Parque do Ibirapuera, tel. 3629-1075. Sábado (31) às 18h.Entrada franca.

“RHAPSODY IN BLUE”

A Orquestra de Câmara da USP (OCAM) convida o pianista Amilton Godoy para apresentar a renomada “Rhapsody in Blue”, do americano George Gershwin. A Quinta Sinfonia de Beethoven também marca presença na noite.

Serviço: Auditório Ibirapuera, Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Portão 2, Parque do Ibirapuera, tel. 3629-1075. Sexta (30) às 21h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia).

PAGODE

Com 10 anos de história, o grupo de samba de roda Pagode da 27 conseguiu autorização para fechar a rua no evento e, em seguida, oferecer aulas de iniciação musical para as crianças do bairro e arrecadação de alimentos e agasalhos para o Centro de Promoção e Resgate à Cidadania Grajaú, instituição que cuida de crianças na região. O grupo, atualmente, é constituído por 11 músicos e apresenta sambas autorais e releituras.

Serviço: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, tel. 5510-2700. Sexta (30) às 20h. Entrada franca.

MPB

Em seu repertório, Lê Ferreira assimila emoções em músicas consagradas de compositores como Belchior, Caetano Veloso, Milton Nascimento, Gilberto Gil, Djavan, Chico Buarque, Ivan Lins, Nando Reis, Roberto Carlos e Tom Jobim, que ganham nova interpretação na voz do cantor. O artista é acompanhado por três músicos que, também apaixonados por MPB, trazem influências e vivências musicais diversas.

Serviço: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, tel. 5510-2700. Segunda (02) às 18h30. Entrada franca.

Solo

Felipe Scagliusi

O pianista paulista Felipe Scagliusi apresenta, no hall de entrada um recital solo. O programa é centrado no século XVIII e conta com grandes autores do classicismo, como Mozart e Beethoven, além de precursores da mesma vertente musical.

Serviço: Auditório Ibirapuera, Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Portão 2, Parque do Ibirapuera, tel. 3629-1075. Sexta (06) às 21h.Entrada franca.

 

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171