Quase 20% dos trabalhadores são contratados por intermediários

A atividade com maior percentual de terceirização é a construção, com 28,3%.

Os empregados contratados por intermediários no Brasil somam 9,8 milhões de pessoas, o que representa 18,9% do total de 51,7 milhões de empregados no país

Na atividade agrícola são 187 mil pessoas, o que corresponde a 5,1% do total. Já na área não agrícola, são 9,6 milhões, ou 20% dos empregados. A contratação intermediária é utilizada para trabalho temporário. Os dados estão no suplemento Aspectos das Relações de Trabalho e Sindicalização, divulgado ontem (26) pelo IBGE.
As regiões Norte, com 22,7%, e Nordeste, com 22,4%, apresentam os maiores índices de contrato via intermediário. A Região Sul tem o menor índice, de 16,6%. A contratação indireta é maior entre os trabalhadores que recebem de meio a um salário mínimo, grupo em que 20% têm esse tipo de relação de trabalho. A atividade com maior percentual de terceirização é a construção, com 28,3%, seguida pelos serviços, com 20,6%. Enquanto entre as pessoas brancas a contratação indireta é de 18,1%, entre pretas e pardas chega a 19,6%.
Nas atividades não agrícolas, 30,4% das pessoas contratadas com intermediários são via empresa locadora de mão de obra e 64,7% por pessoa intermediária. No setor agrícola, as empresas foram citadas por 41,1% das pessoas, “gato” ou empreiteiro por 46,3% e cooperativas, por 6,9%. A grande maioria se diz satisfeito com as condições de trabalho, indicador que chega a 70,7% do total de empregados. Do total, 6,2% se disse muito satisfeito e 5,5% insatisfeito, o que corresponde a 2,84 milhões de pessoas.
Nesse quesito da pesquisa, o perfil do empregado satisfeito com o trabalho é o de homem, branco, com 50 anos ou mais, curso superior completo que recebe cinco ou mais salários mínimos. Considerando a faixa de rendimento, o índice de satisfação vai de 60,5% entre quem ganha até um quarto de um salário mínimo a 90% para quem ganha mais de cinco. Do total, 6,2% disseram trabalhar mais horas do que o acertado previamente e 4,3% disseram receber menos do que o combinado (ABr).

Confiança do comércio volta a ficar positiva ao atingir 102,3 pontos

Empresários estão mais otimistas com melhora  nas expectativas sobre a economia brasileira, o que reflete no movimento do comércio.

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio ficou em 102,3 pontos em abril, 2,1% a mais do que o resultado de março (99,9 pontos). Com o índice, a confiança superou os 100 pontos em uma escala de 0 a 200, e voltou para a chamada zona de avaliação positiva (acima de 100 pontos). Esta é a primeira vez, desde fevereiro de 2015, que o indicador fica na zona positiva.
Na comparação com março, a principal melhora é referente às condições atuais (5,6%), devido ao aumento de pontos na avaliação sobre o setor (7,2%), sobre a economia (6%) e sobre seu próprio negócio (4,2%). Os empresários também estão mais otimistas (0,6%), devido a melhoras nas expectativas sobre a economia (0,8%), seu negócio (0,7%) e o setor (0,4%).
As intenções de investimentos também melhoraram (3,2%), com aumento na expectativa de contratação de funcionários (4,6%), nos investimentos na empresa (3,1%) e na avaliação sobre os estoques (1,5%). Na comparação com abril de 2016, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio cresceu 27,7% com melhoras nas avaliações sobre a situação atual (65,3%), sobre o futuro (21,7%) e sobre as intenções de investimentos (16,1%) (ABr).

Interrogatório de Lula em Curitiba é adiado por Moro

O juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, alterou ontem (26) a data do depoimento do ex-presidente Lula na ação penal da qual este é réu, no âmbito da Operação Lava Jato. A audiência, que estava marcada para o dia 3 de maio, foi adiada para o dia 10 do mesmo mês.
A alteração havia sido solicitada pela Polícia Federal (PF). No requerimento enviado à Justiça Federal, o superintendente regional da PF no Paraná, Rosalvo Ferreira Franco, pediu “mais tempo para realizar as tratativas com os órgãos de segurança e de inteligência para a audiência que será realizada”.
A Secretaria de Segurança Pública do Paraná também havia enviado a Moro um requerimento com solicitação semelhante. O secretário responsável pela pasta, Wagner Mesquita de Oliveira, pediu que a oitiva de Lula fosse remarcada “tendo em vista notícias de possível presença de movimentos populares em virtude da semana de comemoração do 1º de maio”.
No despacho publicado ontem, o juiz reconheceu a possibilidade de que “ocorram manifestações favoráreis ou contrárias ao acusado em questão, já que se trata de uma personalidade política, líder de partido e ex-presidente da República”. Moro ressaltou que tais manifestações são permitidas, desde que pacíficas. “Havendo, o que não se espera, violência, deve ser controlada e apuradas as responsabilidades, inclusive de eventuais incitadores”, diz o texto (ABr).

Morre a árvore mais velha dos EUA

Os moradores da pequena cidade de Bernards, no estado norte-americano de Nova Jersey, choram a morte de um de seus habitantes mais ilustres, um carvalho que era considerado a árvore mais antiga dos Estados Unidos.
Com 600 anos de existência, a planta tinha mais que o dobro da idade de seu próprio país, fundado no dia 4 de julho de 1776, 240 anos atrás. A árvore ficava no cemitério de uma igreja presbiteriana na cidade e foi declarada morta após ter passado dois anos sem dar novas folhas. A operação de remoção começou na última segunda-feira (24), sob os olhares de curiosos, e foi concluída ontem (26). O carvalho tinha 30,48 metros de altura, 5,48 de circunferência e ramos que chegavam a quatro metros de comprimento.
Diz a lenda que George Washington fez um piquenique sob sua copa. Considerada ponto de referência para a comunidade local, a árvore deixou um herdeiro: um carvalho nascido da antiga planta, que agora ocupa o vazio deixado no cemitério e consola os moradores de Bernards (ANSA/COM ANSA).

China lança seu 2º porta-aviões, o único fabricado no país

China lançou ao mar  seu primeiro porta-aviões fabricado no país.

A China lançou ontem (26) seu segundo porta-aviões, o primeiro construído totalmente nos estaleiros do país. A unidade militar foi colocada em águas marítimas por volta das 9h00 locais, com uma cerimônia oficial.
O porta-aviões, que recebeu o nome provisório de “Type 001A”, segue os moldes do outro que a China já possui, chamado “Liaoning” e cujo casco fora fabricado na antiga União Soviética.
O novo porta-aviões, por sua vez, foi produzido nos estaleiro de Dalian e precisará de cerca de dois anos para que seja totalmente equipado e consiga fazer testes no mar. O porta-aviões terá propulsão convencional, e não nuclear, e levará o avião de combate Shenyang J-15. A apresentação do novo equipamento da China ocorre em um momento de elevada tensão na Ásia, com trocas de ameaças entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte (ANSA/COM ANSA).

MEC descredencia 32 instituições de educação superior

O Ministério da Educação (MEC) descredenciou 32 instituições de educação superior. As decisões foram publicadas ontem (26) no Diário Oficial da União. As instituições têm até 30 dias para apresentar recurso contra a decisão ao Conselho Nacional de Educação (CNE), órgão consultivo do MEC. As instituições e suas mantenedoras devem manter as atividades das secretarias para que sejam preservados e entregues os documentos acadêmicos de estudantes que já tiveram vínculos com elas.
Elas também terão prazo de 15 dias para publicar, em pelo menos dois jornais de grande circulação da região de cada uma, a decisão do descredenciamento pelo MEC, além de indicar telefone e local de atendimento para entrega de documentos e fornecimento de orientações.
São as seguintes as instituições descredenciadas
pelo MEC:
Instituto de Ensino Superior de Alphaville
Faculdade Tamoios
Faculdade de Ciências Humanas São Paulo
Faculdade de Ensino Unificado de Belo Horizonte
Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação de Goiânia
Faculdade São Paulo de Santos
Instituto Superior de Educação de Duque de Caxias
Faculdade Mafrense de Turismo e Ciências Humanas de Teresina
Faculdade do Centro-Oeste
Faculdade Bandeirantes de Ciências Exatas e Humanas
Faculdade Paulista
Instituto Matão de Ensino Superior
Instituto de Ensino Superior do Nordeste
Faculdade Tancredo Neves
Faculdades Integradas Tibiriçá
Instituto de Filosofia e de Teologia Paulo VI
Faculdade Madeira Mamoré
Instituto Superior de Educação do Alto São Francisco
Faculdade do Descobrimento
Faculdade Salesiana de Pindamonhangaba
Faculdade CBES
Faculdade da Cidade de São Gonçalo
Faculdade de Cascavel
Faculdade de Administração e Marketing de Brasília
Faculdade Nacional do Norte do Paraná
Faculdade de Ciências Administrativas
Instituto de Educação Superior de Barueri
Instituto Superior de Educação Balão Vermelho
Instituto Superior de Educação de Ibiúna
Instituto Superior de Teologia e Pastoral de Bonfim
Faculdade de Comunicação Social Santa Efigênia
Faculdade Vizcaya (ABr).