ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Base Nacional Curricular será debatida dia 2 em 28 mil escolas do país

O Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) marcou para 2 de agosto o 'Dia D' para discutir a Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio em 28 mil escolas públicas e privadas de todo o país.

Base temporario

Base Nacional Curricular será debatida dia 2 em 28 mil escolas do país. Foto: Crítica News

A consulta pública foi articulada em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e o Conselho Nacional de Educação (CNE) com o objetivo de receber sugestões de mudança e melhoria no documento que estabelece as diretrizes comuns de ensino médio para o país.

A expectativa é que estudantes, gestores e cerca de 509 mil professores participem dos debates. As propostas apresentadas na etapa de escuta nas escolas serão organizadas e levadas para avaliação do CNE, que definirá as mudanças viáveis para implementação. A expectativa é que o processo de análise das propostas, aprovação e homologação da nova base curricular do ensino médio seja concluído ainda este ano.

O Consed disponibilizou em seu portal um material de apoio e orientação para as escolas, como vídeos, documentos de análise por área do conhecimento - ciências da natureza, ciências humanas, língua portuguesa, linguagens e matemática -, além de uma programação e roteiro de atividades para facilitar os debates. Os professores poderão expor suas dúvidas e sugestões no formulário que será liberado no portal do Conselho no dia 2 de agosto.

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) referente à educação infantil e ao ensino fundamental foi homologada pelo MEC no final do ano passado. A Base estabelece os conteúdos mínimos que deverão ser ensinados em todas as escolas do país (ABr).

Investimentos em rodovias e ferrovias recuaram 6,9% em 2017

Investimentos temporario

Quando o assunto são as ferrovias, elas registraram o segundo ano seguido de redução dos investimentos privados. Foto: Marcos de Paula/Estadão

Em 2017, as concessionárias de rodovias e ferrovias no Brasil investiram R$ 12,00 bilhões – R$ 6,74 bilhões e R$ 5,25 bilhões, respectivamente –, número 6,9% menor que o realizado em 2016. É o que aponta o estudo 'Conjuntura do Transporte - investimentos transporte terrestre', publicado pela Confederação Nacional do Transporte ontem (24).

Além da crise econômica e da recessão de 2015-2016, que criaram dificuldades financeiras para algumas empresas, principalmente nos projetos da terceira etapa do Programa Federal de Concessões rodoviárias, a queda nos investimentos também é explicada pelos ciclos de aportes planejados pelas concessionadas.

Quando o assunto são as ferrovias, elas registraram o segundo ano seguido de redução dos investimentos privados. Se descontada a inflação, 2017 teve um investimento 11,9% menor do que no ano anterior.

A principal explicação para essa queda está na execução do cronograma de investimentos das concessões ferroviárias, que, em geral, envolvem ciclos de desembolsos pré-determinados.

Já os investimentos públicos federais em rodovias também caíram significativamente nos últimos anos e isso comprometeu a qualidade da infraestrutura rodoviária do país, conforme apontado pela Pesquisa CNT de Rodovias 2017. A título de exemplo, os investimentos públicos federais, em 2017, somaram R$ 7,98 bilhões, montante 50,8% menor que o registrado em 2011.

“Para melhorar a infraestrutura de transporte, o Brasil precisa desenvolver a integração entre os diferentes modais. A CNT propõe a realização de fortes investimentos públicos e privados nas ferrovias, sem deixar de lado as melhorias necessárias em rodovias, portos, hidrovias e aeroportos”, afirmou o presidente da CNT, Clésio Andrade, ao comentar os resultados do estudo (AI/CNI).

Polícia prende suspeito de envolvimento na morte de Marielle

A polícia do Rio de Janeiro prendeu ontem (24) um ex-PM suspeito de envolvimento no assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes. Alan de Morais Nogueira, conhecido como "Cachorro Louco", teria estado no carro que levava os executores materiais do duplo homicídio. O ex-PM, no entanto, foi preso em outro caso: ele é suspeito de integrar uma quadrilha de milicianos chefiada pelo também ex-policial Orlando Oliveira de Araújo, o "Orlando da Curicica".

Junto com Nogueira, a polícia capturou o ex-bombeiro Luís Cláudio Ferreira Barbosa, que também teria envolvimento com a milícia. Ambos são investigados por causa de dois homicídios ocorridos em fevereiro de 2017. Orlando da Curicica, que cumpre pena desde outubro de 2017, é suspeito de ter ordenado a execução da vereadora de dentro da cadeia. Uma testemunha teria apontado Marcello Siciliano (PHS), colega de Marielle na Câmara, como mandante do crime, mas ele nega envolvimento (ANSA).

Neymar fica fora da lista de 10 finalistas de prêmio da Fifa

Neymar temporario

Neymar fora da lista dos dez finalistas na temporada 2017-2018. Foto: Divulgação

Terceiro colocado do prêmio The Best da Fifa no ano passado, o atacante Neymar ficou fora da lista dos dez finalistas da honraria na temporada 2017-2018, anunciada ontem (24). Pesou contra o brasileiro de 26 anos, que também tinha sido terceiro pelo ano de 2015, o período de três meses afastado dos gramados por lesão e o desempenho apenas regular na Copa do Mundo, em que o Brasil caiu nas quartas de final.

Na relação divulgada pela federação internacional, aparecem Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, que dominaram a premiação nos últimos dez anos, com cinco conquistas cada. O astro português ficou com o troféu nos dois últimos anos, os dois desde o rompimento da Fifa com a revista "France Football", que voltou a organizar a Bola de Ouro de maneira independente.

Além de Cristiano, a lista tem outros dois vencedores da Liga dos Campeões pelo Real Madrid, o meia Luka Modric, vice da Copa do Mundo pela Croácia, e o zagueiro francês Raphael Varane, único a ter faturado tanto a 'Champions' quanto o Mundial na Rússia. Os outros representantes dos 'Bleus' entre os finalistas são os atacantes Kylian Mbappé, eleito revelação da Copa na Rússia, e Antoine Griezmann, que também deu a volta olímpica na Liga Europa com a camisa do Atlético de Madrid.

A relação tem ainda dois jogadores que se destacaram pelo faro de gol, o inglês Harry Kane, artilheiro do Mundial, e o egípcio Mohamed Salah, que bateu o recorde de gols de uma só temporada da 'Premier League'. Completam o top 10 da Fifa os belgas Kevin De Bruyne e Eden Hazard, que ajudaram a levar sua seleção a um inédito terceiro lugar em gramados russos (Agência EFE).

Papa envia mensagens para Grécia e Laos

O papa Francisco enviou uma mensagem de encorajamento e consolo para as populações da Grécia e de Laos, ambas atingidas por desastres ambientais nos últimos dias. Na mensagem às autoridades da Grécia, Francisco expressou "profunda tristeza" pelos incêndios e "sincera solidariedade como todos os afetados". Os incêndios ocorridos em diferentes pontos do país provocaram a morte de mais de 60 pessoas e deixaram dezenas de feridos.

O pontífice argentino também enviou um telegrama de condolências "e sincera solidariedade com todos os afetados pelo desastre" de Laos.
"O Santo Padre assegura sua oração especialmente pelo repouso dos falecidos, pela cura dos feridos e pelo consolo de todos aqueles que choram a perda de seus entes queridos e que temem pela vida daqueles que ainda estão desaparecidos", diz o texto assinado pelo cardeal e secretário de Estado Pietro Parolin. Centenas de pessoas estão desaparecidas e mais de 6 mil estão desabrigadas. O número de mortos ainda não foi divulgado (Agência EFE).

Rede italiana Coop reduz uso de plástico

A rede de supermercados italiana Coop anunciou medidas para reduzir o uso de plástico "virgem" nas embalagens dos produtos de sua marca própria. O objetivo é instituir, até 2025, a utilização de 6,4 mil toneladas anuais de plástico reciclado no lugar da matéria-prima nova. A empresa aderiu às exigências da Comissão Europeia que trata, do meio ambiente, substituindo, por exemplo, o plástico convencional por materiais biodegradáveis e compostáveis em produtos da rede.

É o que já acontece com os pratos, copos e hastes flexíveis com algodão. A empresa também prevê alcançar até 2022 metas estabelecidas pela comissão que terão cumprimento obrigatório somente em 2030. Em até quatro anos, todos os produtos da marca Coop, que movimentam três bilhões de euros por ano, terão embalagens recicláveis, compostáveis ou reutilizáveis, enquanto os da linha Vivi Verde, dedicada ao cuidado com o meio ambiente, já atenderão à exigência no ano que vem (ANSA).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171