Violência urbana

Esmiuçar a violência urbana e o discurso de ódio, hoje, em ascensão nos grandes centros de todo o mundo, é o objetivo da Cia do Caminho Velho com a estreia, no próximo dia 11 de sua mais nova montagem

Cena da peça “Piche”.

“Piche”, que comemora os 10 anos do grupo. O espetáculo traz no elenco os atores Carlos Marques e Daiane Sousa, que se revezam nas 16 figuras presentes na dramaturgia do diretor. “Piche” é resultado de um intenso processo de formação dos atores pesquisadores, que se debruçaram por três anos em treinamentos e debates a partir da pesquisa do grupo sobre violência. Na história um jovem de periferia é capturado por dois policiais milicianos que o torturam barbaramente. Cortam sua carne, escalpelam seu corpo, e desferem inúmeros murros e chutes contra ele, mas de modo inexplicável ele não morre. O caso acaba por comover uma multidão descontrolada que vai as ruas interceder pelo garoto, o que, por sua vez, gera o interesse de políticos e de um líder religioso.

Serviço: SP Escola de Teatro, Praça Franklin Roosevelt, 210, Consolação, tel. 3775-8600. Sábados às 21h, domingos às 20h e segundas-feiras, às 21h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia). Até 11/12.

REFLEXÃO

A vida é incrível
Decida que algo surpreendente está prestes a acontecer em sua vida. Lembre-se de que você está em uma aventura aqui, no tempo e espaço e nunca mais irá passar por esta experiência particular novamente. Hoje é realmente uma experiência única na vida e quando você começa a ver isto desta maneira, cada dia se torna mais incrível.
Brilhe intensamente e veja a beleza ao seu redor. Fale suavemente e doe livremente, sem expectativa. Crie alegremente, viva com gratidão e decida que a sua vida fica mais fabulosa a cada dia.
O pensamento para hoje é: “A vida é fabulosa! Hoje será incrível e eu planejo aproveitar cada minuto, pois sei que nunca mais acontecerá assim novamente.”
E assim é.
Você é muito amado e apoiado, sempre.
Os Anjos e Guias - Sharon Taphorn

Comédia

Lindsay Paulino como Rose, a Doméstica do Brasil.

Depois do sucesso na internet e em duas temporadas paulistanas, o ator e humorista mineiro Lindsay Paulino reestreia a comédia Rose, a doméstica do Brasil no dia 9 de novembro. Na história Rose é uma mulher simples e batalhadora, que enfrenta os problemas típicos de uma dona de casa no interior de Minas Gerais. Além de trabalhar duro limpando o lar de outras famílias, ela precisa se preocupar com o marido, os filhos e a própria casa. Ela ficou famosa depois de postar um vídeo na internet cantando “Grelo”, uma paródia da música Halo, da consagrada cantora pop norte-americana Beyoncé. Rose conta para o público aspectos de sua vida antes da fama, como a infância, suas desilusões amorosas, os filhos, um sonho com seu ídolo Amado Batista e sua rotina de trabalho. Tudo isso é contato com muito humor e música ao vivo.

Serviço: Teatro Jaraguá, R. Martins Fontes, 71, Bela Vista, tel. 3255-4380. Quartas e quintas às 21h. Ingressos: R$ 50 e R$ 25 (meia). Até 14/12.

Criação

Obra da exposição “Living Theatre, Presente!”

A exposição “Living Theatre, Presente!” mostra através de fotos, filmes, cartazes, desenhos, depoimentos e textos momentos da trajetória septuagenária de um dos maiores grupos do teatro experimental, num espaço expositivo e cênico aberto à convivência e à criação

Serviço: Sesc Consolação, R. Doutor Vila Nova, 245, Consolação, tel. 3234-3000. Segunda a sexta das 11h às 21h30 e aos sábados das 10h às 19h30. Entrada franca. Até 27/01.

Posição

As obras escolhidas na exposição Tempo Presente têm em comum a capacidade de convidar o público para uma posição ativa, tanto física, quanto no plano reflexivo, quebrando assim a usual posição de uma contemplação passiva.

Serviço: Espaço Cultural Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 610, Campos Elíseos, tel. 3337-5880. Segunda a sábado das 10h às 19h e aos domingos das 12h às 19h. Entrada franca. Até 17/12.

Dança

“Duplos” é um projeto que une música e dança a partir da improvisação. Sem necessidade de ensaios os artistas convidados formarão duplas afim de lidar com o imprevisto, o acaso e o provisório. A cada edição são convidados dois artistas, sendo um músico e um bailarino/a que realizam uma criação coletiva em tempo real. Direção artística de Talita Florêncio e Thiago Salas.

Serviço: Sesc Interlagos, Av. Manuel Alves Soares, 1100, Interlagos, tel. 5662-9500. Sábados às 16h. Entrada franca. Até 18/11.