Reforma da Previdência

A reforma previdenciária está na ordem do dia, do governo interino de Michel Temer, como se qualquer mudança neste momento, fosse fundamental para reduzir o déficit público

Com diz o ministro da área, estão de precavendo para o futuro. Ótimo! Porem é importante considerar uma série de coisas que sempre colocam os aposentados e pensionista da iniciativa privada, em segundo plano, o que não acontece com os funcionários públicos, numa flagrante demonstração que a “tal” isonomia só vale prá elas, o que é revoltante.
Desde os 60, quando comecei a militar na imprensa, editando o semanário A Gazeta de Vila Mariana, na época dos IAPs, o governos descaradamente já usava o dinheiro arrecadado com as contribuições previdenciárias para vários fins, sem retorno às suas contas (IAPC, IAPI, IAPB, etc) para atender as suas necessidades. Com a modernização administrativa, foi criado INPS, unificando todas as categorias, quando começou a surgir as “faltas de recursos” para a saúde, sem que lembrassem de retornar aos cofres da nova instituição o que foi usado para outros fins.
Entretanto no âmbito da administração publica tem muitos funcionários contratados ou comissionados através da CLT, vinculado ao atual INSS, que ao se aposentarem incorporam ao benefício o valor da “regalias” adquiridas quando na ativa. Além disso, por que os funcionários aposentados, têm outra regra? Tem funcionário aposentado e pensionista, ganhando por mês o que milhões de cidadãos oriundos da iniciativa privada não ganham por ano. Isso é um absurdo, injustificável.
Gente, é preciso regulamentar o “direito adquirido”, que em alguns casos também é um absurdo injustificável, mormente na atual conjuntura! Na minha conclamação PATRIOTISMO UM GRANDE DESAFIO, eu sugiro extingui-lo quando representar um absurdo ou estiver onerando os já exauridos cofres públicos.
Afinal, estamos no “sufoco”.

(*) - É Jornalista – MTb 21.275 (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.).