Entrelinhas

A violência psicológica, emocional e sexual contra a mulher, estabelecendo um diálogo entre o passado e o presente é o fio condutor do espetáculo de dança Entrelinhas, da bailarina Jaqueline Elesbão

entrelinhas temproario

A montagem retrata como a voz feminina é silenciada diante da força física, da mentalidade escravocrata e do comportamento machista dominador, mesmo com os avanços políticos atuais. O espetáculo é alicerçado por uma alvenaria sincrônica entre corpo, movimento e sons, mergulha com crueza nas feridas e cicatrizes desse sistema opressor naturalizado que mutila milhões de mulheres no Brasil e no mundo, e inverte os papeis de vítima e algoz. O intenso e simbiótico trabalho de corpo alia-se a diversos elementos cênicos para compor uma partitura dramatúrgica com uma maior riqueza de detalhes e referências históricas, como a máscara de flandres (usada pela lendária escrava Anastácia nas sessões de tortura pelo seu senhor), o sutiã (utensílio simbólico da liberdade feminina na década de 60) e o salto alto (símbolo de poder e independência da mulher na contemporaneidade).

Serviço: Sesc Belenzinho, R. Padre Adelino, 1000. Quinta (29) e sábado (31) às 21h30 e domingo (01/04), às 18h30. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia).

REFLEXÃO

A Luz de Deus brilha sobre você
Neste dia de sua vida, querido(a) amigo(a), acredito que Deus quer que você saiba...... QUE A LUZ DE DEUS BRILHA SOBRE VOCÊ ...... quando sua luz brilha sobre outro alguém.A escuridão do mundo pode ser iluminada por sua brilhante presença - mas você deve acreditar em si mesmo como A Fonte de luz e amor. O mundo todo espera pela sua chegada hoje, tremendo em sua tristeza, olhando para você buscando se aquecer. Você pode trazer um brilho especial para todos aqueles que você tocar hoje? Você vai? Sua resposta vai significar mais para você do que para eles. Nisto reside O Grande Segredo. Amor, Seu Amigo.
Neale Donald Walsch.

MPB

Doris Monteiro

Doris apresenta repertório eclético e dançante com clássicos de Billy Blanco (“Mocinho Bonito” e “Teresa da Praia”), sucessos de Tom Jobim (“Wave” e “Água de Beber”), Noel Rosa (“Conversa de Botequim”), além de clássicos de sua carreira, como “Mudando de Conversa”, “Palhaçada” e “Vou Deitar e Rolar”, além de contar várias histórias de sua vida que originaram diversas canções.Ela é acompanhada pela banda formada por André Gonçalves, no violão, Gefferson Horta, no contrabaixo, e Moacyr Correa, na bateria.Vendas limitadas a 6 ingressos por pessoa.

Serviço: Sesc Pompeia, R. Clelia, 93, Perdizes, tel. 3871-7700. Quarta (28) às 21h30. Ingresso: R$ 20.

Samba

Depois do sucesso de Teresa canta Cartola, Teresa Cristina lança seu novo trabalho homenageando um dos maiores e mais importantes artistas da música popular brasileira, Noel Rosa no show Teresa Cristina canta Noel: Batuque é um Privilégio. O poeta da Vila Isabel é o segundo na trilogia proposta em homenagem aos grandes sambistas do Brasil, em que Teresa Cristina dá voz à obra de um grande compositor, acompanhada por Carlinhos sete cordas, com arranjo bem pessoal.

Serviço: Theatro NET São Paulo (Shopping Vila Olímpia), R. Olimpíadas, 360, Itaim Bibi, tel. 3448-5061. Quinta (29) Às 21h. Ingresso: R$ 120.

Trajetória

“A Retrospectiva”, da artista plástica Nequitz traz os principais quadros de sua trajetória e são repletos de cores vivas, paisagens, momentos do cotidiano, além de elementos da natureza, como flores e o mar. A pintora já recebeu vários prêmios, como o Troféu Láurea do Terceiro Milenium, e foi designada Embaixadora da Divine Academie des Arts, Lettres et Culture, em Paris.

Serviço: Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, Av. Pedro Álvares Cabral, 201, Ibirapuera, tel. 3886-6610. De segunda a sexta, das 9h às 18h. Entrada franca. Até 29/03.


“Drama de Outono”

drama temproario

Ambientada na década de 50 a peça “Drama de Outono” estreia no próximo dia 7. Em três atos, conta sobre Vera, uma mulher casada, infeliz no casamento e que está apaixonada por um rapaz bem mais novo que ela. Tendo que decidir entre manter-se casada e infeliz ou ir contra as regras e os padrões sociais da época e viver esse grande amor. Para enfrentar esse grande dilema ela conta com o apoio da irmã, de uma amiga e de sua fiel empregada. Questões emocionais, existenciais e do cotidiano são lançadas, propositadamente, por meio de um jogo de palavras, às vezes, vistas como banais, por quem não possuem olhos atentos aos dramas humanos. Afinal, para o amor tem idade?. Com Adriana Bataglia, Albino Ventura, Cida Reis, Dill França, Kelly Cristine, Marcondys França e Aline Silva.

Serviço: Teatro do Ator, Pça Roosevelt, 172, Consolação, tel. 3257-3207. Sábados às 18h. Ingresso: R$ 40. Até 28/04.

Drama

Um casal se reencontra após seis anos de separação para discutirem os amores e desamores da relação no drama Grita Paixão de Walcyr Carrasco. O casal quer saber porque deixaram de se amar e irão buscar o perdão dentro de si para prosseguir, juntos ou não. Com Fabrizzio Nascioli e Carolina Miranda.

Serviço: Teatro Augusta, R. Augusta, 943, Cerqueira César, tel. 3151-4141. Sextas às 21h30. Ingresso: R$ 50. Até 30/03.

Mais Lidas