“Cabeças Trocadas”

A peça “Cabeças Trocadas” é uma montagem do grupo Caixa de Fuxico da Cooperativa Paulista de Teatro, adaptada do romance do alemão Thomas Mann pela atriz Andrea Cavinato, com direção de Rosana Pimenta

Foto: Vanderlei Yui

atitudes temporario

A peça aborda sentimentos humanos intensos e a forma como as atitudes podem expressar nossos desejos mais secretos, além de expor questões ligadas ao patriarcado e ao feminino em uma trama carregada de metáforas e ironia. Andrea Cavinato, que está em cena junto com a musicista Estela Carvalho, conduz a história e interpreta todos os personagens. O espetáculo tem sua estética no teatro épico. A encenação usa o recurso da narrativa e do ritual - somado ao teatro de sombras e à música ao vivo - para compor esse enredo filosófico e discutir as relações entre físico e espiritual, desejo e tabu, sagrado e profano. O enredo se passa em uma aldeia na Índia. Dois amigos, bem diferentes tanto fisicamente como na condição social e na forma de pensar a vida, vivem uma estranha aventura com uma mulher, a bela Sita. Em um momento de desespero, Sita toma a decisão impensada, ajudada pela deusa Kali, de trocar a cabeça do marido com a do amigo. As consequências de suas escolhas são surpreendentes e acabam por custar a vida desse trio amoroso.

Serviço: SP Escola de Teatro, Pça Franklin Roosevelt, 210, Consolação, tel. 3775-8600. Sextas, sábados e segundas às 21h e domingos às 19h, bate-papo (dia 15). Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia). Até 06/08.

REFLEXÃO

Introspecção
Tire algum tempo para se reagrupar e para a introspecção. Antes que avance para algo novo, tire um tempo e faça um pouco de introspecção e conheça este novo você que esteve emergindo nos últimos meses. Você esteve se desprendendo do velho e o novo está pronto para entrar. Cabe a você decidir como gostaria que isto fosse.Você está entrando em um tempo de ação movida pelo espírito e, então, deixe as suas inspirações se transformarem com este novo você. Não há razão para temer ou se preocupar com tudo o que está acontecendo, pois você é totalmente apoiado nesta grande mudança. Imagine algo novo e seja um pouco ousado para que você tenha a coragem de fazer isto acontecer. Tenha grandes sonhos desta vez e deixe que as suas inspirações se transformem em sua nova realidade. Pensamento para hoje: Recue por um momento e se reagrupe, renove-se e ganhe uma perspectiva mais clara enquanto se prepara para avançar. E assim é. Você é muito amado e apoiado, sempre. Os Anjos e Guias

“Gente, a Lili sumiu!”

Foto: Allec Gomes

gente temporario

Em comemoração aos seus 20 anos de carreira, o ator Eraldo Fontiny apresenta a comédia “Gente, a Lili sumiu!”. A peça conta a história do sumiço misterioso de Lili uma menina que sempre faz o que quer porque sua mãe deixa. O enredo gira em torno da tentativa de descobrir quem é o responsável pelo sumiço da menina. Será a divertida Meire Caixeta ou o ingênuo e atrapalhado Seu Manel? Teria Cynthia, a defensora da moral e dos bons costumes, algo a ver isso? Ou Marcos Paulo, um deslumbrante roqueiro anônimo, que tem inveja da fama de Lili?

Serviço: Teatro J. Safra, R. Josef Kryss, 318, Barra Funda, tel. 3611-3042. Sexta (20) às 21h30, sábado (21) às 21h e domingo (22) às 19h. Ingressos: De R$ 40 a R$ 80.

Homenagem

Depois de passar por Estados Unidos, França, Alemanha, Noruega e China e algumas cidades brasileiras, o duo Olívia e Francis Hime apresenta hoje o show Sem mais adeus, em homenagem a Vinicius de Moraes. Na escolha do repertório, Euridice, Pela luz dos olhos teus, Saudade de amar, entre outros. Um pouco antes do centenário de nascimento de Vinicius de Moraes, Olivia Hime se deu conta de que entre as várias homenagens programadas, nenhuma passava pelo Itamaraty. “Afinal, Vinicius era diplomata”, percebeu. E foi a partir desta percepção que Olívia e Francis Hime, criaram um show de vozes e piano, sob a direção de Flávio Marinho.

Serviço: Tupi or Not Tupi, R. Fidalga 360, Vila Madalena, tel. 3813-7404. Sábado (14) às 21h30. Ingresso: R$ 120 .

Forró do Cabeção

Foto: Hélvio Romero

forro temporario

Com participação dos bonecos do cabeção, construídos pelo artista Paulo Farah para celebrar o período festivo julino. Com xote, baião e ciranda, os músicos Ana Claudia Cesar (cavaquinho e voz), Liliana Bertolini (flauta transversal e voz), Rosana Bergamasco (violão e voz), Aline Reis (sanfona), Wilson Dias (bateria) e Renato Vidal (percussão e voz) transformam o show na praça do Sesc santo Amaro em uma grande quadrilha julina. Suíte Forró, Cajuína, Sala Reboco, Xote meninas, Severina Xique, Sabiá, Morena Tropicana e Táxi Lunar são algumas das músicas que estão no repertório do show.

Serviço: Sesc Santo Amaro, R. Amador Bueno, 505. Sábado (14) às 17h. Entrada franca.

Infantil

A peça “Os Saltimbancos” foi inspirada no conto dos irmãos Grimm “Os Músicos de Bremen”, narra a história do encontro de quatro animais (um jumento, um cachorro, uma galinha e uma gata), que devido a maus tratos, fugiram de seus patrões. Juntos decidem formar um grupo musical e rumam à cidade para começar a carreira artística. No caminho encontram seus antigos donos e temendo serem novamente escravizados, resolvem enfrentá-los. Os bichos vencem e chegam à conclusão de que unidos conseguirão superar todas as dificuldades. Com Antônio Veloso, Paulo Cavalcante , Cristiane Alves, Maira Machado, Mayara Guedes, Daiane Alves, Mateus Oliveira, Stefani Nunes e Lais Camargo.

Serviço: Teatro Ruth Escobar,R. dos Ingleses, 209, Bela Vista, tel. 3289-2358. Sábados às 17h30. Ingressos: R$ 40 e R$ 20 (meia).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP