“11 Selvagens”

Espetáculo inspirado pela polarização e o contexto político e social que tomaram as ruas do país nos últimos três anos, “11 Selvagens” volta em cartaz na sexta-feira (6)

Cena da peça “11 Selvagens”.

As cenas se desenrolam a poucos metros do público, por vezes até na cadeira ao lado, e a identificação é imediata. São cenas do cotidiano em que explode um impulso descontrolado. Da violência à sensualidade, do absurdo ao trivial, são onze quadros interligados como uma camada de sociabilidade que pode rapidamente ser rompida em nossos dias. A peça reúne onze atores em situações onde as pessoas perdem o controle. Da violência à sensualidade, do absurdo ao trivial, são cenas do cotidiano que explodem em impulsos descontrolados. Como uma camada de sociabilidade pode rapidamente ser rompida em nossos dias?. Com Anna Galli, Beatriz Silveira, Bianca Lopresti, Bruno Lourenço, Felipe Aidar, Gabriel Gualtieri, Inês Bushatsky, Isabella Melo, Jonatan Justolin, Fhelipe Chrisostomo, Gustavo Bricks, Mariana Marinho, Mariana Beda, Mauricio Machado, Rafael Carvalho e Thiago Albanese.

Serviço: Teatro de Arena Eugênio Kusnet, R. Doutor Teodoro Baima, 94, República, tel. 3259-6409. Sextas às 21h, sábados e domingos, às 19h. Ingresso: R$ 40. Até 29/04.

REFLEXÃO

Inesperado
Neste dia da sua vida querido(a) amigo(a), acredito que Deus quer que voce saiba… Que um grande e inesperado bem está chegando para você agora. Você tem esperado por uma mudança na energia, e essa mudança ocorreu. Tudo o que tem a fazer é estar pronto para receber seu novo bem. Fique vigilante. Ele pode chegar a qualquer instante e de uma forma que você não poderia prever ou imaginar.
Amor seu amigo,
Neale Donald Walsch

Primeiro show do ano

Aldo, The Band no Breve.

A Aldo, The Band se apresenta em aquecimento para a turnê em conjunto com Flying Lotus e Radiohead. Além dos irmãos, a banda conta com Fabio Pink no baixo e Érico Theobaldo na bateria. O setlist contará tanto com músicas novas, quanto antigas, do compilado de 43 canções que compõem o “2014 - 2017 Fleas, Bureaucracy & Demos”.

Serviço: Breve Pompéia, R. Clélia, 470. Quinta (5) às 21h. Ingresso: R$ 20.

COMÉDIA

Ary Toledo é um artista Brasileiro internacionalmente conhecido, lotando teatros por onde se apresenta, seja no Brasil ou exterior como Portugal, Japão e Estados Unidos. É sem dúvida, o maior humorista brasileiro de todos! No seu novo show, comemorando 54 anos de carreira, Ary Toledo irreverente fala do cenário político do Brasil e do mundo, brinca com bom humor falando de sogras, parentes e crianças.

Serviço: Teatro BTC, R. Santa Cruz, 2105, Saúde, tel. 2935-4120. Sextas às 21h30 e sábados às 21h. Ingresso: R$ 80. Até 28/04.

Cotidiano de beleza

A exposição “Quatro Cidades Apaixonantes”, reune 32 imagens da fotógrafa Andreia Tarelow que registram o cotidiano das cidades de Nova York, Florença, Paris e São Paulo. A temática da exposição é o resultado da percepção atenta da fotógrafa ao contemplar as quatro cidades valorizando cenas que reportam às belezas que geralmente são ignoradas pelo olhar do turista convencional.

Serviço: Espaço Cultural Conjunto Nacional, Av. Paulista, 2073. De segunda a sábado das 9h às 21h e domingos das 12h às 21h.Entrada franca. Até 14/04.


Espaços da cidade

Ser Urbano é a primeira grande exposição individual de Carlos Garaicoa na cidade e traz a produção recente de um dos mais conceituados artistas latino-americanos da contemporaneidade. Os trabalhos apresentados propõem reflexões acerca das relações entre o espaço da cidade e as pessoas que a habitam. A mostra é composta por sete obras, entre instalações, vídeos, maquetes e desenhos. A partir do olhar de um artista nascido em Cuba e que atualmente reside em Madri, o trabalho de Garaicoa dialoga constantemente com a complexidade presente nas cidades em um mundo globalizado. As obras revelam a viagem criativa do autor, para quem a cidade e suas figuras, seus materiais e segredos, tem papel fundamental. O quanto a arquitetura e os diferentes projetos urbanísticos evidenciam a beleza e os problemas da contemporaneidade? Como a cidade se curva a eventuais pressões políticas, ideológicas ou sociais? São essas algumas das questões levantadas pela obra de Garaicoa e presentes na mostra. Entre os trabalhos expostos estão tanto obras que se relacionam diretamente com o contexto cubano original do artista quanto produções feitas a partir do olhar de Garaicoa para diferentes realidades do mundo. O contexto brasileiro não só está presente na exposição, com a obra “Saving the safe”, que reproduz o prédio do Banco Central do Brasil em outo, como foi palco de inspiração para outros trabalhos, a partir da residência que fez no Rio de Janeiro e participações na Bienal de São Paulo.
com sua estadia dividida entre seus estúdios de Madri e Havana.

Serviço: Espaço Cultural Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 610, Campos Elíseos, tel. 3226-7361. De terça a sábado das 10h às 19h. Entrada franca. Até 06/05.

Nota- passeio histórico

Cidade histórica, de fama internacional, tombada pelo IPHAN desde 1938 e com o título de Cidade Patrimônio Cultural da Humanidade (UNESCO/1980), Ouro Preto é hoje um atrativo centro de serviços da moderna hospitalidade turística, com muitos estímulos, ofertas e produtos da chamada “economia criativa”. Agora conta com o portal ouropretocultural, que divulga de eventos culturais a produtos típicos produzidos na cidade. Os saborosos doces de São Bartolomeu (Patrimônio Imaterial de Ouro Preto) e os torresmos da Chapada, os finos cosméticos da Fundação Sorria, as deliciosas cachaças, as lindas peças em pedra-sabão, tudo feito de maneira artesanal.  Há também um guia completo da cidade, com dados atualizados. Além de uma revista eletrônica com fotografias da cidade, informações históricas, entrevistas, agenda cultural, divertidos causos. A versão virtual, completa  e gratuita, do Guia Ouro Preto também está disponível no site, com informações sobre o histórico da cidade, dados geográficos, atrativos naturais, igrejas, capelas, chafarizes, pontes, minas de ouro, cachoeiras, os 12 distritos, além de dados completos sobre hospedagem, estabelecimentos comerciais, transporte, alimentação, bancos, entre outros. O Portal ainda contempla A Revista ouropretocultural (ROC), que foi criada para agrupar os principais eventos culturais que acontecem na cidade história, entrevistas, fotografias, literatura, classificados gratuitos, colunas sobre Patrimônio, e os 13 Museus da cidade e muitas fotografias. Além disso, moradores contam suas estórias de vivência na cidade, e os visitantes ilustres dão seus depoimentos sobre a impressão que tiveram ao visitarem a Cidade Patrimônio Cultural da Humanidade.Informações (www.ouropretocultural.com.br )