Francisco completa 4 anos de papado e enfrenta conservadores

Um Pontifíce reformista e disposto a mexer nas estruturas da Igreja.

O papa Francisco completou ontem quatro anos na liderança da Igreja Católica

O aniversário deste 13 de março de 2017, porém, ocorre em um momento que deixa cada vez mais em evidência a oposição às reformas de Jorge Mario Bergoglio, o papa originário do “fim do mundo”. Apesar de ter sido considerado, desde o início, um Pontifíce reformista e disposto a mexer nas estruturas da Igreja, somente agora Franscisco enfrenta a ira de conservadores na prática.
Em fevereiro, cartazes criticando as mudanças propostas pelo Papa foram espalhados por Roma, expondo as divergências dentro do clero. A oposição começou a ganhar força há um ano, em 8 de abril, durante o Jubileu Extraordinário da Misericórdia e a publicação da exortação apostólica “Amoris Laetitia”, na qual o Papa escreveu suas conclusões sobre os dois sínodos convocados por ele para discutir questões familiares e o posicionamento da Igreja Católica.
No documento, Francisco abriu espaço para que os sacerdotes analisem “caso por caso” de divórcios ou outras separações matrimoniais, assim como a confissão de crimes de aborto, propondo que os religiosos “acompanhem” e “acolham” as famílias. Em setembro passado, quatro cardeais conservadores, Raymond Burke, Carlo Caffarra, Walter Brandmuller e Joachim Meisner, escreveram uma carta a Francisco questionando seus posicionamentos e pedindo explicações sobre pontos que “colocavam em dúvida a doutrina católica”, sobretudo em relação à possibilidade de comunhão de casais divorciados.
A carta foi divulgada publicamente pelo grupo, mas Francisco nunca respondeu a ela. Mesmo assim, a briga entre Bergoglio e o norte-americano Raymond Burke perdurou. O cardeal ameaçou o Papa com um “ato formal de correção” e protagonizou uma rebelião inédita na cúpula da Ordem de Malta. Cardeal patrono da Ordem, Burke se negou a instituir uma comissão ordenada pelo Papa para investigar o grão-chanceler Albrecht von Boeselager.
Apesar de toda oposição dentro do Vaticano, Bergoglio segue adiante em seu pontificado, participando de momentos históricos, como o acordo de retomada de relações entre Cuba e Estados Unidos, o encontro com o patriarca de Moscou e a participação nas celebrações dos 500 anos da Reforma Luterana e o apoio às negociações de paz na Colômbia e na Venezuela. A recente demissão da Marine Collins, vítima de pedofilia, da comissão vaticana contra abusos sexuais, porém, comprova que Francisco ainda tem muito trabalho a fazer dentro e fora do Vaticano (ANSA).

Brasil é quarto país no ranking global de casamento infantil

O casamento infantil responde por 30% da evasão escolar feminina no ensino secundário a nível mundial.

Levantamento recente do Banco Mundial revela que o Brasil tem o maior número de casos de casamento infantil da América Latina e o quarto no mundo. No país, 36% da população feminina se casa antes dos 18 anos. As informações são da ONU News. O estudo “Fechando a Brecha: Melhorando as Leis de Proteção à Mulher contra a Violência” lembra que a lei do Brasil estipula 18 anos como a idade legal para a união matrimonial e permite a anulação do casamento infantil. O problema é que há muitas brechas na legislação.
Se houver consentimento dos pais, por exemplo, as meninas podem se casar a partir dos 16 anos. A autora do estudo, Paula Tavares, fala sobre outras brechas na lei. “Um dispositivo ainda comum em todo o mundo é a permissão do casamento infantil – e em geral sem limite de idade – se a menina estiver grávida. Esse é o caso do Brasil”. Segundo ela, o país também não prevê punição para quem permite que uma menina se case fora dos casos previstos em lei, nem para os maridos nesses casos. “Na América Latina, 24 países preveem pena a quem autorize o casamento precoce, mas o Brasil não está entre eles,” observou.
Segundo o documento do Banco Mundial, a cada ano, 15 milhões de meninas em todo o mundo se casam antes dos 18 anos. Em muitas culturas, o casamento precoce muitas vezes é visto como uma solução para a pobreza, por famílias que acreditam que assim terão uma boca a menos para alimentar.
No Brasil, os principais motivos incluem gravidez na adolescência e desejo de segurança financeira. No entanto, o estudo destaca que o casamento infantil responde por 30% da evasão escolar feminina no ensino secundário a nível mundial e faz com que as meninas estejam sujeitas a ter menor renda quando adultas. Também as coloca em maior risco de sofrer violência doméstica, estupro marital e mortalidade materna e infantil (ONU News).

CONSUMO DE DROGAS MATA MEIO MILHÃO DE PESSOAS POR ANO

A diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, alertou ontem (13) que o consumo de drogas mata cerca de 500 mil pessoas todos os anos no mundo. “A OMS estima que o uso de drogas seja responsável por cerca de meio milhão de mortes todos os anos, mas esse número representa apenas uma pequena parte de todo o dano causado pelo problema mundial das drogas”, disse.
Durante discurso em Viena, na Áustria, Margaret destacou ainda que, em alguns aspectos, a situação está piorando, e não melhorando, já que muitos países vivenciam o que ela chamou de crise de emergência sanitária decorrente de mortes por overdose. “Gostaríamos de ver mais usuários de drogas sendo canalizados por meio de sistemas públicos de saúde do que por meio de cortes e sistemas de justiça criminal”, apontou a entidade.
“À medida que muitos países e agências internacionais continuam a lidar com o problema das drogas e suas inúmeras dimensões, a OMS pede que as políticas sejam baseadas em evidências médicas e científicas, e não em emoções e ideologias”, concluiu (ABr).

Boa perde patrocínios após contratar goleiro Bruno

O goleiro Bruno, com a camisa do Boa Esporte.

Três patrocinadores já anunciaram rompimento dos contratos com o Boa Esporte, após o clube mineiro negociar a contratação do goleiro Bruno Fernandes. O atleta, que deixou a prisão no mês passado, é condenado em primeira instância pelo homicídio de Eliza Samudio, com quem teve um relacionamento e um filho. Um habeas corpus concedido pelo ministro Marco Aurélio Mello, do STF, lhe deu o direito de aguardar o julgamento dos recursos em liberdade.
As empresas Nutrends Nutrition, fabricante de suplemento nutricional, e CardioCenter, clínica cardiológica, já haviam anunciado o rompimento na semana passada. Ontem (13), foi a vez da Magsul, clínica de ressonância magnética, seguir o mesmo caminho. O Boa Esporte conta ainda com mais oito parcerias, incluindo a prefeitura de Varginha, município onde fica a sede do clube.
O descontentamento com a contratação também levou hackers a invadir a página virtual do clube. Em mensagem postada sobre um fundo preto, os invasores justificaram o ato como uma demonstração de repúdio ao Boa Esporte e aos patrocinadores por apoiarem diretamente o feminicídio.
Bruno foi preso preventivamente em 2010, quando atuava no Flamengo e vivia bom momento na carreira. Um inquérito policial o apontou como principal suspeito de ter matado Eliza Samudio, que desapareceu aos 25 anos e foi considerada morta pela Justiça. Seu corpo nunca foi encontrado (ABr).

 
Mais Lidas