Conversa dançante

Para comemorar 10 anos de estrada, a Cia dos Pés estreia “Eufonia”, seu novo espetáculo voltado ao público infantil, a partir do dia 10 de novembro

Cena do espetáculo “Eufonia”.

A palavra eufonia significa “som agradável” ou “efeito acústico agradável na junção de dois sons”, em oposição à cacofonia. É com essa intenção que Eufonia começa no palco, quando o raiar do dia anuncia o nascimento da cigarra, vivida pela atriz Angélica Zignani. E ela vai dividir com o espectador todas as suas sensações, experimentações, quedas, cheiros e descobertas. Mas é o som que levará o público para uma viagem sobre a comunicação e a percepção do mundo.
Em meio a um lindo jardim e acompanhada de personagens como o sabiá, o chapéu, a mosca e a flor, a cigarra mostra, um universo cheio de possibilidades de comunicação por meio da dança. Na história, o jeito que se encontra para conversar é a dança, os sons fazem trança na língua, querendo escapar da boca. Todo ruído ao redor é capturado e transformado em fantasia. Desse jeito o mundo se mostra para essa nova voz que busca seu tom, na imensidão de um jardim. A peça, norteada pelo surrealismo é um olhar poético sobre a mágica de perceber o mundo e se comunicar. Traça um paralelo com a voz da criança, que desde o nascimento se comunica com o olhar, com o sorriso, com o choro, com os gestos e constrói as primeiras palavras pelo instinto, por convivência e pelo que ouve do mundo.

Serviço: Mezanino do Centro Cultural Fiesp, Av. Paulista, 1313, Cerqueira César. Sextas às 15h, sábados às 11h e 15h e aos domingos às 11h. Entrada franca. Até 17/12.

REFLEXÃO

Consciência
Neste dia de sua vida, querido(a) amigo(a), acredito que Deus quer que você saiba..... Que consciência não é um dom que alguns têm e outros não podem alcançar. Consciência é seu direito de nascença e sua herança. Você a tem agora. Não é um questão de se você a tem, mas se você a está usando. Todos os seres humanos possuem o dom da Consciência. Mas nem todos estão conscientes de que são Conscientes. Quando você tem consciência de que é Consciente, sua experiência da Consciência a desloca para um novo nível. É por este motivo que isto está sendo enviado para você hoje. Você evocou isso, como resultado de sua própria Consciência interior. Isto é você, despertando a si mesmo. Hoje, entre na Consciência. Faça isso simplesmente escolhendo agir assim. Permita-se estar consciente dos sentimentos de cada pessoa, do que se ajusta perfeitamente e está “certo” a cada momento, do que é desejado e necessário a você como um curador e um mensageiro. Aqui Mesmo, Agora Mesmo. Entre nessa Consciência, e observe sua vida mudar hoje.
Amor, Seu Amigo,
Neale Donald Walsch

Dança

“EU por detrás de MIM”.

A Companhia de Danças de Diadema apresenta o espetáculo “EU por detrás de Mim”. Com direção e coreografia de Ana Bottosso, a montagem foi inspirada em obras do artista visual dinamarquês Olafur Eliasson e no conto O Espelho, de Guimarães Rosa. Transitando pelos meandros dos reflexos e das reflexões, Ana Bottosso imaginou um universo por detrás dos espelhos, um mundo além deste que conhecemos, para conceber a coreografia deEU por detrás de MIM. Seria este mundo mais - ou menos - real? Esta, e outras questões, surgiram durante o processo de criação, norteando as pesquisas cênicas da obra, construída em conjunto com o elenco da Companhia de Danças de Diadema. Com Allan Marcelino, Carolini Piovani, Daniele Santos, Danielle Rodrigues, Elton de Souza, Fernando Gomes, Keila Akemi, Leonardo Carvajal, Thaís Lima, Ton Carbones e Zezinho Alves.

Serviço: Galeria Olido, Av. São João, 473, República, tel. 331-8399. Sexta (10) e sábado (11) às 20h e domingo (12) às 19h. Entrada franca.

Relacionamento

Divulgação

No espetáculo “Ex Bom é Exumado”, Lívia Inhudes, a Vivi da última versão de Chiquititas, viverá a jovem Lu, filha de Dora e Zé Paulo que, mesmo separados, ainda dividem o mesmo apartaamento e escondem a separação da filha. Lu faz intercâmbio em Londres e tem uma grave doença. Com a chegada inesperada da filha, Dora e Zé Paulo decidem fingir que ainda estão casados. A comédia traz à tona as dificuldades do relacionamento conjugal, o machismo como interferência na criação feminina, o orgulho como impedimento para o resgate do amor familiar e ainda diz um não bem grande ao alcoolismo na adolescência. Elenco/Direção: Texto e Direção: Gal Spitzer. Elenco: Lívia Inhudes, João Carlos Deon e Gal Spitzer.

Serviço: Teatro Brigadeiro, Av. Brigadeiro Luís Antônio, 884, Bela Vista tel. 3115-2637. Quintas às 21h. Ingresso: R$ 80. Até 23/11.

Contação de Histórias

O grupo de teatro, música e contação de histórias traz um repertório com muitas novidades, com histórias inspiradas em músicas dos Beatles e Rita Lee, em poemas de Manoel de Barros e em pinturas de Renoir em Abigail Conta Mais de Mil. As apresentações são caracterizadas pela música ao vivo, o humor e a interação com o público. Com Gabriela Lois (contadora de histórias) e Rodrigo Ieno (músico).

Centro Cultural São Paulo, R Vergueiro, 1000, Paraíso, tel. 3397-4002. Sábado e domingo às 14h30. Entrada franca. Até 26/11.