Dança para a família

No próximo sábado (26) e domingo (27), o Caleidos Cia de Dança vai apresentar o espetáculo interativo “Coreológicas Ludus”, concebido em 2009, em diálogo com a Coreologia de Rudolf Laban

Caleidos Cia de Dança apresenta “Coreológicas Ludus”, um espetáculo de dança para toda a família.

Este espetáculo interativo de dança contemporânea propõe cenas de participação e descoberta da dança. Cada apresentação é um convite diferente a todos os corpos para apreciar, dançar e experienciar a ludicidade da arte. O “Coreológicas Ludus” faz parte de uma programação de espetáculos de dança interativos criados pelo Caleidos para toda a família. A ideia é convidar para o palco as crianças e os pais ou avós para que todos participem juntos de um processo lúdico e criativo. Seguindo esta filosofia de trabalho que combina dançar, conhecer, brincar e criar, o Caleidos também criou o curso “Dança Criança”, voltado para crianças e jovens de 7 a 12 anos. Quando a brincadeira vira dança? Na dança que brinca, que joga, que propõe encontros e formas de conhecer o corpo e a arte com diferentes modos de dançar.

Serviço: Instituto Caleidos, R. Mota Pais, 213, Lapa, tel. 3021-4970. Sábado (26) às 16h e domingo (27) às 11h. Ingresso: R$ 10.

REFLEXÃO

Família de Alma
Reunião da Família Espiritual
Você pode perceber que algumas mudanças estão acontecendo com aqueles com quem você passa o tempo, já que as recentes mudanças estiveram reunindo a família de alma. Se você constatar que tem alguns novos amigos que parecem antigos e alguns velhos amigos que se tornaram novos, então, você está certo na sugestão. Deixe que esta nova onda positiva de apoio o impressione e se divirta com a alegria que estes relacionamentos trazem ao seu mundo.
Alguns de vocês se reunirão nos lugares mais estranhos, assim, preste atenção aos seus pensamentos e sentimentos, pois estes são os sinais que levam a estes encontros “coincidentes” e saiba que cada uma destas reuniões é algo especial para vocês, para ajudá-los a se lembrar de sua missão e magnificência.
O Mantra para hoje é: “Estou cercado de apoio e me reúno com a minha família de alma, pois fazemos um caminho melhor para todos.”
E assim é.
Você é muito amado e apoiado, sempre.
Os Anjos e Guias - Sharon Taphorn.

Lançamento

Banda Zaira lançando o EP Dance do Jeito que Você Quiser.

A banda Zaíra apresenta EP Dance do Jeito que Você Quiser com participação especial do repper RAPadura Xique-Chico. Inspirados pela diversidade dos fãs, no início de 2017 o grupo lançou a campanha “Dance do jeito que você quiser”. Cada vez mais à vontade para experimentar, os “zaíras” mesclam grooves do universo pop e eletrônico a pegadas regionais, ligam distorções no cavaquinho e na sanfona, trazendo letras que vão da crítica social a narrativas fictícias. Apresentado músicas inéditas do novo álbum como “Dinheiro”, “Dance”, “Barulho Bom” e “Leve 2, Pague 1”, além de canções dos discos anteriores e a participação de RAPadura Xique-Chico, conhecido por sua mistura ímpar e arrojada de rap com estéticas da cultura nordestina. O quinteto é composto por Beibi (zabumba e vocal), Rafa Virgolino (sanfona), Diego (triângulo), Rafinha (cordas), Matheus (contrabaixo) e Maicon (percussão e viola).

Serviço: Sesc Belenzinho, R. Padre Adelino, 1000, tel. 2076-9700. Sábado (26) às 21h30. Ingressos: R$ 20 e R 10 (meia).

MPB

Nicolas Krassik

Integrando o projeto Música de Raiz acontece o show de lançamento do CD Antologia Niolas Krassik, 15 anos de Brasil. Nicolas Krassik apresenta-se acompanhado por Glauber Seixas no violão de 7 cordas e Kabé Pinheiro na percussão. O repertório é vibrante e dançante, passeando por ritmos como choro, samba, forró e MPB, além de uma composição própria, o artista interpreta Jacob do Bandolim, Dominguinhos, Sivuca, Chico Buarque e Gilberto Gil, entre outros.

Serviço: Sesc Belenzinho, R. Padre Adelino, 1000, tel. 2076-9700. Domingo (27) às 18h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia).

Ansiedade

Nós, os outros ilesos, primeira montagem de um texto de Toshiki Okada (1973). Em cena, os atores Fernanda Raquel, Lúcia Bronstein, Rodrigo Andreolli e Rodrigo Bolzan, se revezam entre personagens e narradores, alternando esses papéis o tempo todo, com direção de Carolina Mendonça. A peça retrata as apreensões da classe média às vésperas de uma importante eleição, por meio de um casal prestes a se mudar para um apartamento em um arranha-céu recém-construído. A história parece muito simples, mas é entremeada por pensamentos e dúvidas acerca dos modelos de vida que geralmente se impõem. Em cena, um marido, uma esposa, uma amiga, um homem desconhecido e outro ferido fazem emergir questões fundamentais em nossos dias, como o imperativo da ideia de felicidade, o medo diante do desconhecido, a precariedade das relações sociais e a ansiedade em relação ao futuro.

Serviço: Oficina Cultural Oswald de Andrade, R. Três Rios, 363, Bom Retiro, tel. 3222-2662. Quartas, quintas e sextas às 20h e sábados às 18h. Entrada franca. Até 26/08.