“Beijo Estranho”

Com seu quarto álbum de estúdio recém-lançado, “Beijo Estranho”, o Vanguart segue na estrada com seu novo show

Vanguart.

O novo trabalho mostra maior pluralidade dentro do próprio cancioneiro da banda, abrindo um leque poético e musical. No repertório do show estão as 11 canções do disco, assinadas por Reginaldo Lincoln (voz e baixo) e Helio Flanders (voz, violão e piano), e alguns sucessos dos trabalhos anteriores. A sonoridade mais elaborada de “Beijo Estranho” transita por folks à la Smiths (“Eu Preciso de Você” e “Felicidades”), acid rock (“Beijo Estranho”), hippie-glam (“Todas As Cores”) e até os contornos soturnos da noite paulistana em “Quando Eu Cheguei Na Cidade”. Se os dois álbuns anteriores, “Boa Parte de Mim Vai Embora” (Deck/2011) e “Muito Mais que o Amor” (Deck/2013) podem ser vistos como opostos, um mais melancólico e outro mais solar, respectivamente, nesse eles encontram o equilíbrio. Ainda que as poesias de cada música tragam muito sentimento, esse é tratado com mais realidade. O grupo, formado por Reginaldo, Helio, David Dafré (guitarras e bandolins) e Fernanda Kostchak (violinos), sobe ao palco acompanhado do tecladista Julio Nganga e do baterista Loco Sosa.

Serviço: Teatro Mars, R. João Passalacqua, 80, Bela Vista. Sábado (16) às 19h. Ingressos: R$ 160 e R$ 80 (meia). Meia-entrada válida com carteirinha de estudante ou com a doação de 1 kg.

REFLEXÃO

Afirmações poderosas de Louise Hay:
1) “O ponto de poder está sempre no momento presente.”
2) “Se eu quiser acreditar que a vida é solitária e que ninguém me ama, é isto o que irei encontrar no meu mundo.”
3) “Somos responsáveis por todas as nossas experiências.”
4) “Lembre-se, na vasta infinidade da vida, tudo é perfeito e completo... e você também.”
5) “Se a sua mãe ou o seu pai não souberam como se amar, seria impossível que o ensinassem a amar a si mesmo. Eles fizeram o melhor que podiam com o que tinham aprendido quando crianças.”
6) “Se estivermos dispostos a fazer um trabalho mental, quase tudo poderá ser curado.”
7) “É essencial que deixemos de nos preocupar com o dinheiro e deixemos de lado o ressentimento com as nossas contas.”
8) “O Amor é a grande cura milagrosa. Amar nossas obras faz milagres em nossas vidas.”
9) “Todo pensamento que temos cria o nosso futuro.”
10) ”Estou no lugar certo, no momento certo, fazendo o que é certo.”
11) “Não conserto problemas. Eu conserto o meu pensamento. Então, os problemas se consertam.”

MPB

Amelinha

Há pouco tempo a cantora e compositora Amelinha lançou o álbum, “De Primeira Grandeza - As Canções de Belchior” (Deck). O disco é uma homenagem ao conterrâneo e amigo Belchior, no qual ela interpreta canções dele como “A Palo Seco”, “Alucinação”, “Paralelas” e “Mucuripe”. Neste show além das canções do disco, no repertório estão alguns de seus grandes sucessos, como “Frevo Mulher”, “Foi Deus Quem fez você”, “Galope Rasante” e “Mulher Nova Bonita e Carinhosa”. Amelinha será acompanhada da banda formada por Julio Brow (violão e guitarra), Estevan Sincovitz (baixo), Ricardo Prado (teclado e acordeon) e Caio Lopes (bateria).

Serviço: Sesc 24 de Maio, R. 24 de Maio, 109, Centro, tel. 3350-6300. Quinta (14) às 18h e 21h. Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia).

Natal

Coral La Cappella Divina.

De 13 a 16 de dezembro acontece a apresentação do Coral La Cappella Divina que interpretará canções natalinas. No repertório o coral cantará desde canções de Natal tradicionais em português e outros idiomas, bem como obras de grandes compositores, Haendel, Bach, Fauré, Mozart e Vivaldi. A regência é do maestro Sergio Assumpção. O coro, formado por 20 antores, apresentará a cappella ou com acompanhamento de um piano eletrônico. O Coral La Cappella Divina é formado por 6 sopranos, 6 contraltos, 4 tenores, 4 baixos e um pianista acompanhador.

Serviço: Centro Cultural Banco do Brasil, R. Álvares Penteado, 112, Centro, tel. 3113-3651. De quarta (13) a sábado (16) às 12h30 e 19h. Entrada franca.


Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP