“Nunca Fomos tão Felizes”

No próximo dia 17 de julho acontece a apresentação de  “Nunca Fomos tão Felizes”, com uma leitura aberta ao público na sede das produtoras

Cena da peça “Fome.doc”.

Com texto e direção de Dan Rosseto esse novo espetáculo acontece em uma noite de inverno de 1962. Nancy fez planos para comemorar o aniversário de casamento durante o jantar; seu marido Charlie sonha com a promoção na concessionária de Billie, um velho lascivo casado com Simone, uma mulher autentica com pensamentos de vanguarda. Num clima de sedução e permissividade Charlie e Nancy são presos na teia de Billie e Simone. O velho se mostra desde o início seguro a uma persona que consegue tudo o que deseja. Simone, uma mulher à frente de seu tempo, extravasa sua frustração com o cinismo e a ironia de quem manipula cada situação a seu favor. Com Amazyles de Almeida, Camila dos Anjos, Diogo Pasquim, Gustavo Trestini e Ricardo Gelli.

Serviço: Applauzo e Lugibi, R. Arujá 118, Paraíso, tel. 2640- 0278. Segunda (17) às 20h. Entrada franca.

REFLEXÃO

Entusiasmo pela vida
Seja espontâneo e divirta-se um pouco
Desperte o seu entusiasmo pela vida, sua criatividade e a sua vitalidade. Sua criatividade quer fluir, assim a coloque em movimento. São estes momentos que o levam às respostas que você busca e aos que, muitas vezes, sente-se aludido. Inspire o sopro da vida e o deixe passar por todas as suas partes e a sua vida.
Liberte o seu lado selvagem e faça algo hoje que aprecie completamente e quando se sentir revigorado e satisfeito, faça a si mesmo as perguntas que busca e abra a sua mente e o seu coração a estas respostas.
O Mantra para hoje é: “Estou pronto agora para despertar a minha criatividade e o meu entusiasmo pela vida.”
E assim é.
Você é muito amado e apoiado, sempre.
Os Anjos e Guias - Sharon Taphorn.

Os Monólogos da Vagina

monologos-da-vagina 02 temporario

“Os Monólogos da Vagina” são depoimentos que Eve Ensler colheu pela vida afora como quem colhe flores, sem se importar com cor, forma ou perfume, apresentando esse arranjo múltiplo, ora como jornalista, ora como dramaturga, arrancando as mordaças das mulheres que habitam nosso planeta.De início, a proposta de mergulhar neste universo e resgatar a liberdade e dignidade da expressão feminina me encantou, porque gosto de mulheres e sua interiorização, de sua vida secreta, de suas formas que sangram e se dilatam e nutrem toda a vida. Esta peça é um resgate, um afago e um carinho para todas as mulheres e homens que se respeitam e tentam trilhar os difíceis caminhos de um grupo social injusto e desumano.

Serviço: Teatro Gazeta, Av. Paulista, 900. Sextas às 21h, sábados às 20h e domingos às 18h. Ingressos: Sextas: R$ 60, sábados: R$ 70 e aos domingo: R$ 60.

Comédia

O texto revela da peça #Bora Balzaquiar aborda os dilemas e conflitos existenciais de três amigas em plena “crise dos 30 anos”. Diante dos desafios contemporâneos, Júlia, Joana e Janaina apoiam-se na amizade. Uma comédia sensível apresentada de forma inovadora com o uso de recursos multimídia. Com Bruna Ximenes, Mariana Moraes, Vanessa Goulartt e Patrícia Junqueira (Stand In).

Serviço: Teatro Raposo Shopping, Rodovia Raposo Tavares, km 14,5, Jd. Boa Vista, tel. 3732-9006. Sextas às 21h45. Ingresso: R$ 50. Até 25/08.

Arraiá

festa temporario

Para comemorar as festas juninas/julinas de 2017. Neste ano, o maior reduto sertanejo da América Latina preparou quatro atrações de peso para animar o público. Para agitar esse “arraiá”, com direito a quadrilha e decoração temática, foram escalados, nada mais nada menos que, Aviões do Forró (dia 13), Rionegro & Solimões (dia 14), Matogrosso & Mathias (dia 15) e César Menotti & Fabiano e Mano Walter (dia 16).

Serviço: Villa Country, Av. Francisco Matarazzo, 774, Parque da Água Branca. De quinta (13) a dimingo (16) a partir das 20h. Ingressos: a partir de R$ 30.

Museu de Pesca

Uma gigantesca atração para ensinar crianças, e também adultos, sobre a importância de se preservar a vida marinha e promover a educação ambiental. Um esqueleto de baleia de 23 metros de comprimento, 193 ossos e pesando sete toneladas faz a festa dos visitantes ao mesmo tempo em que os conscientiza. A imaginação vai longe também com o tubarão preso por fios de nylon que se move conforme o visitante caminha pela sala.

Serviço: Museu da Pesca, Av. Bartolomeu de Gusmão, 192 (próximo ao Aquário Municipal), Santos, tel. (13) 3261-5260. De quarta a domingo, das 9h às 18h. Ingressos: R$ 5 e R$ 2,50 (meia).