ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Motoristas imprudentes comprometem melhorias no trânsito

Entre as novidades do Código de Trânsito Brasileiro estão a fiscalização eletrônica e o curso teórico na formação de condutores.

Há exatamente 18 anos o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) entrava em vigor. A nova legislação trouxe várias novidades para os motoristas do país, com o objetivo de reduzir os acidentes e mortes no trânsito

No entanto, o mau comportamento do brasileiro no trânsito ainda é responsável pelo número de acidentes. “É claro que muita coisa melhorou, mas a verdade é que, de maneira geral, o trânsito continua violento porque o comportamento dos condutores é de velocidade, ainda é”, afirma o sociólogo e consultor em educação para o trânsito, Eduardo Biavati.
Entre as novidades trazidas pelo CTB estão a fiscalização eletrônica de velocidade e o curso teórico de formação de condutores, além do aumento nos valores das multas e a qualificação de infrações como leves, médias, graves ou gravíssimas. O cinto de segurança, antes um item meramente decorativo em vários automóveis, passou a ser obrigatório. O ato de dirigir depois de beber passou a ser fiscalizado e punido com mais rigor.
De acordo com o Mapa da Violência divulgado em 2013 pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais, o número de mortes por acidentes de trânsito vinha crescendo até 1997, ano em que foram registradas 35,6 mil mortes. No ano seguinte, quando o CTB passou a valer, esse quadro mudou, começando uma tendência de queda até o ano 2000, que registrou 28,9 mil mortes no trânsito. Foi a menor taxa em sete anos. A queda, no entanto, parou por aí. O número de acidentes voltou a crescer a partir de 2001, com 30,5 mil mortes.
O número de internações no SUS em decorrência de acidentes de trânsito, em 2013, foi de 118,9 mil pessoas. No mesmo ano morreram 42,2 mil pessoas. “Nosso maior problema é a falta de fiscalização adequada. Há acidentes em que o motorista está profundamente embrigado. Nenhum cidadão comete uma infração quando tem certeza de que pode ser pego. Nas rodovias sob concessão, com a pista boa, você chega a pegar veículos acima de 150, 170 km/h”, conta o assessor do Denatran, Ailton Brasiliense.
Para o diretor-geral do Detran-DF, Jayme de Sousa, o CTB foi um avanço importante para a legislação de trânsito, mas esbarra no comportamento de alguns motoristas. “O que, às vezes, não existe é a conscientização do condutor. Muitos condutores ainda têm um sentimento de impunidade, acham que não vai acontecer nada. Está faltando aos nossos motoristas um pouco mais de conscientização” (ABr).

‘Não confundam família com outros tipos de união’, diz Papa

A família e a Igreja, sob planos diversos, precisam acompanhar o ser humano.

O papa Francisco afirmou em audiência que não pode “haver confusão” na Igreja entre o que é uma família e outros tipos de união. A declaração foi dada em audiência com o juízes do Tribunal da Rota Romana, a instituição da Igreja Católica que funciona como uma instância superior para proteger os direitos na entidade.
Lembrando do Sínodo da Família, ocorrido em outubro do ano passado, o Pontífice ressaltou que “foi possível compreender um discernimento aprofundado, graças ao qual a Igreja indicou ao mundo que não pode haver confusão entre a família desejada por Deus e qualquer outro tipo de união”.
“A família, fundada no matrimônio indissolúvel, unido e para a procriação, pertence ao sonho de Deus e de sua Igreja para a salvação da humanidade. A família e a Igreja, sob planos diversos, precisam acompanhar o ser humano até o fim de sua existência. Se a família pode ser definida como a ‘igreja doméstica’, à Igreja se aplica o título de família de Deus”, ressaltou.
Porém, Jorge Mario Bergoglio disse que a entidade “não abandona quem vive no erro”. “Quantas pessoas, por livre escolha ou por infelizes circunstâncias da vida, vivem em um estado de erro. Mas, elas continuam a ser objeto do amor misericordioso de Cristo e também da Igreja”.
Essa última afirmação tem a ver com o fato das uniões entre pessoas do mesmo sexo ou daqueles que tiveram mais de um matrimônio. Por diversas vezes, o Papa pediu que essas pessoas não sejam afastadas da Igreja, mas que elas possam ver as portas da instituição sempre abertas (ANSA).

Os mais ricos no futebol

Um ranking elaborado pela consultoria Deloitte colocou o Real Madrid, pela 11ª vez seguida, como o clube mais rico do mundo. Segundo a multinacional, os merengues alcançaram uma receita de 577 milhões de euros na temporada 2014/15, mantendo-se à frente do rival Barcelona, vice-líder da lista, com 560,8 milhões de euros.
Em seguida, aparecem Manchester United (519,5 milhões), Paris Saint-Germain (480,8 milhões), Bayern de Munique (474 milhões) e Manchester City (463,5 milhões). Completam o top 10: Arsenal (435,5 milhões), Chelsea (420 milhões), Liverpool (391,8 milhões) e Juventus (323,9 milhões). Nenhum time brasileiro está no ranking da Deloitte (ANSA).

Fifa registrou recorde em transferências em 2015

Se o ano foi de crise política na Fifa, o mesmo não se pode dizer do mercado de transferências de jogadores. Segundo o relatório do Mercado Global de Transferências (TMS, na sigla em inglês), as negociações do ano passado atingiram o valor recorde US$ 4,18 bilhões (R$ 17,1 bilhões) - aumento de 2,6% em relação a 2014.
Ao todo, foram realizadas 13.558 transferências em 2015, o que também representa um crescimento de 3,1% na comparação com o ano anterior. Se o dado for comparado com 2011, quando o TMS começou a ser divulgado, a alta nas movimentações atinge 44,2%.
O documento ainda aponta, em suas mais de 50 páginas, que a expansão no mercado da China foi uma das responsáveis pelo aumento ao passo que a retração econômica no Brasil causou uma diminuição no valor das negociações. Os dados compilados referem-se a mais de 6,5 mil clubes no mundo que pertencem às 209 federações filiadas à Fifa (ANSA).

UBER TAMBÉM QUER ENTREGAR COMIDA EM CASA

Que tal chamar um Uber para seu macarrão? Após lançar serviços inovadores, como o UberPET e o UberBIKE, que permitem a adoção de animais e o transporte de bicicletas, respectivamente, o aplicativo agora quer lançar o UberEATS, que entregará comida na casa dos usuários.
Segundo o “Wall Street Journal”, um novo aplicativo totalmente dedicado ao UberEATS deve ser lançado até março em território norte-americano. A ideia é disponibilizar o menu completo de dezenas de restaurantes em sua plataforma, sendo que a entrega será feita por um de seus motoristas. “Pedir comida pelo UberEATS é como pedir uma carona, e usa o mesmo método de pagamento por cartão de crédito”, explicou a empresa em seu site.
O novo serviço será testado em dez cidades dos Estados Unidos, entre elas Los Angeles, Nova York e Atlanta, nos próximos dias. A novidade já está em fase de teste em Toronto, Canadá, há mais de um mês (ANSA).

Atenção ao selo do Inmetro nos materiais escolares

Selo do Inmetro garante que material passou por testes antes de chegar ao mercado.

Na hora de comprar materiais escolares, os pais devem ficar atentos ao selo de conformidade do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). O alerta foi feito hoje (22) pelo diretor de Avaliação da Conformidade do órgão, Alfredo Lobo.
“Isso [o selo] evidencia que antes desse produto ser colocado no mercado, ele passou por ensaios de laboratório e demonstrou atender aos requisitos de segurança estabelecidos no regulamento publicado pelo Inmetro”, disse.
O Inmetro monitora relatos de acidentes de consumo e recalls com entidades semelhantes em países como Canadá, Itália, Austrália e Estados Unidos, e identificou problemas em materiais escolares que também são vendidos no Brasil.
“São produtos que tinham substâncias tóxicas e eventualmente metais pesados. Produtos que têm partes cortantes ou pontiagudas que podem gerar intoxicação da criança ou acidente, como cortes”, citou.
O instituto está realizando uma operação nacional de fiscalização para verificar se os produtos vendidos têm o selo de conformidade. As regras para receber a certificação foram publicadas pelo Inmetro em 2010 e estabeleceram requisitos mínimos de segurança para 25 itens da lista de material escolar.
Para a indústria, o Inmetro deu prazo até 2013 para fabricar ou importar produtos dentro das regras. Já para o varejo, o limite para comercialização de materiais sem o selo era fevereiro de 2015. “A partir dessa data, teoricamente, todos os materiais escolares abrangidos por aquele regulamento deveriam estar certificados”, disse Lobo (ABr).

Em Davos, Macri concretiza guinada da Argentina

Cumprindo sua promessa de mudar os rumos econômicos da Argentina, o presidente Mauricio Macri, levou o país de volta ao Fórum Econômico Mundial, que acontece em Davos. O ex-presidente Néstor Kirchner e mais tarde sua esposa, Cristina, ficaram de fora do evento durante seus 12 anos no Poder.
Diante de enorme expectativa, o nome de Macri foi um dos mais citados durante o encontro econômico, quando se reuniu com diversos líderes e empresários. Ele debateu uma reaproximação do Reino Unido, após a relação bilateral se deteriorar no governo de Cristina Kirchner por conta da briga pelas Malvinas.
Em uma aproximação com os Estados Unidos, Macri se reuniu com o vice-presidente norte-americano, Joe Biden, ocasião em que conversaram sobre a necessidade de "criar uma boa atmosfera de diálogo em toda a região". Biden ainda ofereceu ajuda na luta contra o narcotráfico na Argentina, que cresceu muito nos últimos anos (ANSA).

Mais artigos...

  1. Geral 22/01/2016
  2. Geral 21/01/2016
  3. Geral 20/01/2016
  4. Geral 19/01/2016
  5. Geral 16 a 18/01/2016
  6. Geral 15/01/2016
  7. Geral 14/01/2016
  8. Geral 13/01/2016
  9. Geral 12/01/2016
  10. Geral 09 a 11/01/2016
  11. Geral 08/01/2016
  12. Geral 07/01/2016
  13. Geral 06/01/2016
  14. Geral 05/01/2016
  15. Geral 31/12/2015 a 04/01/2016
  16. Geral 30/12/2015
  17. Geral 29/12/2015
  18. Geral 24 a 28/12/2015
  19. Geral 23/12/2015
  20. Geral 22/12/2015
  21. Geral 19 a 21/12/2015
  22. Bebê com menos de um ano completa 3 meses com coração artificial
  23. Geral 17/12/2015
  24. Geral 16/12/2015
  25. Geral 15/12/2015
  26. Geral 12 a 14/12/2015
  27. Geral 11/12/2015
  28. geral 10/12/2015
  29. geral 09/12/2015
  30. Geral 08/12/2015
  31. Geral 05 a 07/12/2015
  32. Geral 04/12/2015
  33. Geral 03/12/2015
  34. Geral 02/12/2015
  35. Geral 01/12/2015
  36. Geral 28 a 30/11/2015
  37. Geral 27/11/2015
  38. Geral 26/11/2015
  39. Geral 25/11/2015
  40. Geral 24/11/2015
  41. Geral 20 a 23/11/2015
  42. Geral 19/11/2015
  43. Geral 18/11/2015
  44. Geral 17/11/2015
  45. Geral 14 a 16/11/2015
  46. Geral 13/11/2015
  47. Geral 12/11/2015
  48. Geral 11/11/2015
  49. Geral 10/11/2015
  50. Geral 07 a 09/11/2015
  51. Geral 06/11/2015
  52. Geral 05/11/2015
  53. Geral 04/11/2015
  54. Geral 30/10 a 03/11/2015
  55. Geral 29/10/2015
  56. Geral 28/10/2015
  57. Geral 27/10/2015
  58. Geral 24 a 26/10/2015
  59. Geral 23/10/2015
  60. Geral 22/10/2015
  61. Geral 21/10/2015
  62. Geral 20/10/2015
  63. Geral 17 a 19/10/2015
  64. Geral 16/10/2015
  65. Geral 15/10/2015
  66. Geral 14/10/2015
  67. Geral 10 a 13/10/2015
  68. Geral 10/10/2015
  69. Geral 08/10/2015
  70. Geral 07/10/2015
  71. Geral 06/10/2015
  72. Geral 03 a 05/10/2015
  73. Geral 02/10/2015
  74. Geral 01/10/2015
  75. Geral 30/09/2015
  76. Geral 29/09/2015
  77. Geral 26 a 28/09/2015
  78. Geral 25/09/2015
  79. Geral 24/09/2015
  80. Geral 23/09/2015
  81. Geral 22/09/2015
  82. Geral 19 a 21/09/2015
  83. Geral 18/09/2015
  84. Geral 17/09/2015
  85. Geral 16/09/2015
  86. Geral 15/09/2015
  87. Geral 12 a 14/09/2015
  88. Geral 11/09/2015
  89. Geral 10/09/2015
  90. Geral 09/09/2015
  91. Geral 05 a 08/09/2015
  92. Geral 04/09/2015
  93. Geral 03/09/2015
  94. Geral 02/09/2015
  95. Geral 01/09/2015
  96. Geral 29 a 31/08/2015
  97. Geral 28/08/2015
  98. Geral 27/08/2015
  99. Geral 26/08/2015
  100. Geral 25/08/2015

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171