“As Malvadas”

A peça “As Malvadas” conta a história de três irmãs que moram em um pequeno apartamento de muito baixa renda

Cena da peça “As Malvadas”.

Em um dia comum de faxina recebem um convite para uma grande festa que irá acontecer naquela noite. O grande problema é que o convite é individual e somente uma poderá ir à festa. Pelo envelope, não é possível saber qual das três foi a convidada. Sharon, a mais velha, é atriz de teatro infantil e tem certeza de que foi endereçado a ela, já que “é da classe”. Sheila, a irmã do meio, participou de vários testes para ser dançarina em programas de TV, e está certa de que foi a convidada. Já a mais jovem, Shirley, sonha com uma impossível carreira de modelo e não tem dúvida nenhuma de que o convite é seu. A partir daí, acontecem várias trapaças, discussões, alianças, brigas e traições. Com Germano Pereira, Chico Terrah e Marcio Marinello.

Serviço: Teatro Jardim Sul (Shopping Jardim Sul), Av. Giovanni Gronchi, 5.819, Vila Andrade, tel. 2122-4087. Sábados, às 21h e aos domingos às 19h. Ingresso: R$ 60. Até 16/12.

REFLEXÃO

Diversão
Neste dia de sua vida, querido(a) amigo(a), acredito que Deus quer que você saiba......QUE A DIVERSÃO NÃO É DEFINIDA PELA AUSÊNCIA DE SITUAÇÕES DESAFIADORAS......mas pela ausência de raiva sobre elas.
Claro, é natural se sentir “alimentado” com algumas das piores condições da vida física. No entanto, a diversão está em adotar uma perspectiva que permita que você olhe para estas condições frente a frente e demonstre quem você é, apesar delas. Qual a diversão nisto? você poderia dizer. A diversão está na vitória, meu amigo. A diversão está na vitória.
Amor, Seu Amigo.
Neale Donald Walsch

Dog Art

Reprodução

A exposição dog.art. Projeto desenvolvido pelo Sciacco Studio apresenta esculturas caninas das raças Dachshund, Golden, Pitbull, Vira-lata e um convidado especial: o gato, pintadas por artistas plásticos e celebridades, entre eles: Olegário de Sá, Jóia Bergamo, Anitta, Giovanna Ewbank, Adriana Volpi e Binho Ribeiro. Além disso, serão oferecidas oficinas gratuitas para quem deseja produzir o seu próprio toy art. Desde os seus primórdios o homem possui uma forte relação com os animais. Os cães e gatos, por sua vez, vêm encontrando seu lugar dentro dos núcleos familiares. Mas a situação de abandono vem aumentando gradativamente. O projeto surgiu com o objetivo de chamar a atenção da sociedade à necessidade de atitudes que possam transformar esse cenário, educando crianças e jovens para que aprendam a amar e respeitar os animais e chamando a atenção dos adultos sobre a responsabilidade com os bichos.

Serviço: Conjunto Nacional, Av. Paulista, 2073. De segunda a sábado das 7h às 22h e aos domingos e feriados das 10h às 22h. Entrada franca. Até 30/11.

Amor social

A comédia moderna “Quem Ama Bloqueia”, texto inédito de Renato Bellamin, conta a história de Rogério e Selma, um casal comum em suas vivências diárias, mas que, como a maioria das pessoas hoje em dia, vive em torno da Internet, de Smartphones, Iphones e seus aplicativos. O uso abusivo dessas ferramentas, que na peça é mostrado de forma cômica e escancarada, afeta o relacionamento do casal no dia a dia e o resultado são muitas intrigas, confusões e insatisfações. Ciúmes, supostas traições, stalker e nudes são alguns dos assuntos abordados no espetáculo, que pela própria temática atual, é de fácil identificação por parte do público, que vive o impacto da tecnologia influenciando completamente a forma do ser humano se relacionar com o outro e com o mundo. Com Carla Fioroni e Renato Bellamin.

Serviço: Teatro Ruth Escobar, R. dos Ingleses, 209, Bela Vista, tel. 3289-2358. Quintas às 21h. Ingressos: R$ 60 e R$ 30 (meia). Até 07/12.


Quem te enviou?

Nicole Cordery

Sucesso de crítica e público, o monólogo Alice, retrato de mulher que cozinha ao fundo retrata a relação de amor entre a poetisa Gertrude Stein (1874-1946) e a cozinheira e escritora Alice B. Toklas (1877-1967), que dedicou os últimos 21 anos de sua vida à divulgação da obra de sua companheira em uma época que nem se falava em homoafetividade. Na efervescente Paris dos anos de 1920 e 1930, Gertrude recebia aos sábados em sua casa na 27 Rue de Fleurus os escritores Ernest Hemingway, Guillaume Apollinaire e James Joyce, os pintores Pablo Picasso, Georges Braque e Henri Matisse, além de outros artistas e críticos de arte que representavam a nata intelectual europeia da época. Os quadros de todos esses artistas adornavam as paredes da residência. Esses ilustres convidados se encontravam aos sábados na casa das duas escritoras norte-americanas, diante de uma mesa farta, para travar grandes debates sobre estética e arte, sobretudo sobre o cubismo, movimento artístico que estava em alta naquele tempo. Para ter acesso à casa e às longas conversas que se desenrolavam no ateliê anexo, bastava ao recém-chegado responder à pergunta “quem te enviou?”. Com Nicole Cordery.

Serviço: Biblioteca Mário de Andrade, R. da Consolação, 94, Consolação, tel. 3775-0002. Segundas às 19h. Entrada franca. Até 27/11.

Grafismo

A exposição Geometrias Insuspeitas do Cotidiano apresenta 28 obras, 16 fotografias e uma instalação com 12 peças do artista baiano Kiolo. O fio condutor da mostra é o modo característico que o artista enxerga seu entorno, de maneira geométrica, enquadrada, emoldurada, alinhada. Com trabalhos isentos de mensagens de protesto ou de assuntos polêmicos, e focado na expressão de sua arte, Kiolo apresenta uma série de obras inspiradas em seu olhar.

Serviço: Gabriel Wickbold Studio & Gallery, R. Lourenço de Almeida, 167, Vila Nova Conceição, tel. 3051-4919. De segunda a sexta das 11h às 18h. Entrada franca. Até 8/12.