Smartphone é principal ferramenta de compra online para 33% dos internautas

O uso do dispositivo móvel para compras é ainda maior entre o público jovem (48%), pessoas das classes C, D e E (38%) e mulheres (37%). O consumidor digital brasileiro está mais maduro e familiarizado com as mudanças tecnológicas no mercado

Um estudo feito em todas as capitais pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) descobriu que os smartphones já são a principal ferramenta de compra para 33% dos internautas que costumam adquirir produtos pela internet.
O uso do dispositivo móvel para compras é ainda maior entre o público jovem (48%), pessoas das classes C, D e E (38%) e mulheres (37%). O computador, seja um desktop ou um notebook, ainda é o instrumento mais usado na hora de adquirir produtos na internet, com 66% de preferência. Considerando o processo de compra pela internet como um todo, a pesquisa revela que o celular já é utilizado por 74% da amostra em ao menos uma de suas etapas, como pesquisa de produtos e serviços (32%), comparação de preços (28%) e pagamento (14%). Apenas 24% dos entrevistados admitem não contar com o auxílio do celular nas compras que faz online.
Para o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, o protagonismo dos dispositivos móveis para o comércio online tende a aumentar ainda mais nos próximos anos, principalmente, com a popularização de pacotes de dados de internet móvel e do alcance maior da banda larga. “Com a evolução constante dos meios de pagamento online, ficará cada vez mais rápido e seguro comprar pelo celular. Basta lembrar que ele é mais acessível à população, pois, no geral, é mais barato investir em um smartphone do que em um computador ou notebook”, explica o presidente.
Para os consumidores conectados, as lojas online já ocupam a primeira posição dos canais mais utilizados para fazer compras no último ano: 93% de menções, ficando à frente das lojas de rua (62%) e dos shopping centers (58%). Frete grátis é o que mais estimula compras online; 67% pesquisam índice de reclamações quando planejam comprar em um site pela primeira vez. Os fatores que os internautas levam em consideração ao escolher um site ou aplicativo de compras é a possibilidade de frete grátis (58%), o preço dos produtos (51%) e a reputação da loja (37%). Em cada dez entrevistados, sete (68%) se sentem mais estimulados a comprarem pela internet quando não há cobrança de frete e 42% quando o tempo de entrega é reduzido (SPC/CNDL).

Portugal vai legalizar 30 mil imigrantes que trabalham no país

Entre 2015 e 2080, a população do país diminuirá dos atuais 10,3 milhões para 7,5 milhões.

O Governo de Portugal está disposto a regularizar a situação de cerca de 30 mil imigrantes, que não têm como comprovar que entraram legalmente, mas que já trabalham há pelo menos um ano no país. O objetivo é conceder uma autorização de residência àqueles que entraram sem visto e que, por isso, não conseguem cumprir os requisitos para a legalização. Entre os imigrantes há um grande número de brasileiros, chineses, nepaleses e indonésios.
Com a exigência da documentação de entrada legal no país, milhares de imigrantes que estão integrados, trabalhando e recolhendo impostos não conseguem efetivar suas legalizações. Com isso, Portugal faz um movimento contrário ao que se observa na Europa atualmente. Enquanto a maioria dos países encara as migrações com um grande problema, Portugal pode ter nos imigrantes a solução para o forte problema demográfico que enfrenta.
Portugal é um país pequeno, com apenas 10,3 milhões de habitantes, e com uma população que vem diminuindo a cada ano. É consenso entre os políticos portugueses de que são necessárias providências para combater o decréscimo da população. O problema é que não há consenso sobre quais devem ser as políticas adotadas. De um lado, encabeçados pelo primeiro-ministro António Costa (Partido Socialista), estão os que acham que o país deve atrair imigrantes. De outro lado, estão políticos como os do PSD (Partido Social-Democrata), que acreditam que o incentivo deve estar focado nas políticas de estímulo à natalidade para os próprios portugueses.
Enquanto deputados de partidos como o Bloco de Esquerda (BE) e o Partido Socialista (PS) afirmam que é necessária a entrada de 75 mil imigrantes por ano para que Portugal consiga enfrentar o declínio demográfico; Rui Rio, o presidente social-democrata, defende uma “política para a infância”, que inclui uma ajuda de 10 mil euros por filho (a ser paga em parcelas, até os 18 anos de idade) e creches gratuitas a partir dos seis meses (ABr).

Brasileiros ‘trollam’ enquete de jornal argentino sobre Copa

O jornal argentino “Olé” fez uma enquete para saber qual seleção na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, que receberia o apoio dos torcedores locais, após a Argentina ser eliminada nas oitavas de final. O vencedor foi o Brasil, mas a escolha contou com a ajuda de milhares de brasileiros que queriam “trollar” a pesquisa. Sabendo da enquete do periódico argentino, milhares de torcedores brasileiros se uniram para votar na seleção brasileira, que venceu com mais de 70% de distância do segundo colocado.
Em grupos de WhatsApp, os torcedores compartilhavam o link da pesquisa com a mensagem: “Com a eliminação da Argentina, o jornal Olé está perguntando para quem eles estão torcendo para ganhar a Copa. Vamos entrar lá e votar no Brasil? Vai sair no mundo inteiro que os argentinos torcem pelos brasileiros!”. Com quase 775 mil votos, o Brasil liderou a pesquisa com 83% das preferências, seguido por Uruguai (7%), Colômbia (4%), Bélgica (3%), França (2%) e outras opções (1%).
A Argentina foi eliminada da Copa do Mundo após a derrota por 4 a 3 diante da França. Já o Brasil, com a vitória por 2 a 0 sobre o México, segue vivo na competição e enfrentará a Bélgica nas quartas de final(ANSA).

30 de junho, o dia recorde de voos pelo mundo

No dia 30 de junho, 30 milhões de pessoas voaram, o equivalente à metade da população da Itália.

O site que rastreia transportes aéreos, o FlightRadar24, registrou que o último sábado (30) foi o dia de maior “congestionamento” no céu, batendo um recorde do ano. A plataforma mostrou rotas, em tempo real, de 202.157 voos operados em quase todos os cantos do mundo.
Segundo a Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA), um avião tem, em média, 148 assentos, assim, no dia 30 de junho, 30 milhões de pessoas voaram, o equivalente à metade da população da Itália.
A organização reúne mais de 80% das companhias aéreas e não registrou nenhum acidente naquele dia. Em boletim apresentado no início de junho, a IATA estima cerca de 4,36 bilhões de passageiros para este ano. Esse número equivale a um aumento de 75% na comparação com 10 anos atrás, quando o número de embarcados bateu 2,49 bilhões.
Ainda de acordo com dados da associação, serão cerca de 39 milhões de voos durantes este ano, uma média de 107 mil voos por dia. Assim, os 202 mil do dia 30 representam quase o dobro da média anual. Entretanto, este período é o de pico de transporte aéreo na região sobre o Equador, devido às férias de verão. Além disso, muitos voos foram cancelados ou tiveram atrasos no último sábado (ANSA).

Não sei se vou continuar, diz Alonso sobre futuro na F1

O bicampeão mundial de F1 Fernando Alonso pode deixar o esporte em 2019. O espanhol, que alcançou no último domingo (1º) a marca de 81.394 km ao terminar o Grande Prêmio da Áustria, superando o recorde do alemão Michael Schumacher, disse que sua permanência na categoria não é certa. “Não sei se vou continuar na Fórmula 1. É uma decisão que tenho de tomar. Não tenho nada decidido nem planejado”, afirmou em entrevista à rádio Cope.
Muito se especula sobre o destino do piloto da McLaren: desde mudar para a Indy no próximo ano, a voltar a correr pela Renault. “Mas eu não gostaria de sair no final com um gosto amargo na boca, no sentido de que não posso mais dar 100% “, explicou. O espanhol já demonstrou interesse em tentar conquistar a “Tríplice Coroa” do automobilismo, formada pelas provas de Mônaco, da F1, as 24 de Le Mans e as 500 milhas de Indianápolis.
Para atingir sua meta, falta só ganhar a corrida dos EUA. “Quando passar o verão e eu analisar todos os possíveis passos que posso dar, então vou tomar a melhor decisão. Pensando no bem da minha equipe e dos meus fãs”, concluiu (ANSA).

Interdição parcial de penitenciária

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) determinou a interdição parcial da Penitenciária Regional de Três Corações, cuja capacidade limite para presos é excedida em mais de duas vezes, segundo o Ministério Público de Minas Gerais. Na prática, a decisão limitará o ingresso de novos detentos na penitenciária.
Projetada para comportar 542 detentos, a unidade abriga cerca de 1,2 mil homens e mulheres custodiadas. No pedido liminar apresentado em Ação Civil Pública, o MP estadual apontou a existência de várias irregularidades decorrentes da superlotação carcerária. Entre elas, a insuficiência nas condições de segurança; agentes penitenciários em quantidade insuficiente; deficiência no fornecimento de água, no tratamento do esgoto sanitário e na assistência à saúde dos detentos.
Ainda de acordo com o MP, o excesso de presos não só viola direitos fundamentais das pessoas que cumprem pena na penitenciária regional, como coloca em risco a segurança pública municipal e estadual (ABr)

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP