“O Mundo Mágico de Abilé-Abilá”

O “O Mundo Mágico de Abilé-Abilá” é um espetáculo leve, engraçado e cheio de traquinagens da personagem principal: o palhaço Abilê Abilá

Hugo Oskar em “O Mundo Mágico de Abilé-Abilá”.

Acompanhado de sua trupe de bonecos, ele apresenta ao público um mundo lúdico e mágico, tendo a alegria como seu estandarte! Mas sem deixar de lado pinceladas rápidas de drama que surgem no decorrer do espetáculo, para mostrar a linha tênue entre o drama e o riso, o ser adulto e o ser criança. Com Hugo Oskar e bonecos.

Serviço: Teatro Studio Heleny Guariba, Praça Roosevelt, 184, Centro, tel. 3259-6940. Quartas às 20h30. Ingresso: R$ 20. Até 06/12.

REFLEXÃO

Livre arbítrio
“Você sabia que, por causa do livre-arbítrio, nenhuma ajuda real, consistente, perene pode vir ao seu encontro sem o seu interno consentimento? Por isso, tantas vezes, querer e lutar não bastam. Orar e pedir, tantas vezes não têm sido suficiente para você ser atendido. A humanidade está repleta de pessoas que querem, lutam, oram e pedem, sem resposta. Mas, quando você dá o seu interno consentimento para vencer os desafios com a meta de se elevar, transmutar e transcender, a resposta aparece mais rapidamente. Considere essa possibilidade: eu dou o meu interno consentimento para tudo que me eleve. Certamente, tudo que eleva, promove o êxito não só da sua paz mental, do seu espírito, mas também da sua situação moral, física e financeira. Eu dou o meu interno consentimento, pleno e verdadeiro, para a minha elevação, a minha cura, e o conforto relativo as minhas necessidades.”
Nilsa Alarcon e J. C. Alarcon.

Alice

loucura temporario

“Entre Alice” nasceu de um longo processo de pesquisas e experimentações cênicas partindo dos termos “loucura” e “tempo”. Inspirado no conto de Lewis Carroll, o espetáculo conta a estória de Alice, uma garota que, de repente, se vê internada em uma clínica psiquiátrica onde tenta distinguir o real do imaginário. Com André Collin, Bruna Izar, Gabriela Mendes, Gustavo Zanetti, Sabrina Estefam, Vinicius Candoti.

A exposição “Barro com Fé”, de Stela Kehde é composta por 276 peças que possuem como referência a fé, a mostra de título sugestivo nos remete à criação do Homem pelo viés do Cristianismo, quando Deus, como um oleiro, modela o homem a partir do barro e lhe concede o dom da vida. Além do ato inventivo do criador, a artista também recorre à imagem arquetípica da mulher, acrescentando em sua produção a fé sob a devoção de Maria. Ao estabelecer uma ligação entre o barro e a fé, o barro simples e puro; a fé rígida e forte, Stela Kehde busca estimular a visualização sobre o sagrado de maneira muito particular, considerando a experiência de cada espectador.

Serviço: Museu de Arte Sacra de São Paulo, Av. Tiradentes, 676, tel. 3326-5393. Terça a domingo das 9h às 17h. Ingresso: R$ 6. Até 03\09.

Pop rock

Divulgação
Julia Smith, cantora, guitarrista e compositora, traz em seu projeto solo uma surpreendente composição de músicas autorais e versões de canções conhecidas do pop/rock.

Serviço: Centro Cultural Fiesp (Ruth Cardoso), Av. Paulista, 1313, Cerqueira César, tel. 3146-7405. Domingo (23) às 13h. Entrada franca.

Infantil

A produção infantil ‘Luiz e Nazinha, Luiz Gonzaga para crianças’, conta passagens da infância de Luiz Gonzaga, vivido por Pedro Henrique Lopes, no interior do Nordeste e a descoberta do amor. O jovem Luizinho se apaixona por Nazarena, interpretada pela atriz Aline Carrocino que, na peça, é filha de um coronel que não permite o namoro. O resultado é uma fábula romântica inocente, voltada para toda a família, embalada por grandes hits do músico protagonista, como “Asa Branca”, “Que Nem Jiló”, “Baião”, “O Xote das Meninas”, “Olha Pro Céu”, entre outros sucessos. Com, Pedro Henrique Lopes, Aline Carrocino, Martina Blink e Sergio Somene.

Serviço: Teatro J. Safra, R. Josef Kryss, 318, Barra Funda, tel. 3611-3042. Sábados (22 e 29) e domingos (23 e 30), às 16h. Ingressos: De R$ 30 a R$ 50.