Contato: (11) 3043-4171

Médicos liberam Bolsonaro para agendas de campanha

Do ponto de vista médico, o presidenciável Jair Bolsonaro está liberado para retomar sua agenda de campanha e participar de debates.

O candidato do PSL recebeu, em sua casa, a visita de médicos do Hospital Israelita Albert Einstein na manhã de ontem (18). Ele passou por uma avaliação, realizou exames e mostrou ter boas condições de saúde. A equipe médica saiu sem dar entrevistas, mas divulgou um comunicado informando que Bolsonaro “apresenta boa evolução clínica, e a avaliação nutricional evidenciou melhora da composição corpórea, mas ainda exigindo suporte nutricional e fisioterapia”.
Segundo o médico Antônio Macedo, o único “fator limitante” é a bolsa de colostomia que Bolsonaro ainda carrega. E que uma eventual restrição para agenda externa “depende de como ele (Bolsonaro) se sente para ficar longo tempo fora do domicílio”. Ou seja, a avaliação seria pessoal. Na quarta-feira (17), Bolsonaro declarou que aguardaria a visita dos médicos para decidir se aceitaria ir a debates com Haddad (PT). Na ocasião, porém, admitiu que poderia faltar aos encontros mesmo se tivesse alta por questão de “estratégia”.
Bolsonaro, usou o Twitter para responder a Haddad, depois que este citou matéria da Folha de S.Paulo sobre empresas que estariam comprando pacote de mensagens contra o PT e voltou a acusar o capitão reformado de espalhar “fake news”. Segundo Bolsonaro, o “PT não está sendo prejudicado por ‘fake news’, mas pela VERDADE”. “Roubaram o dinheiro da população, foram presos, afrontaram a justiça, desrespeitaram as famílias e mergulharam o país na violência e no caos. Os brasileiros sentiram tudo isso na pele, não tem mais como enganá-los!”, escreveu (AE).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171