Contato: (11) 3043-4171

“A Volta para Casa”

Elenco da peça “A Volta para Casa”.

A peça “A Volta para Casa” que é em um ato consegue em tom casual tratar de importantes temas que dizem respeito à condição humana: o sentido da vida e da morte, o valor das coisas e das pessoas, a fragmentação dos territórios e do conceito de pátria, a tensão entre indivíduo e sociedade. O texto de Visniec surpreende pela riqueza de imagens criadas e a revelação do cotidiano insólito que insistimos em ignorar. Num cenário de guerra, um jovem soldado aprende a observar seus inimigos que vivem do outro lado da rua, uma mulher tenta cruzar a fronteira para retornar a seu país de origem e um General percorre o campo de batalha, convocando os soldados para o desfile do Dia do Grande Perdão. Fazem parte deste grupo os desaparecidos, os desmemoriados e outros tantos. Visniec denuncia as feridas de guerra e a condição alienada e fragmentada do homem contemporâneo. Com Alexandre Zá, Amazyles de Almeida, Eduardo Bodstein, Gilda Vandenbrande, Ivan Izzo, João Carlos Mattos, João Ribeiro, Ligia Daniel, Luis de La Plata, Majeca Angelucci, Marcelo Gomes, Marieli Goergen, Milena Castro, Paulo Gabriel, Rita teles, Rodrigo de Castro e Victoria Moliterno.

Serviço: TOP Teatro, R. Rui Barbosa, 201, Bela Vista, tel. 2309-4102. Sextas às 21h. Ingresso: R$40. Até 30/10.

REFLEXÃO

DEUS SABE:

Há momentos muitos difíceis, que parecem insuperáveis, enriquecidos de problemas e dores que se prolongam, intermináveis, ignorados pelos mais próximos afetos, mas que Deus sabe. Muitas vezes te sentirás à borda de precipícios profundos, em desespero, e por todos abandonado. No entanto, não te encontrarás a sós, porque, no teu suplício, Deus sabe o que te acontece. Injustiçado e sob o estigma de calúnias destruidoras, quando, experimentando incomum angústia, estás a ponto de desertar da luta, confia mais um pouco, e espera, porque Deus sabe a razão do que te ocorre. Vitimado por cruel surpresa do destino, que te impossibilita levar adiante os planos bem formulados, não te rebeles, entregando-te à desesperação, porque Deus sabe que assim é melhor para ti. Crucificado nas trevas ocultas de enfermidade pertinaz, cuja causa ninguém detecta, a fim de minimizar-lhe as consequências, ora e aguarda ainda um pouco, porque Deus sabe que ela vem para tua felicidade. Deus sabe tudo! Basta que te deixes conduzir por Ele, e, sintonizando com a sua misericórdia e sabedoria, busca realizar o melhor, assinalando o teu caminho com as pegadas de luz, características de quem se entregou a Deus e em Deus progride. (De “Filho de Deus”, de Divaldo P. Franco, pelo Espírito Joanna de Ângelis).

Show: João Parahyba

show temporario


O percussionista, arranjador e compositor João Parahyba, que foi líder do Trio Mocotó nos anos 70, umas das bandas de maior sucesso mundial de samba-jazz, apresenta repertório baseado no CD O Samba no Balanço do Jazz, lançado pelo Selo Sesc em 2011, incluindo músicas que não entraram no álbum. O show João Parahyba Sexteto também conta com composições próprias, além de outras executadas em homenagem às décadas de 50 e 60, que culminaram no surgimento do samba-jazz. Com João Parahyba (bateria), Giba Pinto (baixo), Rudy Arnault (guitarra), Janja Gomes (percussão), Beto Bertrame (piano), Ubaldo Versolato (sopros) e Thyago Braulio (produção).

Serviço: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, tel. 5510-2700. Domingo (25) às 18h30. Entrada franca.

Jorginho Neto Quinteto e KL Jay

Jorginho Neto Samba Jazz é um trabalho que reverencia o estilo que fez história no Brasil entre os anos 1950 e 1960, que tem o baterista Edson Machado e o pianista Sérgio Mendes como alguns de seus representantes. Com, Jorginho Neto (trombone), Bruno Tessele (bateria), Bruno Migotto (baixo), Edson Santana (piano), Sidmar Vieira (trompete) e Jeferson Rodrigues (sax tenor). Participação especial de KL Jay, DJ do grupo de rap Racionais MC’s.


Serviço: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, tel. 5510-2700. Quinta (15) às 20h30. Entrada franca.

Família Trindade

Raquel Trindade

O encontro Família Trindade, Um Legado de Cultura, integra a programação do projeto Em Canto e Prosa, que traz ao público trabalho de artistas em que a narrativa dos textos é atravessada por canções afinadas com a temática do autor em questão. Na apresentação, três gerações da família Trindade, Raquel, mãe de Vitor e avó de Zinho Trindade, comandam o encontro pautado na literatura e na apresentação musical, acompanhado por um bate-papo com a plateia. Juntos no palco, eles contam histórias sobre a vida de Solano Trindade (grande poeta negro, folclorista, pintor, ator, teatrólogo e cineasta) e mostram que seu legado continua vivo na família e nas práticas culturais e artísticas que vivenciam. Com Raquel Trindade (griô, guardiã do conhecimento), Vitor Trindade (percussionista) e Zinho Trindade (músico e poeta).

Serviço: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, Campo Limpo, tel. 5510-2700. Sexta (09) às 19h30 e terça (22) às 19h30. Entrada franca.

Estreia “Arrufos”

Na primeira edição, o Grupo XIX de Teatro apresenta o espetáculo Arrufos. Terceira peça a ser montada pelo grupo, que hoje mantem um repertório de 6 espetáculos (Hysteria, Hygiene, Arrufos, Marcha para Zenturo, Estrada do Sul e Nada Aconteceu, Tudo Acontece, Tudo está acontecendo), Arrufos, de 2007, é resultado de pesquisa em torno da história do amor privado no Brasil, o amor burguês, socialmente aceito, e seus desdobramentos até os dias atuais. No século 18, um pai agoniza no leito de morte rodeado pela esposa, a filha, a amante, um empregado e um padre. No 19, três meninos se encontram em um cemitério para declamar poesias. Paralelamente, três meninas conversam depois de voltarem de um baile de gala. Um romance se instaura entre uma das meninas e um dos garotos, um amor inviável pela diferença social entre os dois. Já no século 20, seis personagens confidenciam à plateia suas diferentes experiências amorosas.

Sesc Belenzinho, R. Padre Adelino, 1000, Belenzinho, tel. 2076-9700. Quintas (15 e 22), sextas (16 e 23) e sábados (17 e 24) às 21h30 e domingos (18 e 25) às 19h. Ingressos: R$ 20 e R$10 (meia).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171