Estreia

Estreia temporario

A peça "Somos Todos Tão Jovens" que estreia dia 1º de junho, apresenta o universo de dúvidas, angústias, medos, alegrias, irresponsabilidade, acertos e erros de seis jovens amigos na cidade de São Paulo

Com texto de Vinícius de Oliveira e direção de Ricardo Grasson, espetáculo traz no elenco os atores Ghilherme Lobo (do filme Hoje Eu Quero Voltar Sozinho), Júlio Oliveira, Gabriel Moura, Bruno Damásio, Fernando Burack e Luis Fernando Delalibera acompanhados pelos músicos Gabriel DeLucca, Kelly Martins, Léo Rosso e Rozera Nunes. Preconceitos, sonhos, drogas, relacionamentos e sexualidade, com temas que se desdobram em gravidez indesejada, a primeira vez, sonhos frustrados e homossexualidade, a peça traz à cena assuntos recorrentes, mas sempre presentes na passagem para a vida adulta de todos os jovens. Em cenários lúdicos de uma grande cidade, como um bar, um apartamento, um terraço de um prédio ou um parque conta as histórias que se entrelaçam de Plínio (Luis Fernando Delalibera), Gui (Ghilherme Lobo), Théo (Júlio Oliveira), Daniel (Fernando Burack), Beto (Bruno Damásio) e Renato (Gabriel Moura).

Serviço: Teatro Nair Bello, R. Frei Caneca, 569, Consolação, tel. 3472-2414. Sextas, às 21h, sábados às 20h e aos domingos, às 19h. Ingressos: R$ 60 e R$ 30 (meia).

REFLEXÃO

Um grande passo em direção ao amor é o compartilhar.
Compartilhe tudo que você tem...
Compartilhe sua vida.
Qualquer coisa que esteja em você, compartilhe, não guarde.
Sua sabedoria... Compartilhe.
Sua prece, seu amor, sua felicidade, compartilhe.
Se não encontrar ninguém, compartilhe com os cães, com as rochas, com o mar, com a natureza, mas compartilhe.
O importante é dar.
Quando você priva as pessoas de qualquer coisa em seu próprio benefício voce envenena o coração.
Toda acumulação é venenosa.
Se você compartilhar, seu organismo ficará livre de venenos.
E quando você der não se importe se há resposta ou não.
Nem mesmo espere por um obrigado.
Sinta-se grato à pessoa que permitiu que você compartilhasse alguma coisa com ela.
Não faça o contrário.
Não espere a resposta, dizendo a si mesmo, lá no fundo, que ela deveria se sentir agradecida porque vc compartilhou algo com ela.
Não, não faça assim.
Sinta-se, você, agradecido porque ela esteve disponível para ouvi-lo, para compartilhar alguma energia com você... Porque ela esteve disponível para ouvir sua canção...
Porque ela esteve disponível para você.
Compartilhar é uma das virtudes mais espirituais, uma das maiores virtudes espirituais.
[ Osho ]

Infantil

Infantil temporario

Um dos mais importantes nomes da música popular brasileira mostra uma outra faceta artística. Em “Chico César para Crianças” o cantor e compositor paraibano apresenta seu livro “O Agente Laranja e A Maçã do Amor”, dedicado ao público infantil.Conhecido no Brasil e no mundo como compositor e cantor de rara inventividade, Chico César é também poeta (como se confere no livro “Cantáteis”) e, como o livro mostra, um contador de histórias imaginosas e simples, em que as palavras são saboreadas com o ouvido, os olhos e a boca. A história gira em torno do Agente Alan Laranjeira, um fiscal da prefeitura, que vai verificar o estado das frutas na Festa das Neves, na Paraíba.

Serviço: Sesc Avenida Paulista, 119, Bela Vista. Domingo (27) e domingo (3/6) às 12h. Ingresso: R$ 17 e R$ 8,50 (meia).

CIRCO

Companhia Casa da Tia Siré prorrogou a temporada do espetáculo Adoráveis Criaturas Repulsivas até 30 de maio. O primeiro espetáculo juvenil tem texto e músicas de Juh Vieira, que também assina a direção musical e está em cena ao lado de Andressa Ferrarezi, Arthur Chacon, Breno Barros, Clara Kok, Felipe Pan Chacon e Glauber Pereira. A direção geral é de Rogério Tarifa. Dentro de um circo decadente as atrações são criadas e executadas por uma banda de insetos, um corvo e dois palhaços. O jogo entre os palhaços, o Sr. Realejo Amargus (Glauber Pereira) e Tunico (Andressa Ferrarezi) são utilizados para deflagrar a opressão existente no mundo do trabalho. Na trama, o circo Pantaleon está decadente mas o show não pode parar. Os números passam a ser executados por um palhaço desempregado que se oferece para trabalhar no circo em condições precárias. Ele traz em suas confusas memórias as lembranças seu parceiro Sequela, um palhaço que se perdeu no mundo por não caber mais nele. Com cerca de 8 músicas compostas para o espetáculo a trilha sonora costura a dramaturgia fazendo a função de um narrador relacionando os temas abordados em cena.

Serviço: Oficina Cultural Oswald de Andrade, R. Três Rios, 363, Bom Retiro, tel. 3221-4704. Terças e quartas, às 20h. Entrada franca. Até 30/5.

SHOW

O show do vibrafonista Beto Montag, acompanhado do seu grupo Psycoletivo contará com a participação especial do guitarrista André Sampaio, representando a guitarra afro-rock. Montag apresentará as músicas de seu disco de estreia, acompanhado por Guilherme Nakata (bateria), Eder “O” Rocha (percussão), Mestre Nico (percussão), Fabio Prior (percussão), Duda Francisquini (percussão), Gabriel Catanzaro (baixo) e Lello Bezerra (guitarra). Influenciado por diversas correntes artísticas, ele extrai do seu vibrafone eletrificado sons que vão além do som original, com timbres e distorções inusitados.

Serviço: Sesc Avenida Pauçista, 119, Bela Vista Quinta (31) às 18h30. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia).

Alakazan - A Fábrica Mágica

alakazanum temporario

Senhoras e senhores, preparem-se para uma grande viagem ao divertido universo de magia e fantasia do Circo dos Sonhos. No dia 25 de maio, reestreia o espetáculo Alakazan - A Fábrica Mágica, que traz à cena ilusionismo, música, teatro, dança e circo. O espetáculo conta com performances de grande impacto e números circenses de báscula, contorção, rola, malabares, monociclo, equilíbrio no arame, tecido aéreo, faixa e muita palhaçada. Alakazan - A Fábrica Mágica traz à cena o duelo entre os personagens Alan e Kazani, que disputam a atenção da pequena Ly, a já conhecida menininha do Circo dos Sonhos. Ly é uma criança curiosa, que toca e fotografa tudo ao seu redor. Em uma visita à Biblioteca, ela é surpreendida por Alan, que surge como num passe de mágica e lhe entrega um livro especial, retirando o tablet de suas mãos. Encantada pelo livro, ela pede que ele leia a história, mas quando ele inicia, é interrompido por um som de sinos. Quando os dois procuram de onde vem tal som, surge Kazani, que transporta todos para a Fábrica Mágica, um universo fantástico onde tudo é possível. A cada badalar do sino e movimento das engrenagens, Ly é transportada para outro universo com novas atrações, sempre acompanhada pelo seu amigo Alan. Kazani não gosta da interação entre Alan e Ly e compete por sua atenção. Essa disputa irá seguir e se fortalecer até o último ato, onde ocorre o confronto final, quando Ly conseguirá transmitir aos dois o poder da amizade e união, mostrando que é possível compartilharem suas habilidades, assim como os livros e os tablets, que compartilham seus conhecimentos com seus leitores.

Serviço: Shopping Fiesta, Av. Guarapiranga, 752, Socorro. De terças a sextas às 20h e aos sábados, domingos e feriados, às 16h, 18h e 20h . Ingressos: De R$ 30 a R$ 40. Até 24/6.

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP