Hortance, a velha

Hortance é uma mulher pioneira, uma mulher empoderada, com uma alma livre, a frente do seu tempo e que acabou vencendo diversas barreiras

hortance temproario

Entre elas, foi expulsa de casa por ser “moderna demais”, tornou-se dona de um cabaré que recebeu diversas personalidades, como Shakespeare, Nero, Getúlio Vargas, Stalin, Sartre, Simone de Beauvoir e Che Guevara. Agora, quase centenária, revisita um apanhado de histórias que viveu e pessoas que conheceu. Mas Hortance já está um pouco esquecida, devido à idade, e confunde as histórias, os tempos e as biografias de todos que passaram por sua vida. A partir de todas estas lembranças, a Velha preenche os dias e reconstrói de maneira cômica e emocionante sua própria vida, afirmando a dignidade de envelhecer tendo-a vivida por inteiro. Dentro das paredes do cabaré, Hortance vive com um amontoado de recordações que acumulou ao longo da vida, além da companhia da irmã Aliquianni e de um gambá. Ao mesmo tempo em que se encontra imersa nesse universo particular, ela não está sozinha, em um dos momentos mais tocantes, Hortance vê no público sua companhia como clientes do cabaré para recriar essa jornada. Com o mundo inteiro dentro dela, Hortance é uma mulher de todos os tempos, de grandes amores e fortes laços de amizade.

Serviço Teatro Renaissance, Al. Santos, 2233, Cerqueira César, tel. 3069-2286. Domingos, às 18h. Ingresso: R$ 80. Até 29/10.

REFLEXÃO

Oportunidades Infinitas
Grande Potencial e Oportunidades Infinitas.
Este é um momento emocionante em seu despertar, ainda que, às vezes, não sinta isto. Abra-se para receber a ajuda dos outros, pois você não tem ou não precisa fazer tudo sozinho. Juntos, vocês são muito mais fortes e quando trabalham juntos, vocês podem mover montanhas. Este é um tempo de novos começos e oportunidades interessantes.
É importante que você seja você mesmo e que libere todos os medos de que não seja digno. Confie em seus insights e adicione o poder do seu fogo para ajudá-lo a criar. Tome medidas, pois isto é vital e é a única forma de manifestar em seu mundo.
O Mantra para hoje é: “Cada momento é preenchido com grande potencial e está sempre disponível para mim.”
E assim é.
Você é muito amado e apoiado, sempre.
Os Anjos e Guias - Sharon Taphorn.

Espírita

Cena da peça “O Encontro Espiritual de Léon Denis com Joanna de Ângelis”.

Na peça “O Encontro Espiritual de Léon Denis com Joanna de Ângelis”, o autor, Paulo Afonso de Lima (que também escreveu o consagrado “Allan Kardec – Um Olhar para a Eternidade”) escolheu essas duas entidades para levar ao público do Brasil uma mensagem de amor e fé, num acontecimento repleto de emoções e teatralidade. O encontro de Léon e Joanna acontece nas esferas celestiais, enquanto que, paralelamente, suas experiências terrenas vão sendo interpretadas e revividas à vista do público, sob os refletores, com ajuda de recursos áudio visuais e produção esmerada. “O Encontro de Léon Denis com Joanna de Ângelis” será sem duvida um marco na história do teatro espírita no panorama artístico Brasileiro.

Serviço: Teatro Brigadeiro, Av. Brigadeiro Luís Antônio, 884, Bela Vista, tel. 3115-2637. Sábados às 19h. Ingresso: R$ 70.

Choro

Ricardo Valverde

Ritmo nobre e tradicional da música brasileira, o Choro passou ao longo da sua vida, mais do que secular, por uma série de releituras, muitas das quais serviram para enriquecê-lo ainda mais como gênero. Uma nova proposta de releitura se apresenta por meio de um instrumento igualmente nobre e tradicional: o vibrafone. O autor da proeza é o vibrafonista Ricardo Valverde, que aceitou o desafio de conectar um instrumento muito pouco utilizado na música popular a um ritmo que é popular por excelência. No show de lançamento de Teclas no Choro, Valverde apresenta um repertório de gala composto por obras de grandes mestres do gênero. Também apresenta suas próprias composições, demonstrando sua intenção e capacidade de seguir com o legado deixado pelos mesmos mestres. Para acompanhá-lo na empreitada, o vibrafonista conta com o apoio de três consagrados instrumentistas da música brasileira: a pianista Silvia Goes, o contrabaixista Ivani Sabino e o baterista Pepa D’Elia.

Serviço: Teatro do Sesc Consolação, R. Dr. Vila Nova, 245, Consolação, tel. 3258-3830. Segunda (16) às 19h.Entrada franca.

MPB

Tuca Andrada presta uma homenagem aquele que ficou conhecido como “O cantor das multidões”, Orlando Silva (1915-1978), ídolo da Era do Rádio. O Espetáculo Orlando Silva - Nada Além é composto por 20 músicas marcantes da carreira desse grande cantor brasileiro, Tuca vai contando fatos e passagens da carreira de Orlando e pontuando a importância dele para a música brasileira. Tuca revista clássicos como Lábios Que Beijei (Orlando Silva/Leonel Azevedo), Nada Além (Custódio Mesquita/Mario Lago), A Jardineira (Benedito Lacerda/Humberto Porto), Carinhoso (João de Barro/Pixinguinha), Rosa (Oatvio de Souza/Pixinguinha),entre outros.

Serviço: Teatro Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, tel. 3226-7300. Hoje (10) às 21h. Ingressos: R$ 80 e R$ 60.

Infantil

O grupo Furunfunfum e a Cia. Noz de Teatro realizarão no dia 12 de outubro uma sessão extra da peça “Bê a Bach”. O espetáculo infantil conta a história de um dos maiores nomes da música mundial, o alemão Johann Sebastian Bach. Nele quatro atrizes acompanhadas por flauta, violão e violoncelo, traduzem em forma e movimento a perfeição cristalina e as emoções do universo sonoro de Bach. A peça conta com diversos atrativos para as crianças com música ao vivo, dança, cores, formas e texturas, tudo junto e misturado. Bê a Bach celebra a união do grupo Furunfunfum e da Cia. Noz de Teatro, Dança e Animação, conjugando suas linguagens e evidenciando o que cada um tem de melhor.

Serviço: CCBB - Centro Cultural Banco do Brasil SP, R. Álvares Penteado, 112, Centro, tel. 3113-3651. Quinta (12) às 11h. Entrada franca.


Mais Lidas