ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

“Rebelião - O Coro de Todos os Santos”

Estreia, no dia 24 o espetáculo “Rebelião - O Coro de Todos os Santos” com texto e direção de Marcelo Marcus Fonseca

Cena do espetáculo “Rebelião - O Coro de Todos os Santos”

No enredo, Artura, Cacimba e Jí saem do interior do país com o intuito de salvar o Brasil, devolvendo para Portugal símbolos da colonização. Para cumprirem a missão eles enfrentam os terríveis Arranca-línguas, figuras míticas que encontram durante a viagem. Com música executada ao vivo, entre temas inéditos de Bisdré Santos e Marcelo Marcus Fonseca e peças de compositores esquecidos do Séc. XVIII, a peça traz elementos da cultura popular traduzidos de forma livre, de forma surrealista ou carnavalesca, explorando a dialética nos motivos religiosos ou sociais que controlam a razão do cidadão brasileiro contemporâneo. A caminhada de Artura e Cacimba é um levante com destino certo: o ponto exato onde pretendem devolver, para reparo na Europa, um objeto da época da colonização portuguesa que, apesar da boa intenção, trouxe desgraça ao ser usado com maus propósitos. Acompanhadas por Ji, corcunda que carrega o tal objeto como um estandarte, elas pretendem formar um “exército de fodidos” (pessoas excluídas da sociedade) para enfrentar os misteriosos Arranca-línguas, criaturas que propagam a miséria social e humana por meio do controle da liberdade dos viventes. Nesse tumultuado caminho encontram João Batista, um ex-pescador sádico e assassino de Arranca-línguas - interpretado pelo diretor Marcelo Marcus Fonseca que volta à cena depois de três anos. Eles começam, então, a entender a extensão das barreiras, a violência que precisam enfrentar para criar um mundo livre e delicado, para chegar ao recomeço do Brasil. Juntam-se ao “exército” um índio filósofo e alcoólatra, um açougueiro negro monossilábico e uma dançarina de prostíbulo) que teve o filho morto pelos inimigos dos combatentes. Com Gabriela Morato, Elena Vago, Francisco Silva, Marcelo Marcus Fonseca, Valcrez Siqueira, André Souza, Lia Benacon e Erick Malccon.

Serviço: Teatro do Incêndio, Bela Vista, tel. 2609 3730. Sábados às 20h e domingos às 19h. Ingresso: Pague quanto puder. Até 24/06.

REFLEXÃO

Compromisso
Neste dia de sua vida querido(a) amigo(a), acredito que Deus quer que você saiba.... Que você precisa assumir um compromisso e, uma vez que tenha feito isso, então a vida lhe dará algumas respostas. Les Brown disse isso, e ele estava certo. Assumir um compromisso significa mais do que dizer “Eu vou tentar.” Significa dizer “Estou inteiro nisso. Estou totalmente comprometido. Mesmo que seja difícil. Na verdade, especialmente se for. Alguém disse uma vez, a idade coloca rugas no corpo. Desistir coloca rugas na alma. Você não precisará pensar nem um segundo para saber exatamente por que recebeu esta mensagem hoje. Amor, seu amigo. - Neale Donald Walsch.

Causos de Ary

ari toledo temproario

O humorista Ary Toledo segue sua carreira de mais de 53 anos de sucesso. No show Ary Toledo 5.3 ele atualiza seu repertório de piadas sobre sogra, criança, português, política e muitos outros. Sempre com sua genialidade e sem ofender ninguém. Não vai faltar seu “causos”, suas estórias do cotidiano e as já consagradas músicas. Ele que recentemente lançou um novo livro vem cheio de entusiasmo para mostrar que continua a toda!

Serviço: Tênis Clube Paulista, R. Gualaxos, 285, Aclimação, tel. 3252-5254. Sábado (24) às 22h. Ingresso: R$ 80.

Clássicos

As Orquestras de Heliópolis sobem ao palco com seu diretor artístico e maestro titular Isaac Karabtchevsky, para interpretar consagrada composição de Gustav Mahler. Isaac Karabtchevsky, tido como o regente mais importante em atividade atualmente no Brasil, conduz as Orquestras que, com mais de 100 pessoas no palco, interpretam a elementar Sinfonia nº 6 em Lá Menor – Trágica, do ilustre compositor Gustav Mahler.

Serviço: Theatro Municipal de São Paulo, Pça Ramos de Azevedo, s/n, República, tel. 3506-4600. Domingo (04/03) às 12h. Ingresso: R$ 10.

Tremendão

Divulgação

Após a turnê anterior, Gigante Gentil, onde cantava alguns de seus maiores sucessos, intermeados de canções inéditas; e antes de lançar seu novo disco, só de canções inéditas, incluindo parcerias com nomes como Milton Nascimento e Emicida; Erasmo Carlos apresenta um formato novo, em um show mais intimista e próximo do público. O repertório é formado por canções clássicas como “É Proibido Fumar”, “Sou uma criança não entendo nada”, “Gatinha Manhosa”, “Sentado à beira do caminho”, “É Preciso Saber Viver”, “Quero que vá tudo para o inferno” e “Festa de Arromba”; entre outros sucessos que os fãs do Tremendão não cansam de ouvir e cantar junto.

Serviço: Teatro Lauro Gomes, R. Helena Jacquey, 171, Rudge Ramos, São Bernardo do Campo, tel. 4368-3483. Domingo (25) às 20h. e Teatro Municipal de Barueri, R. Ministro Raphael de Barros Monteiro, 255, Vila Boa Vista, Barueri, tel. 4198-0972. Ingresso: R$ 100.

 

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171