ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

“Versão Brasileira”

O Show “Versão Brasileira”, criado pelo cantor, compositor e pianista Claudio Goldman, é um espetáculo emocionante e divertido que utiliza de maneira criativa o vasto manancial da música erudita, aproximando-a da música popular brasileira

Foto: Paulo Bareta

vesao temproario

Serão 5 apresentações, de agosto a dezembro, em espaços culturais da Prefeitura de São Paulo. O pianista irá se apresentar com uma banda de 5 músicos com piano, contrabaixo acústico, percussões, clarinete, acordeão e sopros. O músico aproveitou toda a sua experiência na música erudita e popular para realizar este trabalho, mostrando que a música não tem mistério e tornando-a acessível ao grande público. A famosa canção “Pour Elise”, de Beethoven, transformou-se num irresistível Chorinho brasileiro;A linda “Gymnopedie”, de Erik Satie, recebeu letra em português composta pelo cantor/compositor: palavras delicadas para uma melodia tocante; “La Ci Darem La Mano”, da ópera “Don Giovanni”, de Mozart, renasce vigorosa e engraçada num Xote Nordestino. O “Barbeiro de Sevilha” (“Largo al Factotum”) de Gioachino Rossini, e “Summertime” (da ópera “Porgy and Bess”), de George Gershwin, também marcam presença em versões inspiradas, além de “Insensatez”, de Tom Jobim, baseada no prelúdio nº 4 de Frederic Chopin. Com Cláudio Goldman, piano e voz, Frank Herzberg, contrabaixo acústico, Décio Gioielli, percussões, Gabriel Goldman, clarinete, Álvaro Couto, acordeão e Mário Aphonso, sopros.

Serviços: Casa de Cultura Butantã, R. Junta Mizumoto 13, Jardim Peri Peri, tel. 3742-6218. Domingo (05) às 15h. Casa de Cultura Santo Amaro, Praça Dr. Francisco Ferreira Lopes, 434, Santo Amaro, tel. 5522-8897. Sábado (01/09) às 16h. Casa de Cultura Guaianases, R. Castelo de Leça, s/nº, Jardim Soares. Sábado (13/10) às 15h. Casa de Cultura São Miguel, R. Irineu Bonardi, 169, Vila Pedroso, tel. 2297-9177. Domingo (21/10) às19h.Casa de Cultura Tremembé, R. Maria Amália Lopes Azevedo, 190. Sábado (01/12) às 19h. Entrada franca.

REFLEXÃO

Coração
Neste dia de sua vida, querido(a) amigo(a), acredito que Deus quer que você saiba...... QUE O QUE O CORAÇÃO SENTE QUE É IMPORTANTE, É IMPORTANTE!...As percepções da alma estão sempre certas. A mente é a última parte sua para se ouvir.
Ela pensa em tudo que você pode perder. O coração pensa em tudo que você pode dar. E a alma pensa em tudo que você é.
Eu deixarei você decidir qual dessas três é mais importante.
Amor, Seu Amigo,
Neale Donald Walsch

circo e sonhos

Foto: Marcelo Guedes

circo temproario

Senhoras e senhores, preparem-se para uma grande viagem ao divertido universo de magia e fantasia do Circo dos Sonhos com o espetáculo “Alakazan - A Fábrica Mágica”. O espetáculo conta com performances de grande impacto e números circenses de báscula, contorção, rola, malabares, monociclo, equilíbrio no arame, tecido aéreo, faixa e muita palhaçada. “Alakazan - A Fábrica Mágica” traz à cena o duelo entre os personagens Alan e Kazani, que disputam a atenção da pequena Ly, a já conhecida menininha do Circo dos Sonhos. Ly é uma criança curiosa, que toca e fotografa tudo ao seu redor. Em uma visita à Biblioteca, ela é surpreendida por Alan, que surge como num passe de mágica e lhe entrega um livro especial, retirando o tablet de suas mãos. Encantada pelo livro, ela pede que ele leia a história, mas quando ele inicia, é interrompido por um som de sinos. Quando os dois procuram de onde vem tal som, surge Kazani, que transporta todos para a Fábrica Mágica, um universo fantástico onde tudo é possível. A cada badalar do sino e movimento das engrenagens, Ly é transportada para outro universo com novas atrações, sempre acompanhada pelo seu amigo Alan. Kazani não gosta da interação entre Alan e Ly e compete por sua atenção. Essa disputa irá seguir e se fortalecer até o último ato, onde ocorre o confronto final, quando Ly conseguirá transmitir aos dois o poder da amizade e união, mostrando que é possível compartilharem suas habilidades, assim como os livros e os tablets, que compartilham seus conhecimentos com seus leitores.

Serviço: Av. José Pinheiro Borges, s/n, Itaquera, (próximo ao Metrô Itaquera). Terças a sextas às 20h, sábados, domingos e feriados às 16h, 18h e 20h. Ingressos: de R$ 30 a R$ 40. Até 26/08.

Comemorando

No show, 60 anos depois, Agnaldo Rayol leva ao público momentos de muito amor, emoção e surpresas ao apresentar: Ave Maria, Mia Gioconda, Fascinação, New York, New York, As Rosas não Falam e Chão de Estrelas.O DVD 50 anos depois alcançou a marca de 25 mil cópias vendidas, rendendo ao cantor o DVD de Ouro.

Serviço: Theatro NET São Paulo (Shop. Vila Olímpia), R. Olimpíadas, 360. Quarta (22) às 21h. Ingressos: De R$ 50 a R$ 120.

Concerto

Foto: 

A violinista Rachel Barton Pine Sse apresenta com a Orquestra Sinfônica Municipal sob a regência do maestro Roberto Minczuk. No programa, estão a abertura de “As Bodas de Fígaro”, de Wolfgang Amadeus Mozart, “Serenata para violino e orquestra”, de Leonard Bernstein e, após o intervalo, “Sinfonia nº 10 em mi menor op. 93”, de Dmitri Shostakovich. Neste ano, em que Leonard Bernstein completaria seu centésimo aniversário, a violinista norte-americana Rachel Barton Pine se une à OSM para a execução da “Serenata para violino e orquestra”, composta por Bernstein em 1954. Esta é uma das obras consideradas mais líricas do músico norte-americano, inspirada por “O Banquete”, diálogo de Platão constituído por discursos sobre a natureza e o propósito do amor, na figura de Eros. Antes da homenagem à Bernstein, será executada a abertura de “As Bodas de Fígaro”, da obra-prima de Mozart. E, para encerrar o concerto, a “Sinfonia nº 10 em mi menor op. 93”, composta por Shostakovich. OSM Informal, Sinfonia nº 10 em mi menor op. 93 | D. Shostakovich, com Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo e regente Roberto Minczuk (dia 05).

Serviço: Theatro Municipal de São Paulo, Praça Ramos de Azevedo, s/nº, Centro. Hoje (03/08) e 20h e sábado (04/08) às 16h30. Ingressos: Setor 3 - R$ 12 / Setor 2 - R$ 30 / Setor 1 - R$ 40 (meia). OSM Informal, domingo (05/08), às16h30. Ingressos: Setor 3 - R$ 12 / Setor 2 - R$ 20 / Setor 1 - R$ 30 (meia).

Contos e canções

Quatro pessoas amorosas e ciumentas revelam ao público suas verdades sobre as relações humanas na peça Contos Partidos de Amor. Por meio de diálogos bem-humorados, dança e música, a peça apresenta canções e contos originais livremente inspirados na obra de Machado de Assis. Elenco: Diego de Abreu, Isadora Medella, Luciana Balby e Tiago Herz. Dramaturgia de Eduardo Rios. Direção musical de Ricco Viana e Direção Geral de Duda Maia.

Serviço: Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo, R. Álvares Penteado, 112, Centro, tel. 3113-365. Sextas às 11h e sábados às 11h e 15h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia). Até 18/08.


Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171