“O Som e a Sílaba”

“O Som e a Sílaba” com texto e direção de Miguel Falabella, foi concebido especialmente para Alessandra Maestrini e Mirna Rubim, duas cantoras atrizes com registro lírico

Foto: Edson Lopes Jr

o som temproario

O espetáculo conta a história de Sarah Leighton, uma jovem com diagnóstico de autismo altamente funcional, uma savant, com habilidades específicas em algumas áreas, entre elas a música, e sua relação com Leonor Delise (Mirna Rubim), sua professora de canto. A música vai unir essas duas mulheres e esse encontro mudará a vida de ambas.Sublime, tocante, emocionante, ri muito, de arrepiar... São alguns dos principais comentários que se ouvem ao final do musical, ou que chegam pelas redes sociais, do público maravilhado com o espetáculo, impressionado com as vozes de Alessandra Maestrini e Mirna Rubim. Recheado com árias, duetos e trechos de óperas, O Som e a Sílaba celebra o mistério da mente humana, com um texto terno, engraçado e comovente. Com Alessandra Maestrini e Mirna Rubim.

Serviço: Teatro VIVO, Av. Dr. Chucri Zaidan, 2460, Morumbi. Sexta (20). sábado (21) às 21h e domingo (22) às 18h. Ingressos: R$ 50.

REFLEXÃO

Dons
“Nossos dons e talentos são manifestações do nosso propósito na Terra. Eles são expressões do Amor. São nosso tesouro espiritual. Mas, é lamentável que alguns tenham esquecido do seu próprio tesouro. O ser humano foi tão severamente reprimido que deixou de expressar seus dons naturais. Ele deixou de ser natural e passou a ser aquilo que agrada à família e à sociedade. E assim ele passa a vida buscando remédios para curar os sintomas causados pelo esquecimento de si mesmo.”

Sri Prem Baba

Instrumental

Foto: Daniele Logarinho

instrumental temproario

Com repertório de música instrumental em homenagem às mulheres que se destacaram na história da música brasileira e internacional, Chiquinha Gonzaga (Atraente e Corta-Jaca), Lia de Itamaracá (Minha Ciranda e Quem me deu foi Lia), Lea Freire (O sorriso do gordo e Vatapá), Aretha Franklin (Respect e Amazing Grace), Ella Fitzgerald (Summertime), dentre outras, o show apresenta arranjos inéditos elaborados a partir de elementos acústicos e eletrônicos. Com Marcelle Barreto e Angela Coltri.

Serviço: Sesc Santo Amaro, R. Amador Bueno, 505. Sexta (20) às 19h. Entrada franca.

Dinos

O projeto de entretenimento educativo para toda a família traz um megashow de dinossauros em tamanho real em perfeito movimento e uma exposição interativa. No total, Dinos Experience traz ao público mais de 25 dinossauros, entre eles 15 espécies diferentes, que ajudam a contar como viviam, como se alimentavam e como se defendiam dos temíveis predadores. Exposição Interativa, seguindo o caráter educativo de Dinos Experience, o projeto conta ainda com uma área expositiva na qual as crianças poderão aproveitar uma Área de Escavação, em que entenderão melhor o trabalho de paleontólogos na busca por fósseis. No mesmo local os visitantes terão uma experiência em uma floresta, com as mais variadas espécies, réplicas de esqueletos, e poderão interagir com dinossauros que andarão pelo público.

Serviço: Shopping Eldorado, Av. Rebouças, 3970, Pinheiros. Quintas e Sextas às 20h, sábados às 18h e às 20h e aos domingos às 16h e às 18h. Ingresso: a partir de R$ 72 (para 3 pessoas).

Contação de histórias

Acompanhar a vida de uma simples folha de plátano, desde o seu nascimento até a chegada do outono, quando ela deixa a árvore para sempre. Em síntese, esta é a proposta do livro “A Última Folha” (Editora Insight, 40 págs.), de Adriana Barretta Almeida, com ilustrações de Rosangela Grafetti, que será lançado. No evento a autora autografa a obra e conversa com o público, além de realizar uma Contação de Histórias, dando vida aos personagens do livro. Em seguida, será realizada uma Oficina de Frottage de Folhas, técnica de desenho que transfere texturas para o papel. Os participantes terão a oportunidade de observar as linhas, formas e texturas das folhas de árvores e compor trabalhos artísticos com seus desenhos.

Serviço: Livraria NoveSete: R. França Pinto, 97, Vila Mariana, tel. 5573-7889. Sábado (28) às 15h. Entrada franca.

Nota

Bruno Del Rey acaba de lançar “Começou Tem Que Ter Fim”. Gravado quase que inteiramente ao vivo, com equipamentos analógicos e instrumentos vintage, o segundo EP do artista inspira-se na estética sonora e visual dos anos 50 e 60, incluindo, de maneira direta, o soul americano e a música brasileira desse mesmo período. Composto por 3 tracks completamente autorais, mini álbum conta com a produção musical de Augusto Passos - também baixista de Thiago Pethit. A mixagem e masterização é de Dudinha Lima. Abrindo o disco, a faixa-título “Começou Tem Que Ter fim” é autobiográfica. Na sequência, a ensolarada “Escape From Romance” abre espaço para um novo amor pintando no ar, daqueles que, por mais arriscado que seja, não podemos deixar de viver. Por fim, “A Pia” escancara a percepção do fim iminente. É sobre sentir-se impotente frente ao desenrolar dos problemas e todos os sentimentos, bons e ruins, aflorados a partir disso. Ouça aqui:( https://bit.ly/2JU12xy).

Fábulas

O espetáculo “Cordel Fabuloso” tem como mote as Fábulas de Esopo e se utiliza de uma simbologia particular para apresentar ao público inesquecíveis ensinamentos morais, através de muita diversão. A peça tem início com a história de Cora e Nina, duas garotas que precisam transportar um baú repleto de contos. No decorrer do caminho, percebem que já não suportam tamanho peso e decidem dividir algumas das fábulas com a plateia, a fim de facilitar o transporte da bagagem. Essa proposta oferece ao espectador uma apresentação lúdica e mágica, onde cada história é uma surpresa, que encanta e leva à reflexão ao mesmo tempo. A montagem, feita em estrutura de Cordel, traz características típicas como as cores e rimas, aliadas à identidade do Grupo Careta, que é a irreverência e a comédia, além de um belíssimo cenário, figurinos coloridos, a atuação brilhante de cada artista e a habilidade de inserir o público em um mundo de fantasia.

Serviço: Viradalata, R. Apinajés, 1387, tel. 3868-2535. Sábados (21 e 28) às 16h. Ingressos: R$ 40 e R$ 20 (meia).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP