Desmatamento na Amazônia caiu 16% em 12 meses

Em 12 meses, Amazônia perdeu área de floresta equivalente a quatro vezes a cidade de São Paulo.


O desmatamento na Amazônia caiu 16% entre agosto de 2016 e julho de 2017. Os dados são do Inpe e foram divulgados hoje (17) pelos ministros do Meio Ambiente, Sarney Filho, e da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab

Apesar da queda, 6.624 km² de floresta foram devastados no período, o equivalente a quatro vezes a cidade de São Paulo. Os estados do Pará e de Mato Grosso tiveram as maiores áreas desmatadas, com 2.413 km² e 1.341 km² de floresta a menos, respectivamente.
No entanto, na comparação com o período anterior (agosto de 2015 e julho de 2016), os dois registraram redução no destamatamento, de 19% no caso do Pará e 10% em Mato Grosso. Já o estado com menor área desmatada foi o Tocantins, com 26 km² e redução de 55% em relação aos 12 meses anteriores.
De acordo com o Inpe, em relação a 2004, quando foi lançado o Plano para Prevenção e Controle do Desmatamento da Amazônia, a devastação do bioma recuou 76%.
Sarney Filho disse que os dados de hoje mostram a tendência de regressão na curva do desmatamento, que, segundo ele, se deve a fatores como reforço da fiscalização e recomposição do orçamento dos órgãos ambientais. “O desmatamento aumenta por uma série complexa de motivos, mas ele diminui basicamente por uma ação: comando e controle. Comando e controle é poder de polícia”, disse Sarney Filho em entrevista no Palácio do Planalto.
“Quando fica constatado que há um desmatamento, para lá se deslocam os fiscais do Ibama, ICMBio, Polícia Federal e aí se dá o combate. Quando os desmatadores ilegais sabem que a presença do Estado brasileiro está clara, eles diminuem suas atividades. E é isso que está ocorrendo”, completou o ministro do Meio Ambiente. Sarney Filho também afirmou que, ao assumir o ministério, os orçamentos do Ibama e ICMBio estavam ‘completamente defasados’. “Recuperamos o orçamento desses órgãos, conseguimos adicionalmente mais recursos do Fundo Amazônia e as operações voltaram como jamais vistas” (ABr).

Poupatempo comemora 20 anos com mais de 565 milhões de atendimentos

O padrão Poupatempo de atendimento mantém aprovação recorde, com 99% de ótimo e bom.

O maior programa de desburocratização da história do Brasil, criado em 1997 pelo ex-governador Mario Covas, comemora 20 anos amanhã (20). Desde a abertura da primeira unidade, na Sé, o Poupatempo já prestou mais de 565 milhões de atendimentos. Hoje, o programa tem 71 unidades fixas no Estado e uma unidade móvel que atende comunidades da periferia da Grande São Paulo.
O conceito do programa de governo é o de atender a todos os cidadãos, sem distinção, em um mesmo espaço, com eficiência e cortesia. Com 13,3 mil colaboradores, o Poupatempo presta em média 185 mil atendimentos por dia, ou 4,4 milhões por mês. Durante o período, os postos Poupatempo emitiram 52,4 milhões de Carteiras de Identidade, 27,5 milhões de Carteiras Nacionais de Habilitação, 16 milhões de Atestados de Antecedentes Criminais e 12,9 milhões de Carteiras de Trabalho.
Em duas décadas de existência, o padrão Poupatempo de atendimento mantém aprovação recorde, com 99% de ótimo e bom nas pesquisas com usuários. Em 2017, o Poupatempo foi eleito pelo terceiro ano consecutivo o ‘Melhor Serviço Público de São Paulo’ pelo Instituto Datafolha.
O programa é gerido pela Prodesp, empresa de tecnologia do Governo de São Paulo que no ano passado foi eleita a melhor empresa da indústria digital no ranking ‘Melhores & Maiores’ da revista Exame (AC/Prodesp).

Atividade econômica teve queda de 0,38% em agosto

Após dois meses seguidos de crescimento, a atividade econômica registrou queda em agosto. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) teve queda 0,38%, em agosto, segundo dados divulgados ontem (18). Na comparação com agosto de 2016, houve crescimento de 1,64% (sem ajuste para o período).
Em 12 meses encerrados em agosto, o indicador teve retração de 1,08%. No ano, até agosto, houve crescimento de 0,31%. O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o BC a tomar suas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic. O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos.
O indicador foi criado pelo BC para tentar antecipar, por aproximação, a evolução da atividade econômica. Mas o indicador oficial é o Produto Interno Bruto, calculado pelo IBGE (ABr).

William e Kate anunciam data de nascimento do 3º filho

O nascimento do terceiro filho do príncipe William e da duquesa de Cambridge, Kate Middleton, acontecerá em abril de 2018, informou o Palácio de Kensington. Em comunicado, Kate se diz “muito feliz” pela nova gravidez. No entanto, o sexo da criança não foi revelado.
O irmão de George, 4 anos, e Charlotte, 2, será o sexto bisneto da rainha Elizabeth II e o quinto na linha de sucessão. O casal real anunciou a gravidez em setembro. Na ocasião, nenhum informação foi divulgada, apenas que, como nas duas primeiras gestações, a duquesa estava sofrendo de hiperêmese gravídica, que provoca fortes náuseas e vômitos. O Palácio também anunciou uma visita de William e Kate à Noruega e Suécia no próximo ano (ANSA).

NFL autoriza protesto de jogadores durante hino

Após críticas de Trump, número ainda maior de jogadores realizou manifestações antes das partidas da NFL.

A National Football League (NFL) decidiu ontem (18) que os jogadores da principal liga de futebol americano do país podem se ajoelhar durante a execução do hino nacional sem sofrer nenhuma punição. O posicionamento foi tomado após uma reunião em Nova York entre os representantes das 32 equipes que disputam a NFL.
A medida da entidade, que administra a liga esportiva mais popular dos EUA, contraria o desejo do presidente Donald Trump, que pediu para os times da NFL demitirem atletas que protestassem durante o hino. Em resposta à decisão da National Football League, o republicano escreveu em sua conta no Twitter que a medida é uma “total falta de respeito” pelos Estados Unidos.
A manifestação silenciosa dos jogadores começou no ano passado, em protesto contra a violência policial contra minorias raciais, mas ganhou uma nova proporção após a hesitação de Trump em criticar supremacistas brancos (ANSA).

Café produzido em Honduras foi eleito o melhor do mundo

O café é uma das bebidas mais populares do mundo, e sua melhor versão vem diretamente de Honduras, segundo o júri da 2ª edição do prêmio Ernesto Illy International Coffee, realizado pela marca italiana. A premiação é considerada o “Oscar” dos cafés e foi entregue em uma cerimônia em Nova York, nos Estados Unidos.
Para decidir o vencedor, o júri analisou os cafés de outros oito países: Brasil, Colômbia, Costa Rica, Etiópia, Guatemala, Índia, Nicarágua e Ruanda. O melhor não deveria ter somente um ótimo sabor, mas também ser produzido de forma sustentável. Os grãos do café de Honduras premiado no evento vieram da safra de José Abelardo Díaz Enamorado, que foi elogiado pelo CEO da marca italiana, Andrea Illy.
“É uma honra e um prazer reconhecer o sucesso de Díaz Enamorado e de todos os nossos finalistas, por produzirem café da mais alta qualidade no mundo através de métodos sustentáveis”, disse (ANSA).

Reutilização, coleta e reciclagem de produtos eletrônicos

A Comissão de Meio Ambiente da Câmara aprovou proposta que estabelece metas de coleta e reutilização ou reciclagem de produtos eletrônicos de uso doméstico e seus componentes. Os fabricantes e importadores deverão se articular com os distribuidores e comerciantes para garantir o cumprimento das metas, mediante o estabelecimento de pontos de coleta para os produtos e componentes de pequeno porte; e o recolhimento nos domicílios dos produtos e componentes de grande porte.
Os catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis poderão participar dessas medidas, desde que não envolvam manipulação de resíduos perigosos. Além disso, os fabricantes e importadores terão de promover campanhas de conscientização do consumidor. Os produtos eletroeletrônicos destinados ao uso doméstico e seus componentes deverão ser identificados com símbolo que expresse a vedação de disposição na lixeira ou outro tipo de recipiente destinado aos resíduos domiciliares comuns. A proposta será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e, em seguida, pelo Plenário (Ag.Câmara).