Poder feminino

O espetáculo “O Julgamento Secreto de Joana D’Arc” estreia no dia 26 de julho

Foto: Bob Sousa

o poder temporario

O texto de Aimar Labaki foi escrito por uma encomenda de Silmara Deon, que vive a heroína francesa numa trajetória épica que inspira coragem, há mais de 500 anos, onde o verdadeiro embate está entre a ameaça que o feminino pode provocar nas instituições estruturadas a partir do poder masculino. De forma lúdica, a peça reproduz o ambiente de seu julgamento inquisitório e apresenta a ‘virgem de Orleans’ como uma mulher de estética comum, derrubando padrões e estereótipos impostos pela Igreja, reforçados pela maioria dos filmes e documentários que contam sua história. A peça condensa os últimos quatro meses de vida da heroína, a partir de sua captura e do confronto com o inquisidor Pierre Cauchon. O elenco é formado por 17 integrantes, entre atores, coro de seis atrizes cantoras e três músicos. As músicas foram compostas especialmente para a peça, com exceção de uma canção de origem francesa. O maestro Briamonte criou arranjos e melodias para letras de Aimar Labaki, Bruna Alimonda e Isabel Célia. Com Silmara Deon, Rubens Caribé, Ricardo Arantes, Rafael Costa, Yorran Furtado, Jerônimo Martins, Decio Pinto Medeiros e Mario Luiz.

Serviço: Teatro Oficina, R. Jaceguai, 520, Bela Vista, tel. 3106-2818. Quartas e quintas às 20h. Ingressos: R$ 50 e R$ 25. Até 20/09.

REFLEXÃO

Impaciência
Neste dia de sua vida, querido(a) amigo(a), acredito que Deus quer que você saiba..... Que a impaciência levará você a lugar nenhum, rápido. Se você insiste em ter pressa, você caminhará muito rapidamente -- e frequentemente chegará a lugar nenhum. Respire. Relaxe. Encontre sua paz. Não queira que o Universo se mova mais rapidamente do que ele o faz. Ele, na verdade, trabalha perfeitamente, e provará isso pra você se você lhe der uma chance. Realmente. Acredite em mim sobre isso.
Amor, Seu Amigo
Neale Donald Walsch

Último dias

Foto: Heloísa Bortz

Espera temporario

O espetáculo “À Espera” encerra sua temporada no dia 21 de julho. A história traz três personagens que podem estar em qualquer lugar, em qualquer tempo: duas mulheres, sem nenhum tipo de memória acordam sempre na mesma hora, à espera de algo, até que um dia recebem a visita inesperada de um homem que veio comemorar um aniversário. A ação acontece no despertar do que deveria ser um sono profundo, Uma e Outra se deparam com o sol que insiste em nascer todos os dias, numa indecifrável realidade. Uma é a mais velha. Não anda, vive na cadeira de rodas, não dorme nunca, não sonha e gosta de falar. À noite, conta os pingos que caem de uma torneira e, durante o dia, ocupa-se ouvindo relatos dos sonhos de Outra. Uma não tem memória, nem lembrança do passado. Outra é jovem e cuida de Uma. Sente medo. Dorme, sonha e inventa sonhos para entreter Uma. Ela também não tem memória de quem foi. Ambas não sabem como foram parar ali e esperam que um dia haja explicação para tamanha espera. Ele chega sem avisar para uma festa de aniversário, trazendo duas garrafas de bebida, a promessa de um bolo e algumas histórias. Ele conta que em uma festa já foi capaz de cantar 137 vezes uma mesma canção. Logo após sua chegada, Outra aproveita para sair e conhecer o mundo lá fora, e volta com algumas respostas. Com Ella Bellissoni, Jean Dandrah e Regina Maria Remencius.

Serviço: Oficina Cultural Oswald de Andrade, R. Três Rios, 363, Bom Retiro, tel. 3221-5558. Quintas e sextas às 20h e aos sábados às 18h. Entrada franca. Até 21/07.

‘Persona’

Estreia dia 3 de agosto, o espetáculo ‘Persona’. A montagem é livremente inspirada no filme do cineasta sueco Ingmar Bergman. O texto é de Wellington Soares e a direção de Higor Lemo. No elenco estão Driely Palacio, Grabriela Fazuna e Higor Lemo. A montagem leva a cena conceitos da psicologia como o Id, Ego e Superego, o consciente e o inconsciente, a teoria da relação dos objetos e o transtorno dissociativo. Algumas características sociais desses conceitos são identificadas nas personagens que constroem uma situação onde um dos personagens é obrigado a lidar com seus traumas. A trilha sonora é inédita e composta para o espetáculo pelo músico Eberhard Stehling. O espetáculo ‘Persona’ é um drama vivido por um homem obrigado a lidar com seus traumas. Essa condição desencadeia questionamentos sobre sua vida, sua história e sua situação atual. Até que ponto somos os autores de nossa própria história?. Com Driely Palacio, Gabriela Fazuna e Higor Lemo

Serviço: Espaço Cia. do Pássaro, Voo e Teatro. R. Álvaro de Carvalho, nº 177, Centro, tel. 3873-4296. Sextas e sábados às 21h. (não haverá espetáculo na sexta-feira, dia 17/08). Ingressos: R$ 40 e R$ 20 (meia). Até 25/08.

NOTA

O ator, apresentador e ventríloquo Warley Santana é um dos protagonistas de “Black Window’s Web”, novo clipe da banda de power metal Angra, que chegou às plataformas digitais. Dividindo a cena com a cantora Sandy, o humorista deu vida a um personagem suicida viciado em redes sociais, que passa seu tempo julgando outros usuários. Tendo como tema principal a forma de isolamento que as pessoas adquirem, a produção foi dirigida e roteirizada por Leo Liberti. “O clipe fala de solidão, suicídio e o quanto as mídias sociais contribuem pra isso, julgando as pessoas, deixando todos isolados, sem comunicação real, essa é a mensagem que passamos”, garante. A canção que inspirou o clipe faz parte do último álbum da banda, “Omni”, lançado neste ano de 2018. Assista o clipe: (https://www.youtube.com/watch?v=4AFW_hcveQ4).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP